Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Canoas"

Contrato para estudos da segunda fase do aeromóvel de Canoas será assinado hoje

19 de dezembro de 2014 6
Como ficará a estação Mathias Velho do Trensurb – Imagem: Divulgação / Prefeitura de Canoas

Como ficará a estação Mathias Velho do Trensurb – Imagem: Divulgação / Prefeitura de Canoas

O contrato para estudos e projeto das linhas dois e três do Aeromóvel de Canoas será assinado nesta sexta-feira (19) entre a Prefeitura do município e a empresa Aeromóvel Brasil. Em outubro, o Governo Federal garantiu o repasse de R$ 9 milhões para o desenvolvimento do trabalho.

O lote dois corresponde ao trecho da estação Mathias Velho do Trensurb até o fim da Rua Rio Grande do Sul no bairro Mathias Velho. Ele tem 4,8 quilômetros. O lote três vai do entroncamento das avenidas Farroupilha e Boqueirão até a Praça do Avião, em um total de três quilômetros.

Os projetos devem ser feitos em seis meses. Depois disso, a licitação para contratar a empresa que vai realizar a obra e administrar o sistema poderá ser lançado. Para isso, a Prefeitura busca mais recursos. Na avaliação do prefeito Jairo Jorge toda obra deve custar R$ 800 milhões.

O prefeito Jairo Jorge também assina o decreto que institui o comitê gestor da obra da Linha 1. A licitação desse trecho, de 5,9 quilômetros, está em fase final de elaboração. Vai contratar a empresa que irá realizar a obra do lote um e a aquisição dos veículos que vão operar nesta linha.

O trecho 1 está localizado entre a avenida 17 de Abril, no bairro Guajuviras, e a estação Mathias Velho do Trensurb. A Prefeitura já garantiu o empréstimo de R$ 272 milhões do Governo Federal. Esse trecho já conta com um ante-projeto. O estudo desse lote foi feito pela Aeromóvel Brasil a um custo aproximado de R$ 1 milhão.

Linha será construída em região com 150 mil habitantes - Arte: Gilson Filho / Prefeitura de Canoas

Linha será construída em região com 150 mil habitantes – Arte: Gilson Filho / Prefeitura de Canoas

O objetivo é que as obras sejam realizadas em um ano e meio e que o lote um já esteja em operação em 2016. Os dois bairros têm, juntos, cerca de 150 mil habitantes.

A cerimônia de assinatura dos contratos dos lotes dois e três será realizada às 11h, na estação do aeromóvel junto ao Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. Na ocasião, a Trensurb também vai comemorar um milhão de passageiros transportados no Aeromóvel entre o Aeroporto Salgado Filho e a estação Aeroporto do trem.

Estudos e Projeto das Linhas 2 e 3 do Aeromóvel de Canoas:

Valor do Contrato: R$ 8.971.161,65
Prazo de Execução: 6 meses
Escopo da Contratação:
- Especificação de Modelo do Sistema
- Projeto Geométrico Básico
- Levantamento Topográfico e Cadastral
- Estudos Geológicos e Laudo Geotécnico de Fundações
- Licenciamento Ambiental do Empreendimento
- Projeto Básico das Estruturas da Via Elevada
- Projeto Básico das Estações
- Projeto Operacional Básico do Sistema Aeromóvel
- Projeto Elétrico Básico
- Projeto Básico do Sistema de Controle Automático
- Plano de Mobilidade Urbana de Canoas
- Modelagem Institucional e Financeira da Construção e Operação
- Orçamento da Implantação
- Cronograma Físico-Financeiro da Implantação

Saiba mais:

- Canoas recebe hoje mais R$ 9 milhões para projeto do Aeromóvel

- Aeromóvel da Trensurb transporta menos da metade dos passageiros previstos

- Governo Federal anuncia R$ 272 milhões para aeromóvel em Canoas

- Definição sobre Aeromóvel de Canoas deve ocorrer em um mês

Divulgadas empresas que vão realizar obras na BR-116 entre Porto Alegre e Novo Hamburgo

21 de novembro de 2014 4
Trecho de Esteio ganhará novos viadutos – Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS (Arquivo)

Trecho de Esteio ganhará novos viadutos – Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS (Arquivo)

Foram divulgados os nomes das empresas que realizarão as obras de melhoria na BR-116, entre Porto Alegre e Novo Hamburgo. O resultado foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (21).

