Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Daniel é proibido de deixar o país e deve entregar passaporte à Justiça

19 de janeiro de 2012 16

O empresário de Daniel Echaniz disse que o paulista deveria deixar o Brasil o quanto antes para recuperar sua imagem após ter se envolvido em um suposto caso de estupro no BBB 12. No entanto, por causa dessa informação, a Justiça o proibiu de sair do país e pediu que ele entregue seu passaporte.

- O delegado deixou claro que pretende colocar ele e Monique assistindo a fita juntos. A medida cautelar é uma forma de evitar que ele saia do país e atrapalhe as investigações – declarou a promotora do Ministério Público do Rio Christiane Monnerat à Folha de São Paulo.

Daniel tem três dias para cumprir o que foi determinado e entregar o passaporte. Caso queira sair do Rio, precisa avisar com antecedência até o fim das investigações.

Comentários (16)

  • Eduardo diz: 19 de janeiro de 2012

    Só quem trabalha com a justiça para entender a PIADA que estão fazendo com esse caso que na verdade nem é um caso, é um fato atípico que por ser de visibilidade nacional alguns querem mostrar serviço. Será que não tem mais nada para investigar? Façam o seguinte, prendam ele então, talvez assim apareçam mais no holofotes. Deveriamos nos indignar e não assitir esse BBB, o Brasil e as policias tem muito mais que se preocupar do que com o “pseudo sexo alcoolico” dessas duas pessoas. Falta do que fazer da polícia e do Ministério Público.

  • vitor diz: 19 de janeiro de 2012

    olha pessoal ninguém manda ser oferecida, deu corda para o cara agora é ele quem paga!!! ela tbm deveria estar fora para acabar com essa confusão..boninho coloca ela para fora tbm..

  • Luís Fernando Onzi diz: 19 de janeiro de 2012

    ACHO QUE COMO ELE FOI ELIMINADO POR SUSPEITA, ELA TB DEVERIA SER ELIMINADA POR PARTICIPAR DO COMPORTAMENTO IMPRÓPRIO DO PROGRAMA, SEGUNDO ELA DIZENDO EM GRAVAÇÃO NO youtube.

  • Dr. diz: 20 de janeiro de 2012

    Sei que o texto é longo, mas peço licença para publicá-lo aqui, pois é de relevante conteúdo jurídico opinativo; Foi extraído do Blog “Coisas da Vida” que o reproduziu da fonte mencionada no texto:
    “Apesar do alvoroço na mídia e das atitudes vacilantes da Globo, canal aberto de TV que transmite a 12ª edição do programa Big Brother Brasil (BBB12), o ator Daniel Echniz, de 31 anos, muito dificilmente será réu em um processo, acusado de estuprar a colega de cama Monique Amin, de 23, na madrugada desta segunda-feira. É o que garante um grupo de juristas e desembargadores, falando em condição de anonimato para o Correio do Brasil por considerarem o assunto “estúpido e irrelevante demais” para ser ligado ao currículo de qualquer um deles, ainda que em uma simples entrevista.Para o desembargador, que tem mestrado na Sorbonne em Direito Penal Internacional, uma experiência jurídica de mais de três décadas e se orgulha de jamais ter assistido a uma cena de qualquer um dos 12 BBBs, “a situação é tão ridícula que parece ter a clara intenção de arrumar mais alguns incautos para assistir ao programa”.– Se dependesse de mim, sequer existiria uma atração tão inconsequente e bizarra como esta, incapaz de traduzir qualquer valor socialmente positivo ao público que assiste à TV aberta no Brasil. Em uma comparação muito rasa, é como se cada residência, onde houver uma televisão ligada na emissora líder de audiência no país, deixasse a porta aberta para o caminhão de lixo vazar a sua carga, todas as noites, em plena sala de jantar. Diante deste quadro, o que se pode avaliar da atitude do rapaz e da moça que se esfregavam embaixo do cobertor, de madrugada, é que se trata apenas da velha e boa sexualidade aflorando à pele da juventude. Ele fez. Ela gostou e mais. Disse à autoridade policial, “fi-lo porque qui-lo” e gostou de ter feito o que fez. Querer transformar isso em um fardo para o moço, obrigá-lo a passar seis anos em um presídio por conta disso seria uma estupidez ainda maior – afirmou.Para outro experiente jurista na área criminal, será difícil até para o Ministério Público transformar a investigação em curso no processo contra Daniel.– A autoridade policial tem o direito, e o dever, de averiguar o que considerar relevante. Mas do inquérito até o processo há um longo caminho a ser percorrido. O delegado (Antonio Ricardo Nunes, da 32ª DP) faz o trabalho dele, que é o de colher provas, evidências de que um crime poderia ter ocorrido. Mas as chances deste inquérito se transformar em um processo contra o suposto estuprador se diluíram a quase zero no momento em que a então vítima nega a relação sexual, prova em um exame de corpo de delito que não houve penetração, e diz que as carícias flagradas pelas câmaras foram todas consensuais. Ou seja, é a situação shakespeariana domuch ado about nothing (muito barulho por nada) – reparou.”
    Em suma, é o que eu venho afirmando desde o princípio: Não houve estupro!!! E, por meio desta entrevista, estes membros do Judiciário estão deixando claro que não querem nem ver isto virar processo.

