Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Pardal que multava a 60km/h é retirado da BR-101 do RS

06 de janeiro de 2016 28
Pardal foi retirado há um mês do km 0,3 da BR-101 - Foto: Divulgação / PRF

Pardal foi retirado há um mês do km 0,3 da BR-101 – Foto: Divulgação / PRF

Foi retirado o controlador de velocidade que estava instalado no quilômetro 0,3 da BR-101, em Torres. O pardal multava quem passava a mais de 60km/h pelo local. Ele foi desativado no começo do mês de dezembro de 2015.

Os motoristas reclamavam muito do equipamento, pois saíam de um trecho de 110km/h, na BR-101 catarinense, e se deparavam com este controlador com baixa velocidade. Também contestavam a falta de sinalização existente no local e que indicava a velocidade máxima permitida.

De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o desligamento ocorreu porque, nas proximidades, há um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Dessa forma, o entendimento é que não havia necessidade de mantê-lo em funcionamento.

As multas que foram aplicadas antes de dezembro permanecem válidas e precisam ser pagas pelos infratores. A PRF informa que não foi comunicada sobre a retirada do pardal. Porém, ressalta que, no ano passado, recomendou ao Dnit que o controlador fosse desligado já é considerado um ponto seguro, que não registra mais acidentes.

De acordo com levantamento exclusivo feito a pedido da Rádio Gaúcha, o Dnit informou que este foi o quinto equipamento que mais autuou motoristas entre julho de 2012 e dezembro de 2014, com 57.309 infrações.

O pardal que mais fatura nas rodovias federais, de acordo com este levantamento, fica na mesma BR-101, mas no quilômetro 23, em Três Cachoeiras. Ele multa os motoristas que passam a 80km/h. Foram 69.725 infrações no período.

Saiba mais: 

- Pardais e lombadas das rodovias federais não serão mais desligados

Pardais e lombadas eletrônicas das rodovias federais gaúchas devem ser desligados antes do Natal

- Rodovias federais duplicadas terão velocidade máxima de 110 km/h no RS

- Sete dos dez pardais que mais multam nas rodovias federais do RS estão na BR-101

Definidas primeiras rodovias federais que terão aumento no limite de velocidade no RS

Limite de velocidade será revisto nas rodovias federais do RS

Comentários (28)

  • Paulo Doering diz: 6 de janeiro de 2016

    Este equipamento era e é mais um dos escândalos da atuação do DNIT em nosso meio. Na verdade, nunca foi solicitado pela PRF, porquanto nunca foi considerado um ponto perigoso daquela rodovia. Foi ali colocado com a finalidade de arrecadação de recursos. E trazia embaraços para a Polícia Rodoviária, pois dá a entender que a mesma não consegue fiscalizar trânsito nem “em suas barbas”.
    E a propósito, os motoristas deste Estado sabem que algumas de suas multas do DNIT estavam (estão) sendo validadas por agente falecido há mais de 8 anos????

  • Leo diz: 6 de janeiro de 2016

    O DNIT demonstrou coerência nesse caso, enquanto o nosso inútil DAER mantém velocidades ridículas somente com o objetivo de gerar multas.
    O DAER não possui capacidade tecnica nem vontade para adequar os limites de velocidade à relaidade atual, mantendo os limites dos anos 70, que foram estabelecidos com objetivo de reduzir o consumo de combustível no país, que era quase totalmente importado.

  • JUMENTINO diz: 6 de janeiro de 2016

    Bando de vaga bnds, agora suspendem o pardal, indústria da multa, país de m….

  • Eduardo J diz: 6 de janeiro de 2016

    100Km/h de limite já!!!

  • LUCAS MORAIS diz: 6 de janeiro de 2016

    MAS CONTINUAM 2 PARDAIS (UM EM CADA SENTIDO) EM CIMA DA PONTE NA DIVISA DOS ESTADOS…PASSEI UMAS 4 OU 5 VEZES LÁ NESTE FINAL DE ANO, E QUEM PASSA, NUNCA SABE QUAL É A VELOCIDADE CORRETA DAQUELE PARDAL, POIS QUEM VEM DE SC A VELOCIDADE É 110KM/H E O PARDAL (TEORICAMENTE) ESTÁ NA PARTE DOS 110KM/H E LOGO UNS 20 OU 30 METROS DEPOIS, TEM A PLACA DE 60KM/H.

