Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Rodovia do Parque"

Iluminação na Rodovia do Parque só será religada após licitação

11 de abril de 2014 8
12 quilômetros da rodovia estão sem luz - Foto: Matheus Schuch  / Rádio Gaúcha

12 quilômetros da rodovia estão sem luz – Foto: Matheus Schuch / Rádio Gaúcha

* Com colaboração de Mateus Ferraz

Dos 22,34 quilômetros da Rodovia do Parque, entre Porto Alegre e Sapucaia do Sul, 12 deles estão às escuras e assim vão ficar por mais um bom tempo. De acordo com levantamento realizado à noite passada, dia 10, pela Polícia Rodoviária Federal, a pedido da Rádio Gaúcha, Canoas tem o trecho mais mal iluminado. Além disso, o apagão atinge a ponte estaiada, no limite canoense com a capital gaúcha e o viaduto da Freeway. Esse último ponto, que conta com uma curva acentuada, registrou as três mortes na rodovia desde a sua inauguração. Num dos casos, à noite, um homem foi atropelado ao descer do veículo em pane e lançado de uma altura de 15 metros.

Antes de liberar o tráfego na BR-448, em dezembro do ano passado, as construtoras contrataram a empresa Mercúrio. Ela fez a instalação da iluminação da rodovia. Logo nos primeiros dias de funcionamento ocorreram os primeiros furtos de cabos que começaram a deixar a região mal iluminada. Em alguns casos, foram realizadas mais duas reinstalações, bancadas pelas construtoras, seguidos de novos furtos.

As empresas responsáveis pela construção da Rodovia do Parque já concluíram seus trabalhos. Apenas o lote um, entre a RS-118, em Sapucaia do Sul, e a BR-386, em Canoas, é que ainda recebe alguns serviços. Por isso, a instalação de novos cabos de energia não será mais bancada por elas.

Dessa forma, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) se viu obrigado a realizar uma licitação para fazer com que a BR-448 volte a ficar totalmente iluminada. A empresa Mercúrio está desenvolvendo um projeto que servirá de base da concorrência que será publicada pelo Dnit para contratar a reinstalação de energia. A expectativa da autarquia é de que este projeto seja entregue na próxima semana. Até que se escolha quem será o vencedor dessa licitação, os motoristas que transitam pela rodovia à noite ainda vão enfrentar muita escuridão na região. Ainda não há previsão de custo nem de quando a intervenção ficará pronta.

Após essa nova instalação, a manutenção da iluminação da Rodovia do Parque será entregue às respectivas prefeituras. A de Canoas já se prontificou a receber a conservação, mas só pode começar a trabalhar no local depois que o Dnit conclua essa recolocação de cabos.

Saiba onde estão os 12 quilômetros sem iluminação:
Do km 0 ao 1, em Sapucaia do Sul
Do km 3,6 ao 4, entre Esteio e Canoas
Do km 8 ao 9, em Canoas
Do km 10 ao 15, em Canoas
Do km 16 ao 20, em Canoas
Do km 21,5 ao 22, em Porto Alegre

Saiba mais:

Furto de cabos já deixa mais da metade da Rodovia do Parque sem luz

- Sinalização será ampliada em trecho perigoso da BR-448

Licitação para prolongamento da Rodovia do Parque até Portão deve ser lançada até julho

09 de abril de 2014 3
Em outubro de 2011, o então ministro Paulo Passos sobrevoou o possível futuro traçado – Foto: Claudio Fachel / Palácio Piratini (Arquivo)

Em outubro de 2011, o então ministro Paulo Passos sobrevoou o possível futuro traçado – Foto: Claudio Fachel / Palácio Piratini (Arquivo)

Foi concluída a primeira parte do estudo de prolongamento da Rodovia do Parque. O ante-projeto entregue pelo consórcio de empresas Enecon – Magna ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) prevê a ampliação da BR-448 por mais 15 quilômetros até a RS-240, em Portão. A licitação para contratar a empresa que irá realizar a conclusão do projeto e a construção da rodovia deve ser lançada até julho.

Porém, se o Dnit tiver que obter a licença prévia da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), o lançamento da concorrência, por meio do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), deverá ser prorrogado.

As empresas Enecon e Magna continuam trabalhando no projeto. A ideia é que uma outra licitação seja lançada para levar a Rodovia do Parque por mais 8 quilômetros até o município de Estância Velha. Falta ainda a definição do traçado. Porém, ainda não há previsão de quando o edital será publicado. Também está sendo avaliada a necessidade de realização de um estudo e um relatório de impacto ambiental.

