clicRBS
Nova busca - outros
31 out08:54

Família de Erechim morre em acidente em Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Pai,  mãe e filha de seis meses perderam a vida ao colidir com caminhão na rodovia Nonoai – Chapecó (SC-480), na noite de domingo. Naturais de Erechim,  Darlei Ribeiro, 32 anos e Andréia Ribeiro, 31 anos, retornavam para Cascavel (PR) onde estavam morando, quando o acidente aconteceu, matando os dois e uma das filhas gêmeas, de seis meses. O bebê sobrevivente está internado no hospital na cidade catarinense.


O acidente com três mortes aconteceu no final da tarde de domingo, em Chapecó. Uma carreta bitrem Mercedes Benz carregada com milho, que seguia de Chapecó para Nonoai, teria se descontrolado e colidido com dois Corsas que viajavam no sentido contrário.


O motorista do Corsa com placas de Cascavel, Darlei André Ribeiro, 32 anos, a mulher dele Andréia Rodrigues Ribeiro, 31, e uma das filhas gêmeas, de seis meses, morreram na hora. A outra menina foi encaminhada ao Hospital Regional do Oeste. O motorista da carreta, Flaviomar Luchtemberg, teve ferimentos leves e também foi levado para o hospital.


Depois da colisão a carreta tombou a carga de milho se espalhou pela rodovia,  arrastando outros dois carros  que aguardavam abrir o sinal do semáforo da ponte sobre o Rio Uruguai, que liga Chapecó a Nonoai.

— Se a carga não nos arrastasse, o caminhão tombaria em cima de nós — disse o motorista da Strada, Roberto Carlos Nogueira dos Santos. Ele afirmou que o caminhão desceu desgovernado pela rodovia.

— Deus nos livrou dessa — afirmou o motorista do Corsa de Chapecó, Idemir Velasques, que viajava atrás do veículo da família em que morreram três pessoas e também foi atingido pela carreta.

A Polícia Rodoviária Federal investiga as causas do acidente e suspeita que possa ter ocorrido falha mecânica no caminhão, devido ao aumento repentino de velocidade até o tombamento.

A família Ribeiro, de Erechim, está sendo velada no Cemitério Parque dos Ervais, onde serão sepultados no final da tarde.

1 comentário
26 out08:36

Agricultor de Paulo Bento é encontrado morto

Marielise Ferreira|marielise.ferreira@zerohora.com

O agricultor Rudi Leonel Duwi, 46 anos, que estava desaparecido desde a noite de terça-feira, foi encontrado morto na manhã de quarta-feira, em Erechim. Morador de Paulo Bento, município vizinho, ele já teria registrado queixas na delegacia de polícia por ameaça e tinha sido vítima de tentativa de homicídio.


O corpo de Duwi foi encontrado às margens da rodovia transbrasiliana, num trecho de estrado de chão, na localidade São João Giareta. Ele estava caído a alguns metros do seu carro, uma caminhonete pampa. Conforme o levantamento preliminar, ele teria sido ferido com arma de fogo.


O local foi isolado pela Brigada Militar e pela polícia civil, e o delegado André Anicet acompanha os levantamentos periciais no local, para dar início as investigações. Familiares haviam comunicado na noite anterior o seu desaparecimento.


Comente aqui
03 out09:47

História em desfile

Marielise Ferreira, Zero Hora

Mais de 500 moradores de Getúlio Vargas e municípios vizinhos participaram no domingo de um desfile para comemorar os 100 anos da Paróquia Imaculada Conceição.

O evento que vinha sendo preparado há um ano lotou o pátio do centro administrativo, onde ocorreram as encenações.


Foram 38 instituições, envolvendo agricultores, empresários, profissionais liberais e famílias da região. A população aplaudiu de perto os carros alegóricos mostrando a entrada dos desbravadores, com suas ferramentas, encenando a colonização da região. O burro de carga, as construções toscas feitas em madeira que abrigaram as primeiras famílias, o trabalho no campo com fileiras de bois, lavradores, a colheita manual do trigo.