O Consórcio Brasília/Guaíba, Sultepa, BGOP e ATP Engenharia ficará responsável pelo lote um, onde estão previstas as maiores intervenções na rodovia. O serviço será executado por R$ 392,2 milhões (R$392.200.000,00).

O lote dois foi vencido pelo Consórcio Cidade – Geottec, com proposta de preço de R$ 72,95 milhões (R$72.950.000,00). Ele irá construir e reformar 22 passarelas. Os contratos deverão ser assinado no dia primeiro de dezembro. O Palácio do Planalto está avaliando a possibilidade da presidente Dilma Roussef participar da solenidade.

Os vencedores da disputa terão quatro meses para realizar os projetos. Contratualmente, o Dnit terá 60 dias para analisar o trabalho. Depois disso, as empresas terão dois anos e meio para realizar as melhorias.

Para que as obras sejam realizadas, as empresas vencedoras precisarão providenciar revitalização de sete quilômetros das Avenidas Guilherme Schell, em Canoas e Ernesto Neugebauer em Porto Alegre.

Estão previstas construções de ruas laterias; implantação de terceira faixa, inclusive nos viadutos; construção de novos viadutos, passagens de nível e passarelas. O trecho de Esteio deverá receber a maior quantidade de novas obras, principalmente na região do Parque de Exposições Assis Brasil. Canoas terá um cruzamento por baixo da BR-116, próximo do Conjunto Comercial. São Leopoldo ganhará a duplicação da ponte do Rio dos Sinos. Já Novo Hamburgo não foi contemplada com a construção do viaduto do Bairro Roselândia. Também não haverá, nesta licitação, a duplicação da BR-116 até Dois Irmãos.

Obras previstas em cada um dos municípios:

Novo Hamburgo

• Ruas laterais: implantação de trechos inexistentes, regularização em trechos existentes sem condições de receber maior volume de tráfego;
• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os atuais acessos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Pontilhão sobre o Arroio Luis Rau: será necessária sua ampliação nos dois sentidos da rodovia, para permitir a continuidade do tráfego nas ruas laterais;
• Passagem inferior da Rua Pedro Álvares Cabral: obra nova a ser implantada transversalmente ao eixo da BR – 116;
• Alteração no viaduto Ayrton Sena: será implantada uma alça de acesso no viaduto, permitindo ao tráfego originário do Bairro Boa Saúde acessar a rua lateral da BR-116, com destino à RS-239, eliminando o conflito existente sobre o viaduto.;
• Passagem inferior do Bairro Primavera: trata-se de obra nova a ser implantada transversalmente ao eixo da BR – 116.

São Leopoldo

• Ruas laterais: implantação de trechos inexistentes, regularização em trechos existentes sem condições de receber maior volume de tráfego;
• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os acessos antigos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Prolongamento de aproximadamente 17 metros do lado direito da Galeria do Arroio Gauchinho, permitindo a implantação da rua lateral;
• Reforma do Viaduto da Scharlau;
• Construção de um novo viaduto no entroncamento com a RS-240, sobre o Viaduto da Scharlau, permitindo o ingresso direto do tráfego sentido capital-interior,
àquela rodovia estadual, eliminando o cruzamento sob o viaduto existente;
• Ponte sobre a Várzea do Rio dos Sinos: reforma de duas pontes paralelas já existentes. É necessário aumentar a largura das faixas para que sejam implantadas 3 faixas de tráfego, faixas de segurança e passeios, em cada sentido;
• Ponte sobre o Rio dos Sinos: Construção de duas pontes novas.

Sapucaia do Sul

• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os atuais acessos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego.

Esteio

• Ruas laterais: implantação de trechos inexistentes, regularização em trechos existentes sem condições de receber maior volume de tráfego;
• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os atuais acessos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Viaduto na BR-116: construção de viaduto novo junto ao Parque de Exposições Assis Brasil;
• Viaduto em rua lateral: construção de viaduto novo cruzando sobre a Avenida Celina Chaves Kroeff;

Esquema de circulação no local:

• Sentido interior-capital:
® A Av. Independência, no trecho entre a Av. Celina Kroeff e a Rua Arroio Esteio terá mão única nesse sentido;
® Direção Porto Alegre, seguir pela BR-116 passando pelo viaduto existente;
® Para BR-448, tomar a rua lateral e entrar na Av. Celina Kroeff, sob o viaduto da rua lateral;
® Para Canoas via Av. Independência, tomar a rua lateral, cruzar a Av. Celina Kroeff ao lado do viaduto da rua lateral seguindo pela Av. Independência.

