Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Canoas"

Dnit descarta parceria com Exército em construção de viaduto da BR-386

27 de março de 2014 9
Trecho não duplicado entre Canoas e Nova Santa Rita causa congestionamento - Foto: Ronaldo Bernardi / Zero Hora (Arquivo)

Trecho não duplicado entre Canoas e Nova Santa Rita registra congestionamento – Foto: Ronaldo Bernardi / Zero Hora (Arquivo)

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) está buscando uma solução para garantir a duplicação do viaduto sobre a linha férrea, na BR-386, em Canoas. Pela segunda vez em menos de um ano, a concorrência para escolha da empresa que executaria a obra não teve interessados.

Entre as alternativas, porém, não está a possibilidade de realizar uma parceria com o Exército. A opção é descartada pelo Dnit.

Para fazer a recuperação e conservação de 79,4km da BR-116, entre VacariaCampestre da Serra, a autarquia está realizando um convênio com o 10º Batalhão de Engenharia de Construção do Exército, localizado em Lages, Santa Catarina.

O edital para construção do viaduto de Canoas foi publicado, pela primeira vez, em maio de 2013. Em outubro, a concorrência não apresentou empresas interessadas e foi considerada deserta. Em janeiro de 2014, o edital foi relançado. As propostas seriam recebidas em fevereiro, mas foram adiadas em um mês pelo Dnit para correção de um dos itens da proposta. Em março, novamente não houve procura.

O novo viaduto terá 40 metros de extensão. A obra estava orçada em R$ 4,61 milhões (R$ 4.612.461,40). A previsão é que o viaduto seja construído em até 6 meses. Porém, não há previsão de quando os trabalhos poderão começar e quem irá executar.

O local é ponto de constantes congestionamentos. Esse é o único trecho da rodovia que ainda não foi duplicado entre Canoas e Nova Santa Rita. As duas faixas em cada sentido viram apenas uma, o que causa congestionamento em horários de grande movimento da rodovia.

Saiba mais:

- Exército vai fazer a conservação de trecho da BR-116, na Serra gaúcha

- Construção de viaduto da BR-386, em Canoas, volta a não ter interessados

Construção de viaduto da BR-386, em Canoas, volta a não ter interessados

22 de março de 2014 2
Afunilamento nos dois sentidos da rodovia causa congestionamentos – Foto: Mariana Bechert / Agência RBS (Arquivo)

Afunilamento nos dois sentidos da rodovia causa congestionamentos – Foto: Mariana Bechert / Agência RBS (Arquivo)

Mais uma vez, as empresas não apresentaram interesse em construir o viaduto sobre a linha férrea, na BR-386, em Canoas. As propostas deveriam ter sido apresentadas ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) até essa sexta-feira, dia 22.

Agora, a autarquia vai avaliar se relança novamente o edital ou se vai buscar uma outra alternativa para que a construção seja realizada. Essa foi a segunda vez que o Dnit tentou encontrar interessados em realizar a obra.

O edital foi publicado, pela primeira vez, em maio de 2013. A greve dos servidores do Dnit adiou para setembro a continuação da disputa. Em outubro, a concorrência não apresentou empresas interessadas e foi considerada deserta. Em janeiro de 2014, o edital foi relançado. As propostas seriam recebidas em fevereiro, mas foram adiadas em um mês pelo Dnit para correção de um dos itens da proposta.

O novo viaduto terá 40 metros de extensão. A obra estava orçada em R$ 4,61 milhões (R$ 4.612.461,40). A previsão é que o viaduto seja construído em até 6 meses. Porém, não há previsão de quando os trabalhos poderão começar e quem irá executar.

O local é ponto de constantes congestionamentos. Esse é o único trecho da rodovia que ainda não foi duplicado entre Canoas e Nova Santa Rita. As duas faixas em cada sentido viram apenas uma, o que causa congestionamento em horários de grande movimento da rodovia.

Saiba mais:

- Dnit adia recebimento de propostas para construção de viaduto da BR-386, em Canoas

- Dnit tenta novamente encontrar interessados em duplicar viaduto da BR-386, em Canoas

- Empresas não apresentam interesse em construir viaduto na BR-386 em Canoas

- Reaberta licitação para duplicação de viaduto da BR-386 em Canoas

- Paralisação de servidores do Dnit suspende licitação para construção de viaduto na BR-386

- Publicado edital para construção de viaduto na BR-386 em Canoas

Rodovia do Parque terá novo acesso provisório liberado até maio em Canoas

19 de março de 2014 1
Rodovia foi inaugurada há três meses e alça ainda não foi liberada - Foto: Mateus Ferraz / Rádio Gaúcha (Arquivo)

Rodovia foi inaugurada há três meses e alça ainda não foi liberada – Foto: Mateus Ferraz / Rádio Gaúcha (Arquivo)

Enquanto não houver uma definição sobre quem executará a pavimentação de 200 metros da Estrada das Canoas, no acesso da Rodovia do Parque ao bairro Mato Grande, a Prefeitura irá pavimentar duas ruas, que vão garantir a liberação do segundo acesso da cidade à BR-448.