  • Eduardo Klein diz: 6 de janeiro de 2016

    Com certeza alguem do alto escalão foi multado mais de uma vez, e ordenou a retirada deste pardal caça niquel.

  • Paulo Pereira diz: 6 de janeiro de 2016

    Sou uma das vítimas do pardal da Br 101, levei uma de 574,00 é um absurdo, um pardal de 60 km /h defronte um Posto da Polícia Federal, só no Brasil, um país de corruptos, fdp

  • Adriana de cássia Rodrigues diz: 6 de janeiro de 2016

    Tenho habilitação desde 1994, nunca tive uma infração, quando entrei nessa estrada levei uma multa de velocidade, me refiro q foi injusta devido a falta de iluminação e de visualização das placas de sinalização, pois eu presto bastante atenção ,pois nunca havia tomado uma multa antes,

  • Paulo Dias diz: 6 de janeiro de 2016

    Bah, mas isso dá uma média de quase 2 mil multas por dia!!
    Tchê, isso é o típico caso de equipamento apenas para multar, tu muda a velocidade em quase 50%, sem aviso em um local duplicado.
    Apenas a título de curiosidade, se considerar o valor da multa de excesso de velocidade até 20% do limite – o mínimo, algo como em torno de 72 km/h – esse pardal gerou R$ 4,87 milhões em multa ao longo de 2 anos e meio ou 170 mil por dia em multas.
    Digo que isso é uma sem vergonhisse sem tamanho!!

  • Ademir Peixoto diz: 6 de janeiro de 2016

    Este é o tipo de multa que se contestada na justiça, o condutor tem a multa cancelada.
    Onde seu viu, a velocidade da BR 101 em Passo de Torres é de 110 Km/h e sem nenhuma placa de advertência de redução de velocidade, o motorista chega na ponte do Rio Mampitupa, divisa Passo de Torres-SC e Torres-RS entre 100 e 80 Km/h e se depara com um pardal puramente arrecadatório e o o condutor tem que dar uma freada brusca, correndo sério risco de bater ou cair da ponte, além de colocar sua vida e de sua família em risco e de outros ocupantes dos carros próximos, sem saber se foi pego pelo pardal ou não? Absurdo total !!!

  • Rafael Maria diz: 6 de janeiro de 2016

    Também fui lesado por esse pardal que não possui iluminação e nem placas sinalizando sobre o mesmo. E não adianta recorrer, pois o governo não escuta os argumentos de ninguém, só querem saber de arrecadar e embolsar. A indústria da multa, do suborno dos pedágios e o dinheiro do IPVA nunca retornam em investimentos nas estradas e ruas. Só matando esses governantes que possuímos nesse país.

  • wince batistax diz: 6 de janeiro de 2016

    Tenho Habilitação desde 1980(hoje 54 anos)nunca fui multado por excesso de velocidade, sabe por que? Se naquele local tem uma velocidade pré determinada é por algum motivo,segurança nada mais.Eu morava no RS hoje moro em GO lá uma vez que outra vou ao RS de carro se vocês pensam que tem pardal demais no RS passou o PR aí é que o bicho pega muda de velocidade toda hora se não tiver ligado é 4 a 5 multa no mesmo carro por velocidade.

  • Ricardo diz: 6 de janeiro de 2016

    Pois estava na hora de retirar, esta na hora de aumentar a velocidade aqui no RS, pois em SC e 110 km e nem por isso se ve falar q tem acidentes por causa disso, outra coisa os Pardais aqui no RS ficam escondidos atrás de postes com , podem observar o de Torres, o de Maquine quem vem de SC, a sorte q já se sabe aonde estão, na FREWAY é 100 km pq na 101 RS tb não pode ser.

  • Fernando diz: 6 de janeiro de 2016

    Não havia “mais” necessidade de mante-lo funcionando. Fui multado algumas vezes nesse trecho. E achei uma grande pegadinha fdp desse órgão chamado de DNIT.

  • Maziel Pereira Knevitz diz: 6 de janeiro de 2016

    Aproveitando a notícia. Fica uma dica para uma reportagem sobre o pardal instalado na Rota do Sol em Itati Rs com velocidade de 40km/h. Que neste último final de semana deu engarrafamento de 30km (até o trevo da praia do curumin) e por causa do arranca e para deu 2 acidentes.

  • Sergio Lampert diz: 6 de janeiro de 2016

    Fui multado nesse maldito pardal dia 30/Out às 04:38 da madrugada, estava reduzindo e passei a 61 Km p/hora no registro, recebi apenas a notificação, aguardo ainda a guia para pagamento, fazia mais de 5 anos que não levava multa, só me resta a indignação !!!