• Entrada e saída de Esteio:
® Direção Esteio, o tráfego segue pela rua lateral acessando a alça do viaduto de acesso a Esteio, passando sobre a BR-116;
® Direção BR-448, tomar a faixa à esquerda do viaduto da rua lateral e ingressar na Av. Celina Kroeff;
® Direção Canoas/Porto Alegre, pegar o viaduto da rua lateral desembocando na Av. Independência;
® Direção Esteio vindo da BR-448, seguir pela Av. Independência até o viaduto de retorno a diante.

• Sentido capital-interior:
® Direção Novo Hamburgo, seguir pela BR-116 passando pelo viaduto novo paralelo ao existente;
® Para BR-448, tomar a faixa da esquerda, na primeira saída, cruzar sob os viadutos da BR-116 e entrar na Av. Celina Kroeff;
® Para Canoas via Av. Independência, tomar a faixa da esquerda, na primeira saída, cruzar sob os viadutos da BR-116 fazendo retorno na rotatória existente e seguindo pela Av. Independência;
® Para destino a Esteio, tomar a faixa da esquerda, na segunda saída, cruzar sob os viadutos da BR-116 e pegar o viaduto em direção a Esteio.

• Viaduto de retorno ao Parque de Exposições Assis Brasil: construção de viaduto novo, Esta obra possibilitará o retorno do tráfego da Av. Independência, que terá sentido único, bem como possibilitará o fluxo da Avenida Guilherme Schell, procedente de Canoas, com destino norte, acesse a rua lateral a ser implantada no lado esquerdo da rodovia.

Esquema de circulação no local:

® O tráfego com destino a Porto Alegre seguirá pela Av. Independência, tomando o acesso à BR-116;
® O tráfego com destino a Canoas segue direto pela Av. Independência;
® O tráfego com destino a Novo Hamburgo acessa a alça do viaduto novo, cruzando sobre a BR-116 e seguindo pela rua lateral até à próxima saída;
® O tráfego procedente de Canoas com destino a Novo Hamburgo, acessa a alça do viaduto novo, cruzando sobre a BR-116 e seguindo pela rua lateral até a próxima saída.

• Ponte sobre o Arroio Sapucaia: alargamento das duas pontes paralelas existentes, sobre o arroio Sapucaia.

Canoas

• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os acessos antigos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Construção de novo viaduto sobre a linha férrea da Trensurb e substituição dos viadutos existentes, os quais apresentam sérios problemas estruturais, permitindo a implantação da 3ª faixa de rolamento, em cada sentido;
• Alargamento do Viaduto de acesso à REFAP, para o lado direito, permitindo a implantação da 3ª faixa de rolamento, nos dois sentido da rodovia;
• Viaduto Boqueirão: trata-se da reforma do viaduto já existente sobre a Rua Boqueirão de modo a permitir a implantação de 3ª faixa de tráfego, nos dois sentidos;
• Rua Domingos Martins: Ligação da Rua Domingos Martins com a Rua Pinto Bandeira, através da implantação de uma Passagem Inferior;
• Viaduto da Praça do Avião: trata-se da reforma do viaduto já existente sobre a Avenida Inconfidência para permitir a implantação de 3ª faixa de tráfego;

Porto Alegre

• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Passagem inferior para pedestres sobre a BR-290;
• Passagem inferior de acesso a Avenida Ernesto Neugebauer: vai propiciar ao tráfego procedente do litoral norte o acesso à Av. Ernesto Neugebauer, sem necessidade de trafegar na BR-116 até o Viaduto do bairro Rio Branco em Canoas. Esse tráfego tomará o segundo retorno existente na BR-290, passando sob o viaduto existente e pela passagem inferior a ser construída sobre o primeiro retorno e acessando a Rua Ernesto Neugebauer;
• Passagem inferior de acesso à Fronteira Oeste: obra nova a ser implantada em ramo novo da BR-116, o qual cruzará transversalmente o ramo de acesso ao norte do Estado da BR-290, separando os fluxos de tráfego no local e eliminando os conflitos existentes;
• Implantação de Rótula na interseção da Av. Ernesto Neugebauer com os ramos de acesso da BR-290.