A prefeitura vai asfaltar aproximadamente um quilômetro das ruas Elizabeth Finkler e Dona Maria Isabel. De acordo com o prefeito Jairo Jorge, os trabalhos devem começar em 15 dias e serem concluídos até o começo de maio.

Para que o acesso principal à Rodovia do Parque seja concluído, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) precisa definir se realizará uma licitação ou se repassará uma verba para que a prefeitura de Canoas pavimente os 200 metros da Estradas das Canoas. A obra está orçada em R$ 1,8 milhão. O serviço deve ser realizado entre 60 e 90 dias. A área já foi desapropriada. Falta ainda retirar duas famílias que serão transferidas nos próximos dias.

Sobre a descida da BR-448 ao bairro Rio Branco, no sentido Capital – Interior, o projeto já foi aprovado. Falta realizar uma nova licitação. A alça será construída aproximadamente um quilômetro depois da Vila de Passagem, já que o primeiro local imaginado, logo após a Ponte Estaiada, necessitaria de um investimento de R$ 8 milhões só para trocar o local de uma adutora da Corsan.

Já o outro acesso da Rodovia do Parque, que segue fechado em Esteio, a previsão é de que os trabalhos da Prefeitura e da construtora responsável pela obra sejam concluídos no primeiro semestre.

Saiba mais: 

- Alça de acesso da BR-448 ao bairro Humaitá vai permanecer fechada por tempo indeterminado

- Acesso da BR-448 em Esteio não será entregue em dezembro

Trensurb suspende projeto para instalar Aeromóvel até a Arena do Grêmio

28 de fevereiro de 2014 8
Linha poderia beneficiar torcedores - Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

Linha poderia beneficiar torcedores – Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

A Trensurb desistiu de construir uma linha do Aeromóvel até a Arena do Grêmio. Pelo menos, por enquanto. O projeto foi suspenso pois a Trensurb está dando prioridade para a implantação dessa tecnologia no município de Canoas.

A cidade canoense já conseguiu R$ 272 milhões em recursos do Governo Federal para instalar o veículo entre o bairro Guajuviras e a estação Mathias Velho do Trensurb. Porém, a prefeitura busca mais dinheiro para que essa ligação possa ser ampliada ao bairro Mathias Velho.

Em agosto do ano passado, a empresa Matricial Engenharia Consultiva foi contratada para desenvolver um estudo de demanda de passageiros de uma possível linha do Aeromóvel até a Arena, no bairro Humaitá. A versão final do estudo foi entregue em outubro. Porém, até agora, a Trensurb não divulgou se esse levantamento apontou se há, ou não, demanda para a implantação do transporte na região.

Além de contemplar os torcedores, a linha poderia ser opção para os empreendimentos residenciais e comerciais, que estão sendo construídos na região.

Saiba mais:

- Apresentada melhor proposta para fazer estudo sobre Aeromóvel no Humaitá

- Governo Federal anuncia R$ 272 milhões para aeromóvel em Canoas

Dnit adia recebimento de propostas para construção de viaduto da BR-386, em Canoas

19 de fevereiro de 2014 1
Afunilamento nos dois sentidos da rodovia causa congestionamentos – Foto: Mariana Bechert / Agência RBS (Arquivo)

Afunilamento nos dois sentidos da rodovia causa congestionamentos – Foto: Mariana Bechert / Agência RBS (Arquivo)

As propostas das empresas interessadas em construir o viaduto da BR-386, em Canoas, seriam conhecidas nesta quinta-feira, dia 20. Porém, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) adiou o recebimento dos envelopes para o dia 21 de março.

O motivo, segundo o superintendente da autarquia no Rio Grande do Sul, engenheiro Pedro Luzardo, foi a correção de um dos itens da proposta. Essa é a segunda vez que o Dnit tenta encontrar interessados em realizar a obra.

