Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bairrismo na Oktoberfest

24 de setembro de 2009 44

Patrick Rodrigues
Entre os mais de 220 comentários do post onde estão as fotos das 27 candidatas a Rainha da Oktoberfest 2010, ressurgiu a discussão sobre as regras do concurso. Resumindo bem a questão: para alguns, só garotas nascidas em Blumenau e crescidas jogando bolão podem usar a coroa.

Houve o mesmo debate quando a Michelly Eli Cisz, natural de Toledo (PR), foi eleita a rainha da Oktober de 2008. Neste caso, o bicho pegou de verdade porque há uma má-vontade generalizada (para não dizer algo mais carrancudo) com paranaenses entre os blumenauenses fundamentais, como definiu o Maicon Tenfen outro dia. Para botar mais lenha na fogueira não ficar de fora do debate, resolvi fazer minha contribuição.

Raquel Tolardo, a Rainha da Oktoberfest de 2001, uma das mais lembradas (provavelmente A mais lembrada) dentre as 26 moças já eleitas, nasceu em Curitiba. Sim, Raquel é PA-RA-NA-EN-SE. E aí? A Raquel deveria ter sido desclassificada do concurso? Não tinha condições de “representar a beleza blumenauense”, gente?

Atualização: O pessoal aqui da redação reclamou que a foto da Raquel tava muito pequena. Juro, foi o pessoal da redação.

Postado por Evandro de Assis, FALTA UMA SEMANA

Comentários (44)

  • Anderson Venzon diz: 1 de outubro de 2009

    A beleza, elegância e postura são fundamentos primordiais para uma mulher, independente de ser rainha da Inglaterra, da Oktoberfest, ou a rainha mais conhecida, as nossas mães e esposas. O bairrismo ou mesmo “preconceito regional”, não tem fundamento adequado. Blumenau pode sim e deve aliás, ter uma rainha negra, que ainda sim demonstraria o quão lindas são nossas mulheres.

  • Anderson Venzon diz: 1 de outubro de 2009

    Me pergunto o seguinte, se para ser rainha da Oktoberfest tem que ser necessariamente blumenauense, para ser Miss Brasil a garota não precisaria ser obrigatoriamente indígena? Afinal esse fenótipo sim é o que o país tinha antes da “maravilhosa (que de maravilha não tem nada!)” vinda dos europeus para essas terras. Bairrismo, “preconceito regional”, que me desculpem, mas a beleza é universal e pessoal, dois opostos que não se podem resumir a um local de nascimento.

  • Fabio D. diz: 24 de setembro de 2009

    Só pra constar, não sou de Blumenau, mas concordo pelnamente com a clausula de que a rainha tenha que ser natural de Blumenau.

  • Lelo Durieux diz: 24 de setembro de 2009

    Tem que ser de Blumenau SIM!!! A festa é dos Blumenauenses. Tem que mostrar as qualidades daquele povo, e não de forasteiros oportunistas.

  • Isabel diz: 24 de setembro de 2009

    Por mim, qualquer uma delas está bom. Com tanta maquiagem, cinta-liga, corpetes, vestido de veludo e lindas tiaras, até eu…E tem mais: antes de beber três copos de chope só tem mulher feia. Depois de beber, todas são lindas. Já vi essa reportagem antes…

  • Antonio Aderbal diz: 24 de setembro de 2009

    Bairrismo…é claro que sim, pode rotular da forma que achar melhor, mas concordo, ou você têm personalidade, afirma as suas raízes, ou quer ficar como uma biruta? Devemos preservar a cultura, as pessoas que não são daqui, mas que adotaram a cidade como sua terra, devem se orgular de aqui estarem e agradecer por isso e assim defendo, mas se falarem mal da minha cidade natal, aí sim, defendo com umas e dentes. Cada um no seu espaço interagindo com o ambiente.

  • Felipe Nähring diz: 24 de setembro de 2009

    É uma regra forte demais, pois muitas pessoas nasceram num lugar e vivem em outro. As candidatas têm de ser Blumenauenses de característica, de tradição.. Que representem a coroa que lhes é dada. A Michelly é de fora mas com certeza foi uma das mais carismáticas que já teve e representou muito bem as tradições da nossa terrinha.
    Auf Wiedersehen!!