Revitalização das Avenidas Guilherme Schell e Ernesto Neugebauer:

• Serão revitalizadas as avenidas Guilherme Schell e Ernesto Neugebauer, com a restauração do pavimento existente e implantação de sinalização horizontal e vertical;
• Na avenida Guilherme Schell deverá ser implantado divisor físico em concreto, separando os sentidos de tráfego, com implantação de duas faixas por sentido e restauração do pavimento existente;
• Na Avenida Ernesto Neugebauer deverá ser substituído o pavimento existente;
• Em ambas as avenidas deverá ser adequada ou implantada a rede de drenagem pluvial.

Passarelas:

Novo Hamburgo
• Rua José Quadros – Km 233
• A 230m ao Norte do viaduto Airton Senna / Rua Porto Lucena – km 235
• A 80m ao Sul da Av. Cel. Frederico Linck – km 236,3
• Rua Guaicurus / Colégio Liberato – km 236,8
• Rua Jornal NH – km 237

São Leopoldo
• Rua Limoeiro – km 239
• Rua São Leopoldo – km 240
• Rua DNER / UL São Leopoldo / Scharlau – km 240,4
• Posto Polícia Rodoviária Federal – km 241
• Rua São Simão / Rua Maceió – km 241,9
• Rua Demétrio Ribeiro / Rua Jacob Blauth Netto – km 242
• Rua Cristo Rei / Loja Leroy Merlin – km 246
• Rua Pe. Luiz Gonzaga Jaeger – Bairro São João Batista – km 248
• Seminário Concórdia – km 248,3
• Reforma Passarela da Av. Caxias do Sul – km 242,85

Sapucaia do Sul
• Av. Industrial / Mercado Atacadão – km 249

Esteio
• Rua Cristovão Colombo / Indústria Solae – km 253
• Frente a Votoran – km 253,5
• Passarela Estação Esteio Trensurb – km 254

Canoas
• Rua Major Sezefredo / Concessionária Sbardecar – km 261,6
• Rua Regente Feijó / Mercado Bourbon – km 261,8

Porto Alegre
• Reforma Passarela Estação Aeroporto Trensurb – km 270,3

Saiba mais:

- Propostas para obras de melhorias na BR-116 serão recebidas em outubro

- Adiada publicação de licitação sobre melhorias no trecho metropolitano da BR-116

- Melhorias no trecho metropolitano da BR-116 vão sair do papel

- Presidente Dilma anuncia melhorias na BR 116 e extensão da Rodovia do Parque e da BR 392

- BR-116 receberá melhorias entre Porto Alegre e Novo Hamburgo

Rodovia do Parque será parcialmente bloqueada para reparo no fim de semana

31 de outubro de 2014 51
Buraco próximo a Porto  Alegre surgiu nos últimos dias - Foto: Emanuel Soares / Rádio Gaúcha

Buraco próximo a Porto Alegre surgiu nos últimos dias – Foto: Emanuel Soares / Rádio Gaúcha

A Rodovia do Parque ficará parcialmente bloqueada neste fim de semana, entre os quilômetros 18 e 21 no sentido interior-capital, em Canoas. A interrupção ocorrerá das 7h30 deste sábado (01) até as 6h de segunda-feira (04).

Neste período, a construtora Queiroz Galvão, responsável pela construção do lote 03 da BR-448, fará uma manutenção preventiva em fissuras que surgiram próximas às juntas de dilatação da ponte estaiada e parte da elevada.

Os serviços serão realizados inicialmente em duas das três faixas. O local estará devidamente sinalizado com placas, cones e dispositivos noturnos. A ação contará com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Mais fotos:

Saiba mais:

- Desnível na Rodovia do Parque vai permanecer por mais dois anos

- Dnit notifica construtora para diminuir desnível no asfalto em trecho da BR-448

Dnit fecha retorno na BR-386 em Canoas

23 de outubro de 2014 3
Retorno em Canoas foi fechado - Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal

Retorno em Canoas foi fechado – Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), fechou o retorno do quilômetro 443, em Canoas. A colocação de defensas metálicas no local atendeu pedidos da Polícia Rodoviária Federal, que reclamava que a conversão de veículos causava diversos acidentes, inclusive com mortes.

A partir de agora, os motoristas, que antes usavam esse local para trocar de pista, precisam usar a Rodovia do Parque.