  • Carlos Costa diz: 20 de janeiro de 2012

    Que ótima notícia! A polícia do Rio não tem mais nada para fazer, não existem mais roubos, assaltos, assassinatos, nada. Tanto é que o delegado vem tendo todo o tempo do mundo para ver se consegue incriminar o tal de Daniel. Desse jeito vai achar, mesmo que não tenha havido nenhum crime. O tal delegado estava era doido para participar do BBB. E conseguiu, mesmo que para isso tenha de prejudicar um cidadão. E a mocinha que se cuide, pois se continuar negando o ocorrido vai acabar sendo acusada de cumplicidade de seu próprio estupro.

  • Ronei diz: 20 de janeiro de 2012

    Me desculpem a franqueza, mas os que assistem os BB’s são insanos e otários. Eu cheguei a assistir o primeiro BB e ainda SOMENTE POR ALGUNS DIAS, DEPOIS NUNCA MAIS. É uma farsa, coisas montadas, mascaradas e não só por isso, porque é um prato de sujeira jogado no seio da FAMÍLIA E DA SOCIEDADE, aliás, da Globo, os únicos programas que ainda assisto é o JA, JN, alguns programas esportivos e alguns filmes, alguns, pois a maioria é uma “m…”. Não estou elogiando outras emissoras, pois todas estão no mesmo nível, ou melhor, sem nível… é uma “baixaria”… ou, “bacharia” como queiram, total. Até os programas de humor são insuportáveis… da vontade de chorar de vergonha, de ver aqueles personagens (miseráveis) se expondo ao ridículo, pensando que alguém vai rir!!! LAMENTÁVEL… BRASIL!!! É O QUE EU SEMPRE DIGO: “PESSOAS VAZIAS QUERENDO SE “ENCHER” COM COISAS VAZIAS”!!!

  • Ela diz: 20 de janeiro de 2012

    Não acho que tenha havido estupro. Aliás, se realmente houve relação sexual entre Monique e Daniel e se ela realmente estava inconsciente, nem tipificado como estupro isso pode ser… talvez configuraria outro fato típificado no Código Penal, mas este com pena bastante inferior em relação ao estupro.
    Ou seja, a imprensa e as pessoas falam falam falam e condenam sem nem mesmo ter conhecimento sobre o que estão falando. E outra, conforme veiculado na imprensa, a moça não afirmou em depoimento que estava consciente e, talvez até, com mais vontade do que ele??????? Então me respondam, por favor, o que a Polícia pretende investigar???????? Desse jeito terão de investigar também as relações sexuais mantidas entre todas as pessoas, não acham?? Sei que não se trata de falta de serviço tanto para a Polícia quanto para o Ministério Público, mas a impressão que passa é que estes órgãos pretendem se utilizar de um caso com pouca importância, que em outras circunstâncias até já estaria resolvido, para mostar trabalho à população. Lamentável que num país onde todos os dias ocorrem crimes violentos e chocantes o Judiciário se atenha a uma bobageira como este BBB.
    Se alguém ter que ser preso e ir para o paredão, meu voto vai para esse tal de Boninho. Acredito que o BBB poderia ser um programa de jogo e disputa bem melhorzinho até, se não fosse esse Boninho promovendo a baixaria na casa e na televisão brasileira.

  • Evandro diz: 20 de janeiro de 2012

    Quando se entra na faculdade de direito, a primeira coisa que se aprende são os princípios gerais de direitos (neste caso, aprendi no Bar da Faculdade, é claro): “O orificio circular corrugado de individuo em estado etílico elevado não está protegido pelo direito individual de propriedade”.