O desfile emocionou os participantes. Drosvil Pedro Sberce serrava uma tora de 50 cm de diâmetro e 4 metros de comprimento, com uma serra manual, exatamente como fizeram seus avós ao chegar à região.


- É uma grande emoção reviver os antepassados e poder representar o que a gente faz no dia a dia, mas da forma como faziam – contou.


Os costumes também foram representados, em carros alegóricos mostrando as escolas da época, o aprendizado descrito nas lousas, os casamentos à moda antiga, e as diversões do período.  O comércio dos mascates, e os primeiros carros a chegarem à comunidade, tudo mostrando a evolução das comunidades.


- Eles viveram um dia de ator ao  participar deste desfile – contou o padre Agostinho Francisco Dors responsável pela Paróquia Imaculada Conceição de  Getúlio Vargas.


Comente aqui
19 set09:51

Vítimas de acidente eram índios de reserva caingangue de Erebango

Marielise Ferreira, Zero Hora


Um acidente fatal tirou a vida de duas pessoas na madrugada de segunda-feira, em Getúlio Vargas. Fábio Gean Braga, 30 anos, dirigia o Escort com placas de Erebango pela rodovia Getúlio Vargas – Erechim (ERS-135) quando colidiu com o ônibus da Unesul que viajava no sentido contrário. Com o choque, o ônibus saiu da pista. Os passageiros que haviam saído de Erechim com destino a Porto Alegre à meia-noite, não se feriram.


Fábio morreu no local. O passageiro do Escort Anacir Félix, 24 anos, também não resistiu aos ferimentos e morreu. Outro passageiro, o irmão de Fábio, Hércules Braga, 31 anos, ficou ferido e foi internado no Hospital São Roque, em Getúlio Vargas. Logo atrás do Escort seguia um Tempra, dirigido por outro irmão de Fábio, que acabou ajudando a chamar socorro.


O motorista do ônibus contou aos policiais que o Escort teria apenas um farol ligado e que parecia estar ultrapassando o Tempra. As circunstâncias do acidente serão investigadas pela polícia.



As vítimas moravam na reserva indígena caingangue Ventarra Alta, em Erebango, onde devem ser sepultadas hoje.


Comente aqui
15 set14:40

Judocas da URI na Seleção Gaúcha


Judocas da equipe da Universidade Regional Integrada – campus de Erechim conquistaram vaga na seleção gaúcha de Judô e devem representar o estado em competições nacionais. O resultado foi alcançado  durante a Copa Venâncio Aires de Judô, competição estadual seletiva para o Meeting Interestadual de Judô que acontece dias 4 e 5 de novembro em Florianópolis.


Parte da equipe de competição da Escolinha de Judô da URI participou da Copa Venâncio Aires, que foi, segundo a Federação Gaúcha de Judô  o mais disputado torneio de 2011 no Estado. Mais de 30 clubes e escolas participaram com 700 judocas inscritos.


Na categoria Sub-17, o destaque foi para a atleta  Eduarda Dall`Ago Alba, que conquistou a medalha de prata.  Gabriela Marostica Bandiera também levou a prata na categoria Sub-15 e  Eduardo Silveira Paul, da categoria Sub 15, ficou com o quinto lugar geral.


Na categoria Sub-13  Bianca Scotton Tessmann e Heinne Catherine Campos Marmelo conquistaram medalhas de bronze e Júlia Somavilla Dorigon ficou com o quinto lugar geral. Na categoria infantil,  Andrielle Miozzo Soares também conquistou bronze.


Com os resultados conquistados nas categorias infantil e Sub-13, as judocas Bianca Tessmann, Heinne Marmelo e Andrielle Soares, conquistaram vaga para compor a seleção gaúcha e  defenderão o Rio Grande do Sul em tatames catarinenses.


- É a  primeira experiência de judocas erechinenses em competições de nível nacional, um motivo de muita alegria para alunos, pais e professores_contou o coordenador da equipe, professor Giuliano Jacques Liotto.


