Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "são leopoldo"

Vencedor de grandes obras na BR-116, entre Porto Alegre e Novo Hamburgo, é desclassificado

27 de abril de 2015 1
Trecho de Esteio ganhará passarelas e viadutos – Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS (Arquivo)

Trecho de Esteio ganhará passarelas e viadutos – Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS (Arquivo)

Vai demorar ainda mais tempo para os usuários da BR-116 verem grandes obras no trecho entre Porto Alegre e Novo Hamburgo. O consórcio de empresas Brasília/Guaíba, Sultepa, BGOP e ATP Engenharia, que venceu a licitação para construir a terceira faixa na rodovia, viadutos e passagens de nível, entre outras melhorias, não pagou o seguro exigido e foi desclassificado.

O resultado da licitação precisa ser revogado para que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) possa chamar a segunda colocada ou a terceira colocadas na disputa. Porém, elas terão que concordar fazer as melhorias ao custo de R$ 392,2 milhões (R$392.200.000,00), valor ofertado pelo consórcio desclassificado.

Neste lote estão previstas as maiores intervenções na rodovia: construção de ruas laterias; implantação de terceira faixa, inclusive nos viadutos; construção de novos viadutos, passagens de nível e passarelas. O trecho de Esteio deverá receber a maior quantidade de novas obras, principalmente na região do Parque de Exposições Assis Brasil. Canoas terá um cruzamento por baixo da BR-116, próximo do Conjunto Comercial. São Leopoldo ganhará a duplicação da ponte do Rio dos Sinos. Já Novo Hamburgo não foi contemplada com a construção do viaduto do Bairro Roselândia. Também não haverá, nesta licitação, a duplicação da BR-116 até Dois Irmãos.

Para que as obras sejam realizadas, as empresas vencedoras precisarão providenciar revitalização de sete quilômetros das Avenidas Guilherme Schell, em Canoas e Ernesto Neugebauer em Porto Alegre.

A licitação foi lançada em setembro de 2014. As propostas foram recebidas em outubro. Em novembro, os nomes das vencedoras da concorrência foram divulgados. Em dezembro, o lote dois, referente à construção e reforma de 22 passarelas foi assinado. Há atrasos também na licitação das passarelas por causa da demora no repasse de recursos.

Os projetos deveriam ter sido concluídos em abril de 2015. Porém, foram prorrogados até junho. O trabalho está sendo realizado pelo Consórcio Cidade – Geottec. O investimento é de R$ 72,95 milhões (R$72.950.000,00).

As empresas vencedoras dos lotes um e dois receberam prazo de quatro meses para realizar os projetos. Contratualmente, o Dnit tem 60 dias para analisar o trabalho. Depois disso, as empresas tem prazo dois anos e meio para realizar as melhorias.

Obras previstas em cada um dos municípios:

Novo Hamburgo

• Ruas laterais: implantação de trechos inexistentes, regularização em trechos existentes sem condições de receber maior volume de tráfego;
• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os atuais acessos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Pontilhão sobre o Arroio Luis Rau: será necessária sua ampliação nos dois sentidos da rodovia, para permitir a continuidade do tráfego nas ruas laterais;
• Passagem inferior da Rua Pedro Álvares Cabral: obra nova a ser implantada transversalmente ao eixo da BR – 116;
• Alteração no viaduto Ayrton Sena: será implantada uma alça de acesso no viaduto, permitindo ao tráfego originário do Bairro Boa Saúde acessar a rua lateral da BR-116, com destino à RS-239, eliminando o conflito existente sobre o viaduto.;
• Passagem inferior do Bairro Primavera: trata-se de obra nova a ser implantada transversalmente ao eixo da BR – 116.

São Leopoldo

• Ruas laterais: implantação de trechos inexistentes, regularização em trechos existentes sem condições de receber maior volume de tráfego;
• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os acessos antigos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Prolongamento de aproximadamente 17 metros do lado direito da Galeria do Arroio Gauchinho, permitindo a implantação da rua lateral;
• Reforma do Viaduto da Scharlau;
• Construção de um novo viaduto no entroncamento com a RS-240, sobre o Viaduto da Scharlau, permitindo o ingresso direto do tráfego sentido capital-interior,
àquela rodovia estadual, eliminando o cruzamento sob o viaduto existente;
• Ponte sobre a Várzea do Rio dos Sinos: reforma de duas pontes paralelas já existentes. É necessário aumentar a largura das faixas para que sejam implantadas 3 faixas de tráfego, faixas de segurança e passeios, em cada sentido;
• Ponte sobre o Rio dos Sinos: Construção de duas pontes novas.

Sapucaia do Sul

• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os atuais acessos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego.

Esteio

• Ruas laterais: implantação de trechos inexistentes, regularização em trechos existentes sem condições de receber maior volume de tráfego;
• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os atuais acessos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Viaduto na BR-116: construção de viaduto novo junto ao Parque de Exposições Assis Brasil;
• Viaduto em rua lateral: construção de viaduto novo cruzando sobre a Avenida Celina Chaves Kroeff;

Esquema de circulação no local:

• Sentido interior-capital:
® A Av. Independência, no trecho entre a Av. Celina Kroeff e a Rua Arroio Esteio terá mão única nesse sentido;
® Direção Porto Alegre, seguir pela BR-116 passando pelo viaduto existente;
® Para BR-448, tomar a rua lateral e entrar na Av. Celina Kroeff, sob o viaduto da rua lateral;
® Para Canoas via Av. Independência, tomar a rua lateral, cruzar a Av. Celina Kroeff ao lado do viaduto da rua lateral seguindo pela Av. Independência.