  • helen diz: 20 de janeiro de 2012

    Gente do céu, é lamentável o que estão fazendo como esse rapaz. Acabaram com a imagem dele no MUNDO inteiro, tamanha a repercussão que esse buchicho causou. E tudo isso foi culpa da mãe dessa menina, que o acusou de ter estuprado a filha. Estupro é uma palavra muito forte, ela jamais deveria ter dito isso. Por causa dessa declaração lamentável, os internautas promoveram um linchamento público a essa rapaz e à sua família. Não sou mãe, mas imagino o quanto deve doer ver um filho acusado de um crime tão horrendo quanto é o estupro. Agora que já ouviram o lado da Monique, viram a injustiça que fizeram com ele e estão clamando pela sua volta à casa no Twitter. Duvido que ele consiga retornar à casa, ou mesmo que consiga recuperar os contratos internacionais que tinha com a Vogue e outras revistas. Ele está destruído profissionalmente. Como advogada, não pensaria duas vezes em entrar com uma ação indenizatória contra a rede Globo, requerendo o valor do prêmio e alegando a modalidade de danos “perda de uma chance”. Entraria também com uma ação civil e outra criminal contra a mãe dessa menina, p’ra ela pensar duas vezes antes de DESTRUIR a reputação de alguém. Agora que a própria filha admitiu que deu anuência às bolinações, esta senhora vem a pública se fazer de louca e dizer que nunca acusou o Daniel de nada, pq saberia que sua filha poderia ser prejudicada. Ora, acontece que a Monique de qualquer forma já está sendo prejudicada. Deixa só el air pro paredão que sairá com rejeição total do público e a culpa será da mãe dela. Vou achar muito bem feito!

  • Eduardo diz: 20 de janeiro de 2012

    Esse com certeza é o melhor BBB de todos, pois esta mostrando como são as coisas no Brasil. Para esse rapaz em especial que falou no inicio do programa não ser a favor de cotas para negros. Agora quem sabe ele aprenda que no Brasil ainda precisamos de politicas afirmativas. Pois aqui é assim: “Negro é acusado, julgado e condenado sem direito a defesa”, não importa o motivo ou argumentos que talves, ele podesse usar em sua defesa. Pois mesmo a moça dizendo que permitiu ele foi julgado e retirado do programa. E quem sabe isso ajude a quem é contra politicas afirmativas a entender porque ainda precisamos delas.

  • MELISSA diz: 20 de janeiro de 2012

    Meu Deus que vergonha essa justiça,cada dia me pergunto ate onde vamos parar,com tanta desverdade entre as pessoas,leis porcar,decisões onde julgam a vida de uma pessoa como se ela não tivesse caráter e conciência de si, essa maria da penha é uma piada,a mulher faz o que quer e o homem que leva a culpa sempre,e se a mulher nao vale nada,faz e acontece,isso se releva…o povinho mediucre que acha que dormir,beijar,acariciar ja é levado a uma acusação de tamanho peso.A justiça deveria averiguar as drogas,os assaltos a mão armada onde um cidadão não tem direito de ter sua opinião própria,diante de tanta poca vergonha.Vai ai minha indignação com meu povo e com meu Brasil.

  • Daniela diz: 20 de janeiro de 2012

    Palhaçada é apelido para isso tudo, como pode gente?! Tanta criança sofrendo abuso de verdade, tantas mulheres sendo violentadas a todo momento e nada é feito. Essa policia do Rio não tem o que fazer ao invés de fica ajudando a Globo a ganhar ibope?? Deixa o cara tchê, ele não fez nada que ela não quisesse, é só ver o bbb pra ti ver o tipo de guria que ela é. Acho q bem na real ela lembra de tudo sim, só ta pagando a dela de mocinha. MelDels é só olhar o vídeo… Não vejo a hora dela ir pro paredão, ai sim o Brasil vai ser justo.

  • Tania diz: 20 de janeiro de 2012

    Que País é este!!! E o povo ainda vê o BBB
    Não entendo qual é o motivo da Monique estar no programa ainda eu no lugar dela ja que a Globo nao a eliminou do programa pediria para sair!!

  • Francisco diz: 20 de janeiro de 2012

    Se todos aqui , ouvirem e lerem a Letra da Música: “FUGIDINHA”(????????) que o Michel Teló canta, verão que este caso do BBB12, daria um excelente “Video Clip”. É só ou vir a Letra , no final:
    -O Jeito é dar uma fugidinha com você.
    -O jeito é dar uma fugida com você.
    -Se você quer.
    -Saber o que vai acontecer.
    - Primeiro a foge. Depois a gente vê.
    -oooooooooooooooofoge comigo.
    -oooooooooooooooofoge comigo.

  • Cachoeira do Sul diz: 20 de janeiro de 2012

    Do jeito que o circo foi armado, a próxima manchete do caso pode ser: “advogados de Daniel ingressam com habeas corpus pelo twitter”. É desanimador se ver tanta atenção dispensada para uma palhaçada televisiva.

  • Karina (Porto Alegre) diz: 23 de janeiro de 2012

    INVESTIGAÇÃO!!!??????
    É pessoal estamos no Brasil, vamos ser práticos, se foram contra as regras do programa FORA OS DOIS!!!! ela consentiu e estava bem acordada, vão investigar Brasilia, isso é PERSIGUIÇÃO!!!!!!

Envie seu Comentário