Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Ex-BBB caxiense Flávio Steffli Jr. fica curioso antes do início do reality

14 de janeiro de 2015 1
Emerson Touche / Divulgação

Emerson Touche / Divulgação

* Tríssia Ordovás Sartori – trissia.ordovas@pioneiro.com

O caxiense Flavio Steffli Jr, participante do BBB 9, contou em entrevista ao jornal Pioneiro, que não acompanha mais o programa, mas sempre fica curioso para saber quem são os novos candidatos ao prêmio milionário.

Disse que olha por dois motivos: se as pessoas que dizem a ele que estão com um pé no reality realmente entraram e para conferir se tem algum amigo participando.

— Queria ver um amigo no BBB, pra ter a mesma sensação que meus amigos tiveram comigo — relata.

Leia mais:

>>> Saiba quem foi eleita a musa de todos os BBBs
>>> Família de Rafael diz que gaúcho é tranquilo e que postagens homofóbicas não são dele
>>> Adrilles é acusado de destruir casamento de uma ex-colega de trabalho por quem era apaixonado

Vivendo em Florianópolis e trabalhando como músico — tocando em festas e produzindo eventos privados —, ele é sócio de uma padaria artesanal em Caxias, a Pane & Salute, que pretende ampliar o atendimento entre março e abril. Uma vez por ano, trabalha como guia de viagens para a Disney por uma agência de São Paulo.

Comentou, ainda, que a fama sempre volta um pouco durante a exibição do BBB, tanto que costuma ganhar, por tabela, mais seguidores nas redes sociais.

— Esse assédio vai diminuindo, mas tem picos — conta.

Muitas vezes, é abordado por entusiastas do reality, pedindo conselhos sobre como conquistar uma vaga no BBB.

— O mais legal é que as pessoas vem falar comigo e acham que já sabem tudo. Sempre conto minha história, digo que fiz uma inscrição simples e digo para ela não inventar, ser ela mesma e torcer para estar no perfil desejado pela produção — explica.

Garantia de sucesso, no entanto, não há: ele acredita que apenas a partir da metade do programa os participantes começam a ficar mais conhecidos e têm mais chances de êxito depois que deixarem a casa.

— É um bom trampolim, mas só isso não basta — completa.

Leia outras notícias do Blog Espiadinha

Comentários (1)

  • Mah diz: 15 de janeiro de 2015

    Tenho nojo dessa pessoa, pra mim foi a pessoa mais chata, insuportável e irritante de todas as edições.

Envie seu Comentário