clicRBS
Nova busca - outros
28 jul11:03

Fim de parceria


Chega ao fim a parceria de oito anos entre o Instituto Anglicano Barão do Rio Branco e o Ypiranga Futebol Clube.  Em nota oficial, nesta quinta-feira (28), a diretora do Instituto, Terezinha Schillo Martarello, informou a decisão.  Conforme a nota a entidade não teria mais condições de dar continuidade à parceria nos termos propostos, por ser  “legalmente vedado arcar com despesas estranhas ao seu objeto; bem ainda responsabilizar-se por encargos ou despesas estranhas ao seu objetivo, dentre outras”.  Por telefone, o presidente do Ypiranga, João Aleixo Bruschi, disse que o objetivo do clube é profissionalizar todas as áreas do time Canarinho.




Veja o comunicado oficial


“A Diretoria do Barão do Rio Branco, após análise criteriosa da “Proposta Para Renovação de Parceria” que lhe foi enviada por essa conceituada entidade, tendo em vista se tratar o Barão do Rio Branco de uma ENTIDADE FILANTRÓPICA, SEM FINS LUCRATIVOS, embora desejasse muito manter a parceria, nos termos de outrora, de cunho exclusivamente de acessória e gerencial, em regime de comodato, se vê legalmente impossibilitada de prorrogá-la nos termos propostos, pois lhe é legalmente vedado arcar com despesas estranhas ao seu objeto; bem ainda responsabilizar-se por encargos ou despesas estranhas ao seu objetivo, dentre outras.

Sinteticamente, em razão do posicionamento do YPIRANGA Futebol Clube, estampado na proposta de renovação, inobstante não fosse esse o desejo do Barão do Rio Branco, vem comunicar-lhe formalmente que a contar de 01 de setembro de 2011, não mais poderá manter a VITORIOSA parceria até então existente, diante dos óbices colocados na proposta de renovação da parceria, de caráter totalmente diverso daquela até então mantida entre as partes”.

Por

3 Comentários »

  • Elieser Fabiano Ferrazzo disse:

    Devemos agradecer ao Instituto Anglicano Barão do Rio Branco por este tempo que esteve no comando do Ypiranga.
    Pois pegou um clube que estava com as atividades de futebol paradas, com dívidas, com estádio e campos de treinamentos indo a leilão por dívidas trabalhistas, emfim um clube literalmente quebrado e sem nenhum horizonte.
    com muito trabalho, dedicação empenho boa vontade de vários colaboradores, de funcionários da escola que deixaram de lado a folga semanal para ajudar nas atividades em dias de jogos, desde quem ajudou a vender água em dias de jogos que mesmo sem ganhar nada o faziam de boa vontade apenas para ver e ajudar o Ypiranga a voltar a onde está, jogando a primeira divisão decidindo com clubes grandes, enfim trabalhando e ajudando a ser um clube vecedor.
    Agora só nos resta continuar a torcer pelo time, apoiar indo ao estádio e solicitar que a nova direção mantenha o trabalho e o comprometimento que o clube foi conduzido durante o período desta parceira.
    VAMOS LÁ YPIRANGA….

  • ricardo disse:

    E LAMENTAVEL QUE UMA QUE UMA PARCERIA QUE TIROU O IPIRANGA DA LAMA A 8 ANOS ESTEJA TERMINANDO.SO ESPERAMOS QUE OS MEMOS QUE AFUNDARAM O CLUBE EM DIVIDAS E AÇÕES JUDICIAS ESTEJAM CIENTES DO QUE ESTÃO FAZENDO POR QUE A TORCIDA CANARINHO NÃO QUER MAIS VER O CLUBE AFUNDADO EM DIVIDAS E NA SEGUNDA DIVISÃO COMO A POUCOS ANOS ATRAS.ESPERAMOS QUE COISAS BOAS ACONTEÇAO

  • mateus disse:

    O negócio é buscar fortes parcerias e disputar série D, Copa RS e Gauchão! Erechim tem que agredecer de coração a FAE por ressuscitar o Ypiranga!!! Vamo CANARINHOOOOOO!!!

Comentários