  • Hudson diz: 26 de setembro de 2009

    Eitaaaa!!! O maneh aqui da ilha diz que nao eh bairrista ??????????????? ahahahahahah … E Joinville ta se mordendo cara !!!!!!!!!!!!! Asdrubal, vai dormir cara !!!!!!!!!!!!!! ahahahah

  • Suelen diz: 24 de setembro de 2009

    Concordo que se temos uma Festa que foi feita para levanatr a cidade, a representante da mesma deve ser sim da cidade, nascida e que more aqui, que conviva o dia a dia dacidade.Aquestão não ser Paranaense ou não e sim ser de Blumenau, se as moças doas outros estados são bonitas então que concorram a miss de suas cidades e estados, é a mesma coisa que uma Blumenauense ir ao Paraná e ganahr o miss de la!.Se é a mais lembrada não se sabe, mais a mais bela concerteza eh CRISTIANE RAUCH!

  • Cintia diz: 24 de setembro de 2009

    Mas regra não é residir há pelo menos dois anos em Blumenau? pelo menos é isso que cita no site..

  • Ivan diz: 24 de setembro de 2009

    Blumenau hoje é uma mera sombra do seu passado justamente por causa desse bairrismo tolo, em que o nativo só olha pro seu nariz, sem perceber que o mundo à sua volta mudava. Blumenau, arrogante, se acomodou e hoje virou um fracasso retumbante, que ainda tem o desplante de se intitular “Europa Brasileira”. Só se for a Albânia.

  • Charles diz: 24 de setembro de 2009

    Olha, tanto faz onde a candidata nasceu. Vamos agradecer que nenhum travesti ainda se candidatou no concurso. Em breve isso pode ser realidade.

  • Ana Claudia diz: 24 de setembro de 2009

    Concordo com o Felipe, teve muitas Blumenauenses que nao conseguiram desempenhar bem o papel como Raquel e Michelly.

  • Simone diz: 24 de setembro de 2009

    A oktober já deixou de ser uma festa cultural e blumenauense a muito tempo….se não fossem os turista sustentar a festa ela já teria acabado. Festa alemã só no nome, pois DJ, bebedeira, malandragem tem muita.
    Festa familiar, trajes tipicos….já era.
    É preciso rever o conceito de festa cultural que o povo de Blumenau tanto defende.

  • Ivan diz: 24 de setembro de 2009

    Tão preocupados com a origem das moças? Os organizadores estão tão atentos a isso que, a julgar pelas fotos das candidatas, esqueceram do requisito “beleza”…

  • Paulo Pennaforte diz: 24 de setembro de 2009

    Que as blumenauenses são grandes gatas,sabemos [eu sei, em particular...] mas acho q. ñ precisa tanto rigor c/ a origem da candidata,bastariam exigências como morar há algum tempo na cidade, conhecer a cultura etc. Uma menina de fora q. tenha vindo morar c/ 2 ou 3 aninhos em Blu ñ pode ser Rainha? Mais importante é q. a moça fosse “natural”, isto é, s/ implantes de silicone por todo o lado. Giba, existem alemães q. ñ são loiros, viu? Uma vez, uma miss “alemoa” no RS foi uma morena estonteante.

  • Carlos diz: 24 de setembro de 2009

    A gata do futebol catarinense, aquela do Avaí nasceu em Curitiba. A representante do Garota Verão é gaúcha. E agora? Embora nem um pouco tendencioso este último concurso né.

  • Isabel diz: 24 de setembro de 2009

    Diz para o pessoal da redação dar uma passadinha no oftalmologista.

  • Everton Luiz Kolm diz: 24 de setembro de 2009

    Tem que ser de Blumenau.

  • Carol Rech diz: 24 de setembro de 2009

    Ter nascido em Blumenau acho que não precisa.
    Mas precisa viver aqui há algum tempo pelo menos. Pq esse concurso vai eleger as representantes de Blumenau de de nossas tradições .. E pra conhecer representar bem , precisa conhecer bem tbm.

  • Giba diz: 24 de setembro de 2009

    Se a festa é de Blumanau nada mais justo que a rainha ser de Blumenau… Por que botar uma pessoa de outra cidade ou até de outro estado ? A nao ser que a pessoa seja de outra cidade e more a muito tempo em Blumenau, aí tudo bem , conhece a cidade, tem moradia fixa, conhece a cultura e tal … Pela cultura a rainha da oktoberfest deve ser loira com traços alemaes pois é a cultura do lugar … nao é uma festa de beleza e sim cultural…