O edital foi publicado, pela primeira vez, em maio. A greve dos servidores do Dnit adiou para setembro a continuação da disputa. Em outubro, a concorrência não apresentou empresas interessadas e foi considerada deserta.

O novo viaduto terá 40 metros de extensão. As empresas interessadas precisam apresentar propostas com um gasto menor que R$ 4,61 milhões (R$ 4.612.461,40).  A previsão é que, após ser dada a ordem de serviço para começo dos trabalhos, a obra no viaduto seja concluída em até 6 meses.

O local é ponto de constantes congestionamentos. Esse é o único trecho da rodovia que ainda não foi duplicado entre Canoas e Nova Santa Rita. As duas faixas em cada sentido viram apenas uma, o que causa congestionamento em horários de grande movimento da rodovia.

Saiba mais:

- Dnit tenta novamente encontrar interessados em duplicar viaduto da BR-386, em Canoas

- Licitação para duplicar viaduto da BR-386 em Canoas será republicada nos próximos dias

- Empresas não apresentam interesse em construir viaduto na BR-386 em Canoas

- Reaberta licitação para duplicação de viaduto da BR-386 em Canoas

- Paralisação de servidores do Dnit suspende licitação para construção de viaduto na BR-386

- Publicado edital para construção de viaduto na BR-386 em Canoas

- Duplicação de viaduto da BR-386 em Canoas esbarra em falta de recursos

- Licitação para duplicar ponte da BR-386 deve ser publicada em agosto de 2012

Dnit tenta novamente encontrar interessados em duplicar viaduto da BR-386, em Canoas

10 de janeiro de 2014 6
Afunilamento nos dois sentidos da rodovia causa congestionamentos – Foto: Mariana Bechert / Agência RBS (Arquivo)

Afunilamento nos dois sentidos da rodovia causa congestionamentos – Foto: Mariana Bechert / Agência RBS (Arquivo)

Foi divulgado nesta sexta-feira o aviso de licitação para duplicar o viaduto da BR-386, no quilômetro 441 em Canoas. Os valores foram mantidos pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). As empresas interessadas precisam apresentar um gasto menor que R$ 4,61 milhões (R$ 4.612.461,40). A mudança está na possibilidade da obra ser realizada em consórcio de empresas.

O edital foi publicado, pela primeira vez, em maio. A greve dos servidores do Dnit adiou para setembro a continuação da disputa. Em outubro, a concorrência não apresentou empresas interessadas e foi considerada deserta.

O novo viaduto terá 40 metros de extensão. A previsão é que, após ser dada a ordem de serviço para começo dos trabalhos, a obra no viaduto seja concluída em até 6 meses.

O local é ponto de constantes congestionamentos. Esse é o único trecho da rodovia que ainda não foi duplicado entre Canoas e Nova Santa Rita. As duas faixas em cada sentido viram apenas uma, o que causa congestionamento em horários de grande movimento da rodovia.

Saiba mais:

- Licitação para duplicar viaduto da BR-386 em Canoas será republicada nos próximos dias

- Empresas não apresentam interesse em construir viaduto na BR-386 em Canoas

- Reaberta licitação para duplicação de viaduto da BR-386 em Canoas

- Paralisação de servidores do Dnit suspende licitação para construção de viaduto na BR-386

- Publicado edital para construção de viaduto na BR-386 em Canoas

- Duplicação de viaduto da BR-386 em Canoas esbarra em falta de recursos

- Licitação para duplicar ponte da BR-386 deve ser publicada em agosto de 2012

Licitação para duplicar viaduto da BR-386 em Canoas será republicada nos próximos dias

01 de janeiro de 2014 1
Afunilamento nos dois sentidos da rodovia causa congestionamentos – Foto: Mariana Bechert / Agência RBS (Arquivo)

Afunilamento nos dois sentidos da rodovia causa congestionamentos – Foto: Mariana Bechert / Agência RBS (Arquivo)

A licitação para duplicar o viaduto da BR-386, no quilômetro 441 em Canoas, será relançada até o dia 10 de janeiro. Em outubro, a concorrência não apresentou empresas interessadas e foi considerada deserta. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) atualizou os valores.

O edital foi publicado, pela primeira vez, em maio. A greve dos servidores do Dnit adiou para setembro a continuação da disputa.

O novo viaduto terá 40 metros de extensão. Em maio, a obra foi orçada em 4,61 milhões. A previsão é que, após ser dada a ordem de serviço para começo dos trabalhos, o viaduto seja concluído em até 6 meses.

