Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Portões fecham às 13h e deixam pessoas do lado de fora da festa

18 de outubro de 2014 1
Pessoas não conseguiram entrar na Vila. Foto: Gilmar de Souza

Pessoas não conseguiram entrar na Vila. Foto: Gilmar de Souza

Por Osiris Reis

Quem estava com a ideia de ir à 31ª Oktoberfest para almoçar neste sábado, se não chegou antes das 13h, ficou do lado de fora dos portões. Na entrada em frente ao Setor 3, centenas de pessoas não conseguiram entrar nos pavilhões, pois estavam sem ingressos. A administração da festa decidiu alterar o horário limite para entrada livre na festa, na tentativa de evitar que pessoas entrassem até as 15h e se valessem da gratuidade e ficassem até a festa da noite.

Pessoas de Florianópolis, Jaraguá do Sul e também de locais mais distantes como São Paulo, Osasco, Rio de Janeiro e Niterói, terão de rever seus planos para a tarde deste sábado. A maioria tinha em mente almoçar na festa, curtir um pouco da tarde entre os atrativos e voltar à noite. Por volta das 13h30min, os portões em frente ao Setor 3 foram fechados, o que gerou indignação e revolta das pessoas que estavam presentes. Para entrar na festa, somente com o ingresso em mãos.

Casal de Niterói não conseguiu entrar na festa Foto: Gilmar de Souza

Casal de Niterói não conseguiu entrar na festa Foto: Gilmar de Souza

O casal Júlio César Vianna, 44 anos, e Thamiris Francisco Schelles, 26 anos, veio de Niterói e não conseguiu entrar na festa. A viagem estava planejada há quatro anos, quando o casal se conheceu.

- Se eles não tem capacidade de fazer um evento desse porte, que não o façam. Faltou administração e informação – criticou o comerciante.

Problema parecido aconteceu com um grupo de quinze pessoas que veio de São Paulo na sexta-feira e ficará na cidade até domingo. Eles chegaram por volta das 13h, mas a fila estava grande e não conseguiram entrar.

- A mídia é divulgada para o Brasil todo e a estrutura que a cidade montou é muito pequena para os visitantes. Com isso, o pessoal das outras cidades está sendo prejudicado – critica o professor Ricardo Silva Salmazo, 27 anos.

Decisão foi tomada na quinta-feira

A decisão de mudar o horário do acesso à festa foi tomada na quinta-feira, após consulta ao Procon. A decisão também é válida para o próximo sábado (25), penúltimo dia da festa.

O secretário de Turismo, Ricardo Stodieck, explicou em entrevista à RBS TV que apesar da informação estar atualizada no site, o dado demora a carregar nos smartphones. Em função disso, as pessoas teriam vindo à festa com a informação desatualizada.

- Está havendo uma confusão de informações. Atualizamos no site desde quinta-feira e nos smartphones demora até uma semana para atualizar a informação. No caso do Iphone, demora até quinze dias – disse.

Stodieck garantiu que a venda de ingressos para este sábado está finalizada e as pessoas que pretendem vir à festa durante a semana, precisam comprar os ingressos antecipadamente.

Comentários (1)

  • Luciano Teodoro diz: 18 de outubro de 2014

    As pessoas que entram até as 15hrs para valer da gratuidade e ficar na festa até de noite estarão gerando lucro para o evento consumindo bebida, comida e produtos das lojas porque a maioria são turistas, diferente do publico local que irá entrar na vila germâmica a partir da 22hrs vindos de um “esquenta” e consumindo pouco.

Envie seu Comentário