  • Fabio D. diz: 24 de setembro de 2009

    Se vão colocar até DJ na ocktober, o que já descaracteriza barbaramente a festa, a naturalidade da rainha é mero detalhe. Bairrismo? Descordo. É apenas uma questão de tradição. Daqui a pouco vão colocar uma Argentina no posto, só isso, mais nada…

  • Vanessa diz: 24 de setembro de 2009

    Creio que não seja tão necessário ter nascido em Blumenau; é bacana que more há algum tempo na cidade, pois acho que é muito mais importante conhecer a cultura, as tradições, e até a língua, afinal é uma festa de tradições (embora isso tbm esteja distorcido para boa parte dos turistas que só querem beber) e não só um concurso de beleza. É como uma guria nascida e criada em Goiás concorrer a Miss SC… Desde de ela desempenhe bem seu papel e represente bem a festa e a cidade, está ótimo!

  • Tchê diz: 24 de setembro de 2009

    Primeiro Blumenau precisa dar mais valor a própria cultura. O que tem de alemao por aqui vestido de gaúcho, é brincadeira.
    Faz um evento com costela fogo de chao que lota. Agora se fizer um evento c/ salsicha e chucrute….sei lá !!

  • Giovanni Ramos diz: 24 de setembro de 2009

    Ano passado, vi o povão blumenauense pedindo músicas não alemãs para as bandinhas da Oktober. Na Sommerfest deste ano, o coro pedia ser-tão-nojo universitário.

    Mesmo assim, o povão daqui tem a cara-de-pau de exigir que a rainha tenha nascido em Blu. Patético.

    Concordo que a candidata resida há um certo tempo na cidade, que tenha conhecimentos sobre a cultura germânica e nossa região, mas a cidade onde ela nasceu não importa!

  • joinville diz: 24 de setembro de 2009

    Isabel, o problema do pessoal da redação, nao eh cegueira, eh q eles deixarao de ver o lado beleza catarinense pra ver os peitos da paranaense…

  • Joinville diz: 24 de setembro de 2009

    ana paula, vamos promover juntamente com a colega Isabel e outros q apoian a campanha BLUMENAU PRA BLUMENAU, e caro colega JANILSO, pra eleger a mais bela da america temos o concurso MISS AMERICA, a mais bela do mundo temos MISS MUNDO e oktober eh CATARINA/ BLUMENAU se vc gosta de PARANAENSE vai pra CURITIBA.

  • Isabel diz: 24 de setembro de 2009

    O que as regras para rainha da Oktober dizem sobre a quantidade de silicone que a candidata pode injetar? Constatação anual: só tem foto de mulher nesses ¨oktoberzeitung¨ do Santa. Quando vão eleger o Rei da Oktober?

  • Danila C. Kuhnen diz: 24 de setembro de 2009

    Na minha opnião poderia participar mulheres de outros lugares, mas que pelo menos more a 4 anos em Bumenau, pois como uma pessoa que nunca viveu uma Oktober pode representar ela em sua essencia, então posso morar aqui 1 ano pegar um livro de história e saber tudo sobre Blumenau, isso é ridiculo…Precisamos de uma representante com CULTURA que seja bonita também mas que saiba das tradições e tenha amor por elas, não de uma mulher com SILICONE que simplesmente seja conhecida na cidade.
    Ok.

  • Floripa diz: 24 de setembro de 2009

    Aposto q se fosse uma de BLUMENAU, com certeza seria muito mais linda! Pq SANTA CATARINA é demais!!! Bairrismo sim, existe isso em outros ESTADOS! Pq aqui tbm não pode ter?

  • joinville diz: 24 de setembro de 2009

    aew turma , o problema nao eh , q a nova geração saber ou nao falar o “ALEMÃO” eu sou natural de blumenau mas sou decendente de italiano, a reclamação postada aki eh NATURAL DE BLUMENAU/SC participa do concurso, nao eh de blumenau participa da FESTA .

  • Luis Silva diz: 24 de setembro de 2009

    Morei 25 anos em Blumenau, praticamente desde neném. Tive problemas ao ir em escola do centro por causa do bairrismo de imbecis.. Fui embora e nem por isto deixei de ser blumenauense e com orgulho. Você é de uma cidade pela sua identidade, pela sua familia e seus amigos. E não porque nasceu nela. Escutei centenas de vezes gente nascida em Blumenau que odeia a cidada e a oktober e não vai embora.

  • Emile diz: 24 de setembro de 2009

    Se a festa é de Blumanau nada mais justo que a rainha ser de Blumenau !!!! De outro estado entao …. nao faz sentido … Bairrismo ?? Pode ser, e daí, quem nao é ????