O local é ponto de constantes congestionamentos. Esse é o único trecho da rodovia que ainda não foi duplicado entre Canoas e Nova Santa Rita. As duas faixas em cada sentido viram apenas uma, o que causa congestionamento em horários de grande movimento da rodovia.

Saiba mais:

- Empresas não apresentam interesse em construir viaduto na BR-386 em Canoas

- Reaberta licitação para duplicação de viaduto da BR-386 em Canoas

- Paralisação de servidores do Dnit suspende licitação para construção de viaduto na BR-386

- Publicado edital para construção de viaduto na BR-386 em Canoas

- Duplicação de viaduto da BR-386 em Canoas esbarra em falta de recursos

- Licitação para duplicar ponte da BR-386 deve ser publicada em agosto de 2012

Tráfego na Rodovia do Parque será liberado a partir do meio-dia de sábado

19 de dezembro de 2013 10
Falta um dia para a inauguração da BR-448 - Foto: Felipe Daroit / Rádio Gaúcha

Falta um dia para a inauguração da BR-448 – Foto: Felipe Daroit / Rádio Gaúcha

O tráfego na Rodovia do Parque será liberado a partir das 12h deste sábado, dia 21. O limite de velocidade é de 100km/h para carros e 80km/h para caminhões e ônibus. Já a partir deste horário, a Polícia Rodoviária Federal já estará realizando fiscalização de velocidade na BR-448.

A inauguração da rodovia irá ocorrer às 10h desta sexta-feira, dia 20, em Canoas. A presidente Dilma Rousseff irá participar da cerimônia. As construtoras ainda realizam pintura e sinalização da pista, além da limpeza e da instalação das juntas de dilatação nas pontes e viadutos.

Os trabalhos na Rodovia do Parque iniciaram-se em setembro de 2009. O primeiro prazo para conclusão da BR-448 era abril de 2012. Foi adiado para dezembro de 2012. Depois para dezembro de 2013.

Saiba mais:

Tráfego de veículos da Rodovia do Parque será liberado no sábado

- Dnit atende solicitação mas saída da BR-448 para o bairro Humaitá ainda não será liberada pela Prefeitura

- Dnit confirma inauguração da Rodovia do Parque no dia 20 de dezembro

- Imagens mostram Rodovia do Parque com pintura no asfalto e iluminação pública

- Acesso da BR-448 em Esteio não será entregue em dezembro

 

 

Tráfego de veículos da Rodovia do Parque será liberado no sábado

18 de dezembro de 2013 8
Faltam dois dias para a inauguração da rodovia - Foto: Jocimar Farina / Rádio Gaúcha (Arquivo)

Faltam dois dias para a inauguração da rodovia – Foto: Jocimar Farina / Rádio Gaúcha (Arquivo)

A cerimônia de inauguração da BR-448 vai ser realizada na sexta-feira, dia 20, às 10h, sobre o trecho de rodovia elevada, no município de Canoas. Um palanque será erguido no local para recepcionar a presidente Dilma Roussef, prefeitos e convidados.

Os detalhes do cerimonial ainda estão sendo definidos, mas a intenção é contar com um número expressivo de moradores canoenses, que foram beneficiados com novas casas por causa da construção da rodovia, mesmo que na região ainda existam 14 famílias que não aceitaram receber casas e esperavam que o Governo Federal ou Municipal pudesse ressarci-los. Só que as famílias estão fora da área de domínio da rodovia e moram ou têm terrenos em área de proteção ambiental, o que não é permitido.

Como a festa de inauguração da Rodovia do Parque deve terminar perto do meio-dia, e o desmonte do palanque demoraria algumas horas da tarde de sexta-feira, por precaução, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) só irá liberar o tráfego de veículos na nova rodovia a partir da manhã de sábado. O temor é que, como a BR-448 é nova e os motoristas não conhecem seu traçado, liberar a rodovia muito próximo da noite poderia trazer um risco muito grande de acidentes.

Saiba mais:

- Dnit atende solicitação mas saída da BR-448 para o bairro Humaitá ainda não será liberada pela Prefeitura

- Dnit confirma inauguração da Rodovia do Parque no dia 20 de dezembro

- Imagens mostram Rodovia do Parque com pintura no asfalto e iluminação pública

- Quase 90% das obras da Rodovia do Parque já receberam últimas camadas de asfalto

- Obras da Rodovia do Parque estão 92% concluídas a um mês da inauguração

- Autorizado deslocamento de rede da CEEE que atrapalhava acesso da Rodovia do Parque

Construtoras ainda trabalham para entregar a Rodovia do Parque em dezembro

Prorrogado prazo para conclusão de estudo de ampliação da Rodovia do Parque até Estância Velha