A Escolinha de Judô da URI  faz parte do Projeto de Educação Olímpica, que é de organização conjunta entre os Cursos de Educação Física e a Escola de Educação Básica da URI-Campus de Erechim. Atualmente conta com  90 judocas dos anos iniciais ao ensino médio, praticando o Judô Escolar de cunho educativo, e dando a oportunidade aos alunos que tiverem interesse, em praticar o Judô Esportivo e de competição.

Comente aqui
11 set18:37

Operário é morto em Erechim

Um operário da construção civil foi morto na tarde de domingo em Erechim. A polícia investiga as circunstâncias do crime.

Moradores do loteamento Por do Sol chamaram a Brigada Militar, contando que Jacir Antônio Mundini, de 51 anos, teria sido atingido por uma facada ao tentar impedir uma agressão entre vizinhos. Um adolescente teria ferido com um facão a irmã de 19 anos e quando tentava persegui-la foi interpelado por Mundini, que acabou sendo atingido pelo rapaz.

A Brigada Militar socorreu o operário e a adolescente ferida e os levou ao Hospital Santa Terezinha, mas Mundini não resistiu aos ferimentos e morreu. A adolescente ficou internada no hospital, com lesões nos braços mas passa bem.

Comente aqui
10 ago10:22

Indígenas retomam bloqueios

Alguns dos bloqueios feitos por indígenas caingangues para reivindicar melhoria no atendimento à saúde em reservas no Estado estão sendo retomados esta manhã. Com pedras, árvores e carros, os índios bloqueiam trechos de rodovias estaduais e federais, impedindo o tráfego. O Secretário Especial de Saúde Indígena prometeu realizar uma reunião em setembro e pediu a retirada dos bloqueios.

Na rodovia Erechim – Erval Grande, o bloqueio que havia sido retirado na tarde de terça-feira, foi retomado às 8h de hoje. Os indígenas impedem o tráfego em um trecho de São Valentim, na entrada para Benjamin Constant do Sul, eliminando o único desvio existente para chegar à Chapecó (SC). O trânsito é liberado a cada três horas.Outros dois pontos de bloqueio impedem quem sai de Passo Fundo ou Carazinho de chegar à divisa catarinense.

Estão interrompidos os trechos Planalto-Nonoai, no km 35 e Ronda Alta Três Palmeiras, no km 91, ambos da RS-324. Em Lajeado, a rodovia Lajeado – Porto Alegre (BR-386) está interrompida, apesar da liminar concedida pela Justiça Federal para que a via fosse desocupada. Em outro trecho da mesma rodovia, em Seberi, no norte do Estado, o bloqueio foi retirado na noite de ontem e até o momento a via continua liberada.

O Secretário Especial de Saúde Indígena, Antônio Alves de Souza, anunciou hoje que se compromete a fazer uma reunião no Estado, com as lideranças indígenas no dia 19 de setembro, para discutir a atenção à saúde e a criação de um Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) no RS, reivindicações feitas pelos caciques. Conforme Souza, a Sesai pretende selecionar instituições com capacidade técnica e administrativa para executar ações complementares de atenção à saúde dos povos indígenas. O local da reunião ainda será definido, em conjunto com os DSEIs, lideranças e Sesai.

Comente aqui
17 jul11:33

Ossada queimada é encontrada em Três Arroios

Marielise Ferreira|marielise.ferreira@zerohora.com.br

Uma ossada carbonizada encontrada às margens de uma estrada vicinal em Três Arroios, na tarde de sábado, foi levada para exame pericial para ser identificada. A suspeita é que seja o corpo de um pequeno comerciante desaparecido há uma semana em Erechim, no norte do Estado.


O corpo foi encontrado por um morador de Três Arroios, na Linha Acampamento, às margens de uma antiga estrada que dá acesso ao município. Agente funerário,  Pedro Lose, teve a atenção chamada para uma ossada carbonizada às margens da estrada. Conhecedor da área, viu que alguns ossos poderiam pertencer a um ser humano e chamou a polícia civil da cidade.