Saiba mais:

- Ibama autoriza e duplicação na BR-386 começa na segunda-feira

- Viaduto de Tabaí, na BR-386, será liberado ao tráfego na segunda-feira

- Conclusão de mais um trecho duplicado da BR-386 atrasa em mais três meses

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

- Conclusão de estudo para duplicação da BR-386 até o Noroeste gaúcho é adiada

Canoas recebe hoje mais R$ 9 milhões para projeto do Aeromóvel

01 de outubro de 2014 13
Como ficará a estação Mathias Velho do Trensurb - Imagem: Divulgação / Prefeitura de Canoas

Como ficará a estação Mathias Velho do Trensurb – Imagem: Divulgação / Prefeitura de Canoas

O projeto do Aeromóvel de Canoas vai receber mais R$ 9 milhões nesta quarta-feira (01). O dinheiro será usado para fazer o anteprojeto dos lotes dois e três e para a elaboração do estudo de viabilidade e econômica do transporte.

O lote dois corresponde ao trecho da estação Mathias Velho do Trensurb até o fim da Rua Rio Grande do Sul no bairro Mathias Velho. Ele tem 4,8 quilômetros. O lote três vai do entroncamento das avenidas Farroupilha e Boqueirão até a Praça do Avião, em um total de três quilômetros.

Os projetos devem ser feitos em até quatro meses. Depois disso, a licitação para contratar a empresa que vai realizar a obra e administrar o sistema poderá ser lançado. Para isso, a Prefeitura busca mais recursos. Na avaliação do prefeito Jairo Jorge toda obra deve custar R$ 800 milhões.

O projeto do Aeromóvel de Canoas:

Verba da União contempla traçado amarelo do aeromóvel de Canoas - Arte: Gilson Filho

Linha será construída em região com 150 mil habitantes - Arte: Gilson Filho / Prefeitura de Canoas

A Prefeitura já garantiu o empréstimo de R$ 272 milhões do Governo Federal. Esse dinheiro será usado na construção de 5,9 quilômetros de linha no lote um, entre a avenida 17 de Abril, no bairro Guajuviras, e a estação Mathias Velho do Trensurb. Esse trecho já conta com um ante-projeto. O estudo desse lote foi feito pela Aeromóvel Brasil a um custo aproximado de R$ 1 milhão.

A expectativa é que em até 60 dias o edital para contratar a empresa que irá realizar a obra do lote um seja publicado. Com esses recursos serão adquiridos também os veículos que vão operar nesta linha.

O objetivo é que as obras sejam realizadas em um ano e meio e que o lote um já esteja em operação em 2016. Os dois bairros têm, juntos, cerca de 150 mil habitantes.

Rebaixamento do Trensurb em Canoas:

No encontro desta quarta-feira, que contará com a presença do Ministro das Cidades, Gilberto Occhi, o prefeito também irá apresentar o projeto de rebaixamento do trem, no centro. A prefeitura aguarda o lançamento a terceira edição do Programa de Aceleração do Crescimento para apresentar o projeto.

A estimativa é que o rebaixamento de aproximadamente dois quilômetros do trem, na região da avenida Victor Barreto, custe R$ 400 milhões. Essa obra permitiria integrar o centro da cidade, que é separado pela linha do trem. A empresa Bourscheid foi contratada em 2012, por R$ 6 milhões, para fazer o projeto executivo. O recurso veio do Governo Federal.

Saiba mais:

- Governo Federal anuncia R$ 272 milhões para aeromóvel em Canoas

- Definição sobre Aeromóvel de Canoas deve ocorrer em um mês

 

Dnit notifica construtora para diminuir desnível no asfalto em trecho da BR-448

25 de setembro de 2014 1

Os usuários da Rodovia do Parque estão reclamando do desnível do asfalto na região do viaduto da BR-386, localizado no quilômetro 11, em Canoas. O temor é que essa diferença no pavimento possa causar acidentes e danos aos veículos.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informa que já notificou a empresa responsável pela obra no trecho para que tome providências. Ainda não há data para a realização do reparo, mas a expectativa é que ocorra nas próximas semanas. A responsabilidade é do consórcio de empresas Construcap – Ferreira Guedes.