O Dnit ainda avalia levar a BR-448 até Dois Irmãos, o que significaria uma ampliação de mais 12 quilômetros, mas os estudos começaram a ser desenvolvidos há pouco.

O projeto de ampliação da Rodovia do Parque deveria ter sido finalizado em agosto do ano passado, mas foi necessário readequar o levantamento por causa da localização do novo aeroporto regional, que será construído entre Portão e Nova Santa Rita. Na época, as empresas ganharam mais nove meses para concluir o estudo de viabilidade. O contrato de R$ 701 mil foi assinado em novembro de 2012.

Foram avaliados tráfego, capacidade da rodovia, entre outros estudos de engenharia, sócio-econômicos e ambientais necessários. O contrato também contempla uma análise do sistema ferroviário e/ou hidroviário, para que sejam avaliadas implicações dessas necessidades no transporte da Região Metropolitana. Em outubro de 2011, o então ministro das Cidades, Paulo Passos, sobrevoou a área e identificou a possibilidade de extensão do traçado da rodovia.

Saiba mais:

- Prorrogado prazo para conclusão de estudo de ampliação da Rodovia do Parque até Estância Velha

- Assinado contrato para estudo do prolongamento da BR-448 até Estância Velha

Dnit garante que transferência de famílias e licenças ambientais não vão atrasar nova ponte do Guaíba

28 de março de 2014 5
Nova ponte deve ficar pronta em 2017 – Imagem: Divulgação / Dnit

Nova ponte deve ficar pronta em 2017 – Imagem: Divulgação / Dnit

O Diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Jorge Fraxe, garantiu que as obras de construção da nova ponte do Guaíba não vão atrasar por dificuldades na transferência de famílias ou na obtenção de licenças ambientais. A entrevista foi concedida nesta sexta-feira, dia 28, ao programa Gaúcha Atualidade.

- Com a liberação da licença prévia, a Secretaria do Meio Ambiente já demonstrou que existe viabilidade ambiental para execução do empreendimento – comemorou o general.

A licença de instalação, que autoriza o começo das obras, já está em curso e vai definir o que precisará ser feito para mitigar o reduzir o impacto ambiental.

O diretor informou que a primeira providência que será tomada, quando o contrato for assinado na segunda-feira, dia 31, será a negociação para a retirada de 850 famílias que moram no traçado da nova ponte.

O general Jorge Fraxe também falou sobre a dificuldade na conclusão de um trecho de dois quilômetros da duplicação na BR-386, em Estrela. A Funai não permite o começo da obra no local até que as novas casas dos índios fiquem prontas. Porém, o diretor acredita que, em breve, a duplicação possa começar no local.

Sobre a Rodovia do Parque, o general prometeu que as alças de acesso de Esteio e do bairro Mato Grande, em Canoas, estarão liberadas em um prazo de 60 dias. Porém, o Dnit nem começou a licitação para contratar as empresas que vão executar as obras.

Ouça a entrevista do diretor geral do Dnit:

Saiba mais: 

- Dilma anuncia vila provisória para que construção da nova ponte do Guaíba não atrase

- Rodovia do Parque terá novo acesso provisório liberado até maio em Canoas

Liberado novo trecho duplicado da BR-386

Rodovia do Parque terá novo acesso provisório liberado até maio em Canoas

19 de março de 2014 1
Rodovia foi inaugurada há três meses e alça ainda não foi liberada - Foto: Mateus Ferraz / Rádio Gaúcha (Arquivo)

Rodovia foi inaugurada há três meses e alça ainda não foi liberada – Foto: Mateus Ferraz / Rádio Gaúcha (Arquivo)

Enquanto não houver uma definição sobre quem executará a pavimentação de 200 metros da Estrada das Canoas, no acesso da Rodovia do Parque ao bairro Mato Grande, a Prefeitura irá pavimentar duas ruas, que vão garantir a liberação do segundo acesso da cidade à BR-448.

A prefeitura vai asfaltar aproximadamente um quilômetro das ruas Elizabeth Finkler e Dona Maria Isabel. De acordo com o prefeito Jairo Jorge, os trabalhos devem começar em 15 dias e serem concluídos até o começo de maio.

Para que o acesso principal à Rodovia do Parque seja concluído, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) precisa definir se realizará uma licitação ou se repassará uma verba para que a prefeitura de Canoas pavimente os 200 metros da Estradas das Canoas. A obra está orçada em R$ 1,8 milhão. O serviço deve ser realizado entre 60 e 90 dias. A área já foi desapropriada. Falta ainda retirar duas famílias que serão transferidas nos próximos dias.