Chamou a atenção da polícia civil, o fato de não haver marcas no local, que indicassem a presença de fogo, indicando que o corpo tenha sido queimado em outro local e apenas desovado às margens da estrada. A ossada também não estava composta no seu estado normal, os ossos pareciam fragmentados em pedaços menores. Nada mais foi encontrado no local pela polícia que fez levantamento fotográfico. O material foi recolhido e será encaminhado para o Instituto Geral de Perícias em Porto Alegre, para identificação através de exame DNA.


EMPRESÁRIO DESAPARECIDO

O fato da ossada ter sido carbonizada, fez com que a polícia civil imediatamente ligasse o caso ao do empresário desaparecido em Erechim e cujo carro foi encontrado carbonizado.

Ricardo Izaguirre da Silva, de 27 anos saiu de casa na manhã de segunda-feira (11) para o trabalho, numa pequena fábrica de componentes eletrônicos que mantinha no bairro Progresso, o mesmo em que morava, e não foi mais visto. O carro dele, um Gol,
foi encontrado queimado na tarde de segunda-feira, na localidade de Rio Toldo, dando início às buscas pelo empresário.

Durante toda a semana, as delegacias de Polícia de Getúlio Vargas e Segunda  DP de Erechim investigaram o caso e procuraram por Silva em matas próximas. Um açude chegou a ser dragado próximo ao local em que estava o carro, mas o empresário não foi localizado. A polícia suspeita que o desaparecimento possa ter ligação com o tráfico de drogas, conforme o delegado Jorge Fracaro Pierezan. Conforme a perícia, o carro foi queimado com gasolina.

Agora a ossada encontrada será enviada para exame de DNA, para confirmar se pertencia ou não ao comerciante de erechim.

Comente aqui
12 jul10:18

Homem desaparece e carro é encontrado queimado

*Atualizada às 18h
A polícia investiga o desaparecimento de um homem em Erechim. O carro dele, um Gol, foi encontrado na tarde de segunda-feira, carbonizado, em Rio Toldo, interior de Getúlio Vargas. O Corpo de Bombeiros foi chamado por moradores para extinguir as chamas do veículo.


Ao procurar o proprietário do Gol, a polícia foi informada pelos familiares de Ricardo Izaguirre da Silva, de 27 anos, que ele teria saído pela manhã para ir ao banco retirar dinheiro para o pagamento de funcionários de uma pequena empreiteira e não teria retornado. A Polícia Civil de Getúlio Vargas fez buscas na região, mas não localizou Silva.
Comente aqui
09 jul15:55

Morre segunda vítima de incêndio

Marielise Ferreira, Zero Hora
marielise.ferreira@zerohora.com.br

Morreu na manhã de sábado a segunda vítima do incêndio que ocorreu na madrugada de terça-feira, em Erechim, no norte do Estado. Nilsa Maria Borges de Oliveira, 47 anos, estava internada na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Caridade e não resistiu aos ferimentos provocados pela queimadura.
As chamas devoraram rapidamente a casa de madeira, na rua Sergipe, onde Neusa morava com os netos Leonardo, de quatro anos, Emanuelly Vitória de dois anos, e com a filha Caroline Borges de Oliveira, 16 anos, tia das crianças. Um irmão de Neusa, que morava no porão da residência e um motorista que passava pelo local se arriscaram para salvar do fogo os moradores da casa. Emanuelly não pode ser resgatada a tempo e morreu.
Neusa, Leonardo e Caroline ficaram feridos e foram internados no Hospital de Caridade de Erechim. Com graves queimaduras, a avó das crianças não sobreviveu e morreu na manhã de sábado. Leonardo e Caroline permanecem internados  na UTI do Hospital.
Os bombeiros acreditam que o incêndio tenha tido origem em uma estufa ou um fogão à lenha que estavam acesos na casa.  Como a casa é de madeira e a fiação é antiga, o fogo teria se alastrado muito rápido.  Equipes do Instituto Geral de Perícias de Porto Alegre e Passo Fundo realizaram perícia no local e investigam as causas do incêndio, mas o laudo ainda não foi concluído.
Nilsa Maria será enterrada no Cemitério Pio XII, em Erechim, às 17h de sábado

Comente aqui