A origem dessa diferença entre o viaduto e o pavimento da rodovia pode estar relacionado com um problema na execução da obra. A elevada foi construída com uma altura menor do que a previsto no projeto. O problema foi detectado e consertado antes mesmo da inauguração da rodovia.

Saiba mais:

- Extensão da Rodovia do Parque até Portão será licitada no final de outubro

- Primeiras famílias começam a invadir margens da Rodovia do Parque em Esteio

Iluminação será religada hoje em seis quilômetros da Rodovia do Parque em Esteio

21 de agosto de 2014 3
Luz voltará em trecho de seis quilômetros - Foto: Camila Sorgetz / Prefeitura de Esteio (Arquivo)

Luz voltará em trecho de seis quilômetros – Foto: Camila Sorgetz / Prefeitura de Esteio (Arquivo)

A AES Sul vai religar a iluminação no trecho de Esteio da Rodovia do Parque nesta quinta-feira (21). À noite, a região de seis quilômetros já contará com luz em 384 postes. A companhia elétrica recebeu a documentação da prefeitura nessa quarta-feira (20).

O secretário Municipal de Obras Viárias e Serviços Urbanos de Esteio, José Luiz da Silva, aguarda levantamento que irá revelar quanto a prefeitura vai gastar. De qualquer forma, o prefeito Gilmar Rinaldi já avisou que a conta será paga.

A iluminação está desligada desde quando as empresas que realizaram a construção da rodovia anunciaram que não iriam mais pagar a conta. Desde então, a AES aguardava que a prefeitura de Esteio se responsabilizasse pelo pagamento.

No começo do mês de agosto, o prefeito havia informado, em entrevista à Rádio Gaúcha, que a luz só voltaria nos postes depois que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) fizesse o reparo da iluminação. Porém, na última sexta-feira (15), técnicos da prefeitura fizeram vistoria e identificaram que a instalação estava correta. Gilmar Rinaldi também havia negado ter sido comunicado pela autarquia de que a instalação estava concluída. Mas o Dnit confirmou que a prefeitura foi notificada em 13 de maio de que poderia ligar a iluminação.

Com a medida, os únicos pontos que permanecerão sem luz na BR-448, a partir de hoje, serão a ponte do Rio Gravataí e o viaduto da Freeway, em Porto Alegre. Os cabos de energia foram furtados duas vezes. A prefeitura anunciou que só assumirá a conservação depois que o Dnit entregar o trecho energizado. Não há prazo de quando a autarquia vai contratar a empresa que realizará o serviço.

Saiba mais:

- Vistoria deve garantir volta da iluminação no trecho de Esteio da Rodovia do Parque

- Iluminação da BR-448, em Esteio, ainda não foi ligada porque a prefeitura não autorizou

- Concluída pavimentação de acesso da Rodovia do Parque até o Parque de Exposições de Esteio

- Primeiras famílias começam a invadir margens da Rodovia do Parque em Esteio

Trensurb começa hoje a reformar o elevador da estação Mathias Velho em Canoas

07 de agosto de 2014 2
Nove elevadores da Trensurb estão sendo reformados - Foto: Luiz Soares / Trensurb

Nove elevadores estão sendo reformados – Foto: Luiz Soares / Trensurb

O elevador da estação Mathias Velho do Trensurb vai ficar inativo pelos próximos 40 dias. Neste período, a empresa Nalc Comércio e Indústria Ltda. realizará a reforma do equipamento.

Este é um dos nove elevadores que estão passando por melhorias. Na estação São Pedro o processo de modernização já foi concluído. Ainda receberão reparos os equipamentos das estações Canoas, Unisinos, São Leopoldo (dois) e no pátio da empresa (três).

Segundo a Trensurb, as melhorias vão propiciar mais suavidade de partidas e paradas, reduzirá o consumo de energia elétrica e trará ganho de confiabilidade e acessibilidade.

O contrato foi assinado com a empresa, em fevereiro deste ano, ao custo de R$ 1 milhão (R$ 1.003.999,95) e prevê, além da atualização desses equipamentos, serviços de manutenção preventiva e corretiva em 25 elevadores de 11 estações, de São Pedro a Novo Hamburgo, e no pátio da Trensurb. A contratação tem vigência de um ano. Neste período, a modernização dos nove equipamentos deve ser concluída.

Não estão incluídas as plataformas elevatórias da Estação Mercado, que já têm contrato de manutenção. Os futuros elevadores das estações Farrapos, Rodoviária e Esteio ainda não estão contemplados nesse contrato.