Sobre a descida da BR-448 ao bairro Rio Branco, no sentido Capital – Interior, o projeto já foi aprovado. Falta realizar uma nova licitação. A alça será construída aproximadamente um quilômetro depois da Vila de Passagem, já que o primeiro local imaginado, logo após a Ponte Estaiada, necessitaria de um investimento de R$ 8 milhões só para trocar o local de uma adutora da Corsan.

Já o outro acesso da Rodovia do Parque, que segue fechado em Esteio, a previsão é de que os trabalhos da Prefeitura e da construtora responsável pela obra sejam concluídos no primeiro semestre.

Saiba mais: 

- Alça de acesso da BR-448 ao bairro Humaitá vai permanecer fechada por tempo indeterminado

- Acesso da BR-448 em Esteio não será entregue em dezembro

Liberação definitiva da quarta faixa da Freeway deve ocorrer em até duas semanas

13 de março de 2014 0
Liberação durou 50 minutos - Foto: Diogo Zanatta / Agência RBS

Primeira liberação durou 50 minutos – Foto: Diogo Zanatta / Agência RBS

Os trabalhos de construção de mais uma faixa de tráfego em cada sentido da Freeway, em Porto Alegre, devem durar até duas semanas. A nova expectativa dos técnicos da engenharia da Concepa é que a obra seja totalmente concluída na semana do dia 24 de março.

Nessa quarta-feira, o trânsito no no sentido Capital – Litoral, entre a ponte do Guaíba e a Rodovia do Parque, foi liberado em dois momentos: Das 8h20 às 9h10 e depois das 18h50. O tráfego na quarta faixa deve ocorrer até às 9h desta quinta-feira, dia 13, quando um novo bloqueio está previsto.

O trecho está sendo bloqueado para que as equipes da Concepa possam concluir a instalação da iluminação e a construção de uma mureta que vai dividir as pistas. A obra da lado oposto, Litoral – Capital, deve ser liberada também somente na mesma semana.

As obras começaram na segunda quinzena de outubro. Ao todo, a quarta faixa terá 2,6 quilômetros, em ambos sentidos, entre a Rodovia do Parque e a avenida Castelo Branco. A previsão inicial é que os trabalhos seriam concluídos até fevereiro.

Saiba mais:

- Trecho da quarta faixa da Freeway volta a ficar bloqueado em Porto Alegre

- Primeira parte das obras da quarta faixa da Freeway é liberada

- Obras da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, atrasam e devem ser entregues após o Carnaval

- Conclusão das obras da quarta faixa deve causar congestionamentos na Freeway

- Quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, será liberada em uma semana

- Começa hoje instalação de barreiras de concreto na Freeway em Porto Alegre

- Obras da 4ª faixa da Freeway, em Porto Alegre, já estão 85% concluídas

- Construção da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, já está 30% concluída

- Começam as obras de construção da quarta faixa da Freeway

- ANTT aprova construção de quarta faixa na Freeway entre a avenida Castelo Branco e a BR-448

- Concepa propõe construção de quarta faixa na Freeway entre Porto Alegre e Gravataí

Primeira parte das obras da quarta faixa da Freeway será entregue amanhã

11 de março de 2014 1
Obras começaram em outubro – Foto: Divulgação / Concepa (Arquivo)

Obras começaram em outubro – Foto: Divulgação / Concepa (Arquivo)

O trânsito na quarta faixa da Freeway será liberado no final da madrugada desta quarta-feira, em Porto Alegre, no sentido Capital – Litoral, após a Ponte do Guaíba até a Rodovia do Parque. Porém, das 9h às 16h, o trecho voltará a ficar bloqueado. Neste período, será finalizada a construção da barra de concreto e da iluminação. À tardinha, o trânsito voltará a ser liberado.

A obra da lado oposto, Litoral – Capital, deve ser liberada na próxima segunda-feira.

As obras começaram na segunda quinzena de outubro. Ao todo, a quarta faixa terá 2,6 quilômetros, em ambos sentidos, entre a Rodovia do Parque e a avenida Castelo Branco. A previsão inicial é que os trabalhos seriam concluídos até fevereiro.

A obra não terá gastos extras. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) acatou solicitação da Concepa, que não vai mais precisar alargar o acostamento da ponte do Rio Jacuí, na BR-290. Com a construção da nova ponte do Guaíba, essa ponte ficará subutilizada.

