clicRBS
Nova busca - outros
21 abr10:00

Quartas de finais foram o limite para o Ypiranga no Gauchão


As quartas de final foram o limite para o Ypiranga no Gauchão. Ficou nessa fase tanto na Taça Piratini, quanto na Taça Farroupilha. Apesar disso, o time de Erechim fez uma campanha sólida nas fases iniciais do regional. A coincidência é que nas duas partidas de “mata”, o Ypiranga teve pela frente o Grêmio.


E foi aí que acabou ficando pelo caminho.

No duelo das quartas de final da Piratini, o Ypiranga enfrentou o Grêmio dentro do Estádio Olímpico. Goleada tricolor de 5 a 0, que disputou em casa todas as partidas decisivas do primeiro turno em função da melhor campanha.


> Confira a tabela do Gauchão


Mas isso não apaga os 14 pontos somados – com 16 gols marcados e 13 sofridos – em oito partidas, o que representou um aproveitamento de 58% e a quarta posição.

Na Farroupilha, o Ypiranga também ficou na zona de classificação, mas em segundo lugar. Somou 10 pontos e ficou em segundo na chave, apenas atrás do Inter, com 13. Isso credenciou o Ypiranga a levar para o Colosso da Lagoa as decisões.


Mas havia o Grêmio pelo frente novamente. No tempo normal das quartas, placar de 1 a 1 que poderia muito bem ter se decidido em favor do Ypiranga, que teve uma bola na trave no fim do tempo regulamentar. Mas na decisão por pênaltis, Victor fez a diferença e garantiu a vaga tricolor nas semifinais.


Por

Comentários