Saiba mais:

- Trensurb lança licitação para manutenção das escadas rolantes das estações

Prefeitura de Canoas termina reparo na iluminação da Rodovia do Parque

06 de agosto de 2014 11
Trecho de Canoas já tem 8 quilômetros iluminado - Foto: Divulgação / Prefeitura de Canoas

Trecho de Canoas já tem 8 quilômetros iluminado – Foto: Divulgação / Prefeitura de Canoas

Foi concluído nessa terça-feira (05) o trabalho de recuperação da iluminação na Rodovia do Parque no trecho de Canoas. Os usuários que passarem entre os quilômetros 7 e 21 da rodovia, 70% do total da BR-448, vão encontrar a rodovia iluminada.

A previsão inicial era recuperar até o dia 15 de agosto, mas o ritmo acelerado dos trabalhos garantiu a redução do prazo. Foram investidos R$ 300 mil na recuperação da rede. O custo mensal para manutenção será de aproximadamente R$ 25 mil. Anteriormente, a prefeitura havia informado que o custo mensal seria de R$ 600 mil. Na verdade, esse valor se referia aos R$300 mil de reparo mais os R$ 300 mil de gasto anual com a manutenção.

Desde o fim do mês de junho, a empresa Mercúrio realizou o conserto da iluminação pública da BR-448. Os cabos de energia foram furtados dias após a inauguração da rodovia, em dezembro do ano passado.

As Prefeituras de Canoas e de Sapucaia do Sul decidiu não mais esperar pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). A autarquia federal chegou a prometer que recuperaria a luz nos postes antes de repassar a responsabilidade às prefeituras. Porém, o anúncio de que a concorrência será publicado já vem desde abril e até agora a disputa pública ainda não ocorreu. Já as prefeitura de Porto Alegre e Esteio informaram que vão aguardar a licitação do Dnit.

Saiba mais:

- Iluminação na Rodovia do Parque começa ser religada hoje em Canoas

- Iluminação da Rodovia do Parque será recuperada em até 50 dias no trecho de Canoas

- Novo acesso da Rodovia do Parque será liberado nesta quinta-feira em Canoas

- Acesso da Rodovia do Parque ao Parque de Exposições de Esteio será liberado em agosto

- Alça de acesso da BR-448 ao bairro Humaitá vai permanecer fechada por tempo indeterminado

Rodovia do Parque já tem oito quilômetros de iluminação pública religada em Canoas

16 de julho de 2014 2
Trecho de Canoas já tem 8 quilômetros iluminado - Foto: Divulgação / Prefeitura de Canoas

Trecho de Canoas já tem 8 quilômetros iluminado – Foto: Divulgação / Prefeitura de Canoas

Dos 15 quilômetros da Rodovia do Parque, em Canoas, oito já voltaram a ter iluminação pública nos postes instalados. O trecho iluminado fica entre o quilômetro sete, no limite com o município de Esteio, e o quilômetro 15, próximo da BR-386. A previsão da Prefeitura é que todos os 15 quilômetros estejam com iluminação pública religada até o dia 15 de agosto. O trecho de Canoas representa 70% de toda a Rodovia do Parque.

Desde o fim do mês passado, a empresa Mercúrio trabalha no conserto da iluminação pública da BR-448. Os cabos de energia foram furtados dias após a inauguração da rodovia, em dezembro do ano passado. Estão sendo investidos R$ 300 mil na recuperação da rede. O custo mensal para manutenção da iluminação será de aproximadamente R$ 600 mil.

A Prefeitura de Canoas decidiu não mais esperar pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). A autarquia federal chegou a prometer que recuperaria a luz nos postes antes de repassar a responsabilidade às prefeituras. Porém, o anúncio de que a concorrência será publicado já vem desde abril e até agora a disputa pública ainda não ocorreu.

Saiba mais:

- Iluminação na Rodovia do Parque começa ser religada hoje em Canoas

- Iluminação da Rodovia do Parque será recuperada em até 50 dias no trecho de Canoas

- Novo acesso da Rodovia do Parque será liberado nesta quinta-feira em Canoas

- Acesso da Rodovia do Parque ao Parque de Exposições de Esteio será liberado em agosto

- Alça de acesso da BR-448 ao bairro Humaitá vai permanecer fechada por tempo indeterminado