A concessionária ainda aguarda a aprovação do projeto para construção do novo viaduto que irá ligar a Freeway com a rua João Moreira Maciel. A obra vai permitir acabar com um cruzamento atual. A expectativa é que o viaduto seja construído em até seis meses. Com a inauguração da Rodovia do Parque, o tempo de congestionamento na Freeway vai quase que dobrar, porque os veículos vão chegar de forma mais rápida em Porto Alegre.

Saiba mais:

- Obras da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, atrasam e devem ser entregues após o Carnaval

- Conclusão das obras da quarta faixa deve causar congestionamentos na Freeway

- Quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, será liberada em uma semana

- Começa hoje instalação de barreiras de concreto na Freeway em Porto Alegre

- Obras da 4ª faixa da Freeway, em Porto Alegre, já estão 85% concluídas

- Construção da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, já está 30% concluída

- Começam as obras de construção da quarta faixa da Freeway

- ANTT aprova construção de quarta faixa na Freeway entre a avenida Castelo Branco e a BR-448

- Concepa propõe construção de quarta faixa na Freeway entre Porto Alegre e Gravataí

Obras da quarta faixa vão ocasionar bloqueios na Freeway nesta segunda-feira

03 de março de 2014 0
Obras começaram em outubro – Foto: Divulgação / Concepa (Arquivo)

Obras começaram em outubro – Foto: Divulgação / Concepa (Arquivo)

Duas faixas da Freeway ficarão bloqueadas nesta segunda-feira, dia 03, para a continuidade das obras da quarta faixa da rodovia. O bloqueio ocorrer no sentido Porto Alegre-Litoral desde as 8h, entre a avenida Castelo Branco e a BR-448. As obras devem seguir até o fim da tarde. O procedimento é necessário para o nivelamento asfáltico entre a nova e a atual faixa de tráfego.

A Concepa estima que a medida não irá trazer congestionamento na região já que a movimentação na rodovia esperada para esta segunda-feira é pequena. Caso chova, o procedimento será suspenso.

Na terça-feira não haverá bloqueios em nenhum dos sentidos, em função da movimentação de retorno do litoral. Já na quarta-feira há bloqueios previstos apenas no sentido Porto Alegre-Litoral.

Saiba mais:

- Obras da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, atrasam e devem ser entregues após o Carnaval

- Conclusão das obras da quarta faixa deve causar congestionamentos na Freeway

- Quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, será liberada em uma semana

- Começa hoje instalação de barreiras de concreto na Freeway em Porto Alegre

- Obras da 4ª faixa da Freeway, em Porto Alegre, já estão 85% concluídas

- Construção da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, já está 30% concluída

- Começam as obras de construção da quarta faixa da Freeway

- ANTT aprova construção de quarta faixa na Freeway entre a avenida Castelo Branco e a BR-448

- Concepa propõe construção de quarta faixa na Freeway entre Porto Alegre e Gravataí

Obras da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, atrasam e devem ser entregues após o Carnaval

27 de fevereiro de 2014 8
Obras começaram em outubro – Foto: Divulgação / Concepa (Arquivo)

Obras começaram em outubro – Foto: Divulgação / Concepa (Arquivo)

O tempo não ajudou e a conclusão das obras da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, deve ocorrer somente após o Carnaval. A chuva de ontem e de hoje atrapalhou o cronograma da Concepa.

Para a realização dos últimos serviços, uma das faixas de tráfego no sentido Litoral-Capital, entre a BR-448 e a avenida Castelo Branco, vinha sendo bloqueada em determinados horários.

A nova data de entrega da quarta faixa depende de condições climáticas favoráveis. Quando a obra for retomada, o bloqueio ocorrerá novamente.

Saiba mais:

- Conclusão das obras da quarta faixa deve causar congestionamentos na Freeway

- Quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, será liberada em uma semana

- Começa hoje instalação de barreiras de concreto na Freeway em Porto Alegre

Obras da 4ª faixa da Freeway, em Porto Alegre, já estão 85% concluídas

- Construção da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, já está 30% concluída

- Começam as obras de construção da quarta faixa da Freeway

- ANTT aprova construção de quarta faixa na Freeway entre a avenida Castelo Branco e a BR-448

- Concepa propõe construção de quarta faixa na Freeway entre Porto Alegre e Gravataí

Conclusão das obras da quarta faixa deve causar congestionamentos na Freeway

25 de fevereiro de 2014 3
Obras começaram em outubro – Foto: Divulgação / Concepa

Obras começaram em outubro – Foto: Divulgação / Concepa

As obras da quarta faixa da Freeway vão ocasionar o bloqueio de uma das faixas de tráfego da rodovia, no sentido Litoral-Porto Alegre. A interrupção é necessária para a realização do nivelamento asfáltico entre a nova e a atual faixa de tráfego. O bloqueio deve ocorrer da BR-448 até a Avenida Castelo Branco, entre 8h e 16h, a partir desta terça-feira, dia 25, até o fim da semana.