- Dnit não descarta liberar apenas parte da Rodovia do Parque em dezembro

- Construtoras garantem conclusão da Rodovia do Parque até o dia 19 de dezembro

- Novas imagens mostram o andamento das obras da Rodovia do Parque

- Acesso da BR-448 em Esteio não será entregue em dezembro

Imagens mostram Rodovia do Parque com pintura no asfalto e iluminação pública

11 de dezembro de 2013 15
Parte do lote três, em Canoas, já está pronta - Foto: Jocimar Farina / Rádio Gaúcha

Parte do lote três, em Canoas, já está pronta – Foto: Jocimar Farina / Rádio Gaúcha

A menos de dez dias da data prevista para a inauguração, estimada para o dia 20, a Rodovia do Parque já tem trechos com pintura de sinalização no asfalto, guard-rails, muro de concreto para separar as duas pistas e iluminação pública. Nessa terça-feira, a Rádio Gaúcha percorreu todos os 22,34 quilômetros da BR-448. Apenas próximo do viaduto da BR-386, em Canoas, não foi possível passar por causa de um desnível atual na pista.

O ritmo de trabalho segue forte. As construtoras do lote um e três seguem trabalhando também à noite. Mais de 90% do traçado já recebeu a última camada de asfalto. A presidente Dilma Rousseff deve vir ao Rio Grande do Sul para participar da inauguração da obra.

Mesmo com a entrega da Rodovia, os trabalhos vão permanecer em um trecho da rodovia. O acesso da BR-448 pela região do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, não ficará pronto até o final do ano. A saída e entrada pela rodovia, por esse ponto, deve demorar pelo menos mais dois ou três meses para ser entregue.

O motivo do atraso foi a mudança do projeto. Mais um acesso está sendo construído na Avenida Celina Kroeff, no Bairro Novo Esteio. A obra vai permitir que os motoristas façam o retorno dos dois lados da linha férrea, que fica localizada nas proximidades da BR-448. Um retorno já existia. O novo vai beneficiar quem está na região do Loteamento Industrial do Setor Oeste.

Em Canoas, a saída da Rodovia do Parque para o bairro Rio Branco não foi executada. Para realizar a obra, duas adutoras da Corsan, instaladas no dique do bairro Rio Branco, terão que ser deslocadas. O projeto não previu o rebaixamento das adutoras, que atendem um milhão de moradores, em Cachoeirinha, Porto Alegre e Canoas. A transferência deve consumir entre R$ 6 e 7 milhões. Quem vem de Porto Alegre, pela BR-448, não poderá sair no bairro Rio Branco. A próxima saída prevista será seis quilômetros depois, no bairro Mato Grande. A estimativa é que as obras durem aproximadamente seis meses.

Os trabalhos na Rodovia do Parque iniciaram-se em setembro de 2009. O primeiro prazo para conclusão da Rodovia do Parque era abril de 2012. Foi adiado para dezembro de 2012. Depois para dezembro de 2013.

Após a conclusão dessa obra, as atenções voltam para o prolongamento da Rodovia do Parque até Estância Velha. O consórcio Enecon – Magna ganhou mais nove meses para concluir o estudo de viabilidade, que projeta a ampliação da BR-448. Os trabalhos deveriam ter sido finalizados em agosto, mas foi necessário readequar o levantamento por causa da localização do novo aeroporto regional, que será construído entre Portão e Nova Santa Rita. O novo prazo aponta o mês de março como o de finalização dos trabalhos. Após essa etapa, será necessário realizar uma licitação para contratar a empresa que irá executar o prolongamento.

Confira as imagens da Rodovia do Parque:

Veja fotos da rodovia:

Saiba mais:

- Quase 90% das obras da Rodovia do Parque já receberam últimas camadas de asfalto

- Obras da Rodovia do Parque estão 92% concluídas a um mês da inauguração

- Autorizado deslocamento de rede da CEEE que atrapalhava acesso da Rodovia do Parque

Construtoras ainda trabalham para entregar a Rodovia do Parque em dezembro

Prorrogado prazo para conclusão de estudo de ampliação da Rodovia do Parque até Estância Velha

- Dnit não descarta liberar apenas parte da Rodovia do Parque em dezembro

- Construtoras garantem conclusão da Rodovia do Parque até o dia 19 de dezembro

- Novas imagens mostram o andamento das obras da Rodovia do Parque

- Acesso da BR-448 em Esteio não será entregue em dezembro