  • Henrique diz: 24 de setembro de 2009

    Na oktober o que não pode faltar é loira, bem gelada, claro!
    Mas pra que e qual razão foi criada a Oktoberfest? Alguem lembra?
    Viva a democracia!!!!

  • ellise diz: 24 de setembro de 2009

    “… Pela cultura a rainha da oktoberfest deve ser loira com traços alemaes pois é a cultura do lugar … ” ??????????
    tem q ser loira?com traços alemães?
    eu sou de blumenau e sou morena,e daí?
    decerto q não exitem alemães de cabelo e olhos castanhos,heim Giba?
    pra mim isso q vc falou tem um nome…
    Ah,e eu concordo plenamente com o Ivan q falou q Blumenau é arrogante,eu moro há dois anos em Floripa e sempre q vou pra Blu me sinto mal.

  • Waltrick diz: 25 de setembro de 2009

    Não vou perder tempo discutindo se Blumenau é bairrista ou não… mas preciso comentar… essa Raquel Tolardo é mesmo gos… opa, linda!!!

  • ASDRUBAL diz: 24 de setembro de 2009

    Tá na hora da alemoada de Blumenau deixar de ser bairrista e aceitar candidatas de todo Brasil e países de origem alemã. Há muito tempo Blumenau deixou de ser alemã legitima, hj ta tudo misturado só quem cultua a origem são alguns alemões antigos a nova geração nem fala alemão.Se são tão bairristas assim, pq elegeram um prefeito que não é nativo.Sera que não foram informados que Kleinubing (pai e filho)não são blumenaunses.Ta na hora de boicotar a oktober,aliás já esta decaindo tomara que acabe.

  • Bianca R. Schadrack diz: 24 de setembro de 2009

    Concordo com os comentários do Felipe e do Antonio. Não importa se a candidata é ou não natural de Blumenau, o que importa é que ela seja realmente capaz e responsável para representar a festa e claro, nossa cidade!
    Acredito que os jurados saberam escolher a melhor candidata para tal responabilidade, sendo natural de Blumenau ou não.

  • Joinville diz: 24 de setembro de 2009

    Eu sou nascido em blumenau, onde morei tbm, acredito q se a festa eh em blumenau e a rainha representa a beleza de Blumenau, nada + justo q tenha q ser nascida em Blumenau ! se quiser representar o Paraná q vá participar de concursos no Paraná .

  • Sergio Pereira diz: 24 de setembro de 2009

    Além de se de Blumenau deveria ser de origem alemã, na minha opinião, por que a festa não é para representar as origens da cidade? Não é por ser bairrista, mas sim para preservar uma tradição.
    Abraços e tudo de bom.

  • Valéria diz: 24 de setembro de 2009

    Claro que seria melhor uma rainha nascida em Blumenau!Muitas moças(lindas) nascidas aqui não querem concorrer!É lamentável!E pra não ter poucas candidatas o jeito é aceitar moças de outras cidades!Que gostam e adotaram Blumenau como sua cidade!!Mas o mais importante que represente bem a nossa bela cidade!!

  • Isabel diz: 24 de setembro de 2009

    Joinville, a redação já deve estar em ritmo de Oktober…hehehe. Depois eles reclamam se a gente implica. Você tem razão, vamos promover BLUMENAU PRA BLUMENAU. E mais: só blumenauense nascido, criado e com residência fixa em Blumenau pode ir na festa. Vou ficar de fora, mas tudo bem, vou prá Brusque, na Festa do Marreco.

  • ana paula diz: 24 de setembro de 2009

    como Blumenauense natural desde que nasci, acho que nada mais justo de que a rainha da oktober tem que ser de Blumenau desde sempre.
    Concordo com um dos companheiros que disse que se é de Blumenau tem que representar Blumenau,os demais estados tambem tem eventos que procuram rainhas e princesas cada um no seu estado por favor.
    Essas meninas que não são daqui e querem ser rainha estão tentando ofuscar o brilho das Blumenauenses.
    Blumenau tem mulheres lindas por natureza

  • Janilson diz: 24 de setembro de 2009

    Sou Blumenauense e quero dizer que: Se a Oktober é a maior Festa Alemã das Americas, o concurso da RAinha deveria ser aberto não só para o Brasil , mas para todas as Americas. Caso contrario A Festa deveria ser considerada apenas de Blumenau? Ou Não?

Envie seu Comentário