A Concepa alerta para possibilidade de lentidão acima da média na chegada a Porto Alegre. A equipe de engenharia da empresa que a liberação da quarta faixa ocorra durante o feriado de Carnaval.

As obras começaram na segunda quinzena de outubro. Ao todo, a quarta faixa terá 2,6 quilômetros, em ambos sentidos, entre a Rodovia do Parque e a avenida Castelo Branco.

A obra não terá gastos extras. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) acatou solicitação da Concepa, que não vai mais precisar alargar o acostamento da ponte do Rio Jacuí, na BR-290. Com a construção da nova ponte do Guaíba, essa ponte ficará subutilizada.

A concessionária ainda aguarda a aprovação do projeto para construção do novo viaduto que irá ligar a Freeway com a rua João Moreira Maciel. A obra vai permitir acabar com um cruzamento atual. A expectativa é que o viaduto seja construído em até seis meses. Com a inauguração da Rodovia do Parque, o tempo de congestionamento na Freeway vai quase que dobrar, porque os veículos vão chegar de forma mais rápida em Porto Alegre.

Saiba mais:

- Quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, será liberada em uma semana

- Começa hoje instalação de barreiras de concreto na Freeway em Porto Alegre

Obras da 4ª faixa da Freeway, em Porto Alegre, já estão 85% concluídas

- Construção da quarta faixa da Freeway, em Porto Alegre, já está 30% concluída

- Começam as obras de construção da quarta faixa da Freeway

- ANTT aprova construção de quarta faixa na Freeway entre a avenida Castelo Branco e a BR-448

- Concepa propõe construção de quarta faixa na Freeway entre Porto Alegre e Gravataí

Alça de acesso da BR-448 ao bairro Humaitá vai permanecer fechada por tempo indeterminado

23 de janeiro de 2014 4
Discussões sobre alça do bairro Humaitá ocorrem desde antes da inauguração da rodovia - Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

Discussões sobre alça do bairro Humaitá ocorrem desde antes da inauguração da rodovia – Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

Desde que foi inaugurada, a descida da alça de acesso da Rodovia do Parque ao bairro Humaitá, em Porto Alegre, permaneceu fechada. A Prefeitura aguardava a realização de obras complementares por parte do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Porém, o Dnit informa que não irá liberar a descida para o bairro até que alguém se responsabilize por possíveis acidentes envolvendo moradores e os carros que descem da BR-448.

Antes mesmo da rodovia ser inaugurada, a alça já causava polêmica. O Dnit queria liberar, mas a Prefeitura não deixou. Reclamava que precisariam ser feitas adequações. No dia da inauguração, o prefeito José Fortunati autorizou a liberação.  Uma lombada eletrônica foi instalada na descida, na Avenida Padre Leopoldo Brentano. Ela já está aferida pelo Inmetro e pode multar quem passar com velocidade acima do permitido. Porém, a alça permaneceu fechada já que também há protestos de moradores do bairro e até da direção do Grêmio.

A subida para a Rodovia do Parque pelo bairro, que está liberada desde a inauguração, permanecerá aberta. Porém, em dias de jogos do Grêmio, como a EPTC costuma bloquear a rótula da avenida A. J. Renner com a Avenida Padre Leopoldo Brentano, os carros que saem dos estacionamentos da Arena continuarão sendo direcionados para a Voluntários da Pátria, Avenida A. J. Renner e Rua José Pedro Boésio.

Saiba mais:

Tráfego na Rodovia do Parque será liberado a partir do meio-dia

Tráfego de veículos da Rodovia do Parque será liberado no sábado

- Dnit atende solicitação mas saída da BR-448 para o bairro Humaitá ainda não será liberada pela Prefeitura

- Dnit confirma inauguração da Rodovia do Parque no dia 20 de dezembro

- Imagens mostram Rodovia do Parque com pintura no asfalto e iluminação pública

- Acesso da BR-448 em Esteio não será entregue em dezembro