  • Fernando diz: 6 de janeiro de 2016

    Foi multado duas vezes nesse local. Na primeira levou 7 meses para receber a notificação. E na segunda 5 meses.
    Sendo que a imagem que aparece da traseira do carro não consta dois adesivos que possuo.

  • Adriano diz: 6 de janeiro de 2016

    levei 2 multas neste local!!! vão devolver o dinheiro seus merdas???
    levaram 9 meses para mandar a multa….isso é só para os motoristas demorarem a se dar conta que ali havia um pardau multando quem passasse a mais de 60 km/h!!! EM UMA BR EM QUE O LIMITE É 110Km/h

  • wagner ulbrich diz: 6 de janeiro de 2016

    ATENÇÂO JOCIMAR: O daer instalou outro pardal na rs 122 antes da curva da morte,( sentido capital-serra) só que na ultima vez que passei por ele, não tinha placa nenhuma indicando se era 50, 60 ou 80 KM/h. pode causar muitas multas descabidas pois não tinha placas indicando o limite no local. Gostaria que fosse esclarecido isso.

  • César Gregianin diz: 7 de janeiro de 2016

    Agora só falta acabar com a escrecência da velocidade diferenciada do trajeto entre Osório/Torres pela mesma de toda a Freeway e da BR101, 110km/h!!!

  • Mozart diz: 7 de janeiro de 2016

    Vale uma investigação da PF nos órgãos responsáveis por esse pardal e por quem administra o dinheiro arrecadado nele, pois quem é responsável por colocar e manter um pardal corrupto desse deve estar envolvido em outras corrupções.

  • Anderson diz: 7 de janeiro de 2016

    Antes de fazer as coisas deve-se consultar, indagar e ver a melhor alternativa. O erro foi em instalar o equipamento, gastou-se com isso, etc. Se estivesse longe do posto da PRF, tranquilo, se justificaria, mas perto, é de se pensar na sua natureza multadora. É por isso que tem muita gente usando GPS nas estradas, alertando desse tipo de coisa.

  • Odone José Funchal diz: 10 de janeiro de 2016

    Houvesse capacidade administrativa e coerência neste tal de DNIT aliado a um pouquinho de vergonha na cara, deveriam devolver todo o dinheiro arrecadado (roubado) dos contribuintes que foram lesados por este equipamento, bem como a devida retirada dos pontos em suas habilitações. Será que as fortunas arrecadadas já foram gastas em ORGIAS.
    Com a palavra o DNIT,para seu direito de resposta. !!!!
    Eu ainda perdi meu tempo, e gastei para ter minha defesa “INDEFERIDA” num julgamento a portas fechadas e sem avisar ninguém. Patifaria……

  • glenio santos diz: 26 de janeiro de 2016

    Cada trecho urbano da rodovia deveria ter viadutos, para que o trânsito fluísse livre e sem riscos. Mas a corrupção parece começar na construção das estradas: será que a verba dos viadutos vai pra outro fim, sobrando a solução fácil de colocar placas de 40 e 60 por hora? Neste cenário sinistro, a maldade do pardal é só mais um detalhe.

  • Magno Schlickmann diz: 31 de janeiro de 2016

    Temos que nos juntar para um pedido massivo para anular todas as multas indevidas deste local, é com certeza inadimissível. Temos que nos unir para mudar isso.

  • Natália diz: 11 de fevereiro de 2016

    Aos lesados pelo radar da PRF de Torres, alguém já conseguiu anular alguma? Tomei 18 trabalhando em torres e voltando para SC todo dia!

  • Paulo diz: 11 de março de 2016

    Achei que o pessoal do RS acabava com esses pardais no tiro.

  • Marcio diz: 2 de janeiro de 2017

    Pessoal…tbm fui multado e gostaria de saber se algum entrou com recurso ou alguma ação contra o DNIT? Fui multado e estava a 101 km. Se no site diz que foi retirado o pardal, como é que esta merda continua multando? O pior é que nunca recebi a tal notificação e, portanto, não consegui fazer a defesa. Dia 29/12/16 recebi uma carta do detran dizendo que eu tenho que entregar a minha habilitação até 22 de fevereiro pois não entrei com recurso contra o processo de suspensão do direito de dirigir……mas eu nem recebi esta tal documento! Alguém tem um bom advogado?

Envie seu Comentário