clicRBS
Nova busca - outros
31 out08:54

Família de Erechim morre em acidente em Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Pai,  mãe e filha de seis meses perderam a vida ao colidir com caminhão na rodovia Nonoai – Chapecó (SC-480), na noite de domingo. Naturais de Erechim,  Darlei Ribeiro, 32 anos e Andréia Ribeiro, 31 anos, retornavam para Cascavel (PR) onde estavam morando, quando o acidente aconteceu, matando os dois e uma das filhas gêmeas, de seis meses. O bebê sobrevivente está internado no hospital na cidade catarinense.


O acidente com três mortes aconteceu no final da tarde de domingo, em Chapecó. Uma carreta bitrem Mercedes Benz carregada com milho, que seguia de Chapecó para Nonoai, teria se descontrolado e colidido com dois Corsas que viajavam no sentido contrário.


O motorista do Corsa com placas de Cascavel, Darlei André Ribeiro, 32 anos, a mulher dele Andréia Rodrigues Ribeiro, 31, e uma das filhas gêmeas, de seis meses, morreram na hora. A outra menina foi encaminhada ao Hospital Regional do Oeste. O motorista da carreta, Flaviomar Luchtemberg, teve ferimentos leves e também foi levado para o hospital.


Depois da colisão a carreta tombou a carga de milho se espalhou pela rodovia,  arrastando outros dois carros  que aguardavam abrir o sinal do semáforo da ponte sobre o Rio Uruguai, que liga Chapecó a Nonoai.

— Se a carga não nos arrastasse, o caminhão tombaria em cima de nós — disse o motorista da Strada, Roberto Carlos Nogueira dos Santos. Ele afirmou que o caminhão desceu desgovernado pela rodovia.

— Deus nos livrou dessa — afirmou o motorista do Corsa de Chapecó, Idemir Velasques, que viajava atrás do veículo da família em que morreram três pessoas e também foi atingido pela carreta.

A Polícia Rodoviária Federal investiga as causas do acidente e suspeita que possa ter ocorrido falha mecânica no caminhão, devido ao aumento repentino de velocidade até o tombamento.

A família Ribeiro, de Erechim, está sendo velada no Cemitério Parque dos Ervais, onde serão sepultados no final da tarde.

Por

Um Comentário »

  • Luiz disse:

    Cada dia que passa mais leis são criadas, mais discursos realizados, mais promessas e incrivelmente muito mais acidentes vem ocorrendo. A policia rodoviária faz vista grossa, deixam criminosos pilotar verdadeiras bombas na estrada, até hoje nunca entendi porque diabos , onde avelocidade máxima para trafegar é de 60km/h principalmente carretas e caminhões pesados e carregados passam de 100 km/hr. E o pior disso tudo é ver que cada dia mais e mais pessoas morrem e as autoridades nada fazem. O máximo que apuram é que ocorreu problema mecanico. Ora, se está com problemamecânico, ou apresenta avarias, porque saem por ai rodando e ainda em altissima velocidade?

Comentários