• Entrada e saída de Esteio:
® Direção Esteio, o tráfego segue pela rua lateral acessando a alça do viaduto de acesso a Esteio, passando sobre a BR-116;
® Direção BR-448, tomar a faixa à esquerda do viaduto da rua lateral e ingressar na Av. Celina Kroeff;
® Direção Canoas/Porto Alegre, pegar o viaduto da rua lateral desembocando na Av. Independência;
® Direção Esteio vindo da BR-448, seguir pela Av. Independência até o viaduto de retorno a diante.

• Sentido capital-interior:
® Direção Novo Hamburgo, seguir pela BR-116 passando pelo viaduto novo paralelo ao existente;
® Para BR-448, tomar a faixa da esquerda, na primeira saída, cruzar sob os viadutos da BR-116 e entrar na Av. Celina Kroeff;
® Para Canoas via Av. Independência, tomar a faixa da esquerda, na primeira saída, cruzar sob os viadutos da BR-116 fazendo retorno na rotatória existente e seguindo pela Av. Independência;
® Para destino a Esteio, tomar a faixa da esquerda, na segunda saída, cruzar sob os viadutos da BR-116 e pegar o viaduto em direção a Esteio.

• Viaduto de retorno ao Parque de Exposições Assis Brasil: construção de viaduto novo, Esta obra possibilitará o retorno do tráfego da Av. Independência, que terá sentido único, bem como possibilitará o fluxo da Avenida Guilherme Schell, procedente de Canoas, com destino norte, acesse a rua lateral a ser implantada no lado esquerdo da rodovia.

Esquema de circulação no local:

® O tráfego com destino a Porto Alegre seguirá pela Av. Independência, tomando o acesso à BR-116;
® O tráfego com destino a Canoas segue direto pela Av. Independência;
® O tráfego com destino a Novo Hamburgo acessa a alça do viaduto novo, cruzando sobre a BR-116 e seguindo pela rua lateral até à próxima saída;
® O tráfego procedente de Canoas com destino a Novo Hamburgo, acessa a alça do viaduto novo, cruzando sobre a BR-116 e seguindo pela rua lateral até a próxima saída.

• Ponte sobre o Arroio Sapucaia: alargamento das duas pontes paralelas existentes, sobre o arroio Sapucaia.

Canoas

• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os acessos antigos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Construção de novo viaduto sobre a linha férrea da Trensurb e substituição dos viadutos existentes, os quais apresentam sérios problemas estruturais, permitindo a implantação da 3ª faixa de rolamento, em cada sentido;
• Alargamento do Viaduto de acesso à REFAP, para o lado direito, permitindo a implantação da 3ª faixa de rolamento, nos dois sentido da rodovia;
• Viaduto Boqueirão: trata-se da reforma do viaduto já existente sobre a Rua Boqueirão de modo a permitir a implantação de 3ª faixa de tráfego, nos dois sentidos;
• Rua Domingos Martins: Ligação da Rua Domingos Martins com a Rua Pinto Bandeira, através da implantação de uma Passagem Inferior;
• Viaduto da Praça do Avião: trata-se da reforma do viaduto já existente sobre a Avenida Inconfidência para permitir a implantação de 3ª faixa de tráfego;

Porto Alegre

• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Passagem inferior para pedestres sobre a BR-290;
• Passagem inferior de acesso a Avenida Ernesto Neugebauer: vai propiciar ao tráfego procedente do litoral norte o acesso à Av. Ernesto Neugebauer, sem necessidade de trafegar na BR-116 até o Viaduto do bairro Rio Branco em Canoas. Esse tráfego tomará o segundo retorno existente na BR-290, passando sob o viaduto existente e pela passagem inferior a ser construída sobre o primeiro retorno e acessando a Rua Ernesto Neugebauer;
• Passagem inferior de acesso à Fronteira Oeste: obra nova a ser implantada em ramo novo da BR-116, o qual cruzará transversalmente o ramo de acesso ao norte do Estado da BR-290, separando os fluxos de tráfego no local e eliminando os conflitos existentes;
• Implantação de Rótula na interseção da Av. Ernesto Neugebauer com os ramos de acesso da BR-290.

Revitalização das Avenidas Guilherme Schell e Ernesto Neugebauer:

• Serão revitalizadas as avenidas Guilherme Schell e Ernesto Neugebauer, com a restauração do pavimento existente e implantação de sinalização horizontal e vertical;
• Na avenida Guilherme Schell deverá ser implantado divisor físico em concreto, separando os sentidos de tráfego, com implantação de duas faixas por sentido e restauração do pavimento existente;
• Na Avenida Ernesto Neugebauer deverá ser substituído o pavimento existente;
• Em ambas as avenidas deverá ser adequada ou implantada a rede de drenagem pluvial.

Construção e reforma de passarelas:

Novo Hamburgo
• Rua José Quadros – Km 233
• A 230m ao Norte do viaduto Airton Senna / Rua Porto Lucena – km 235
• A 80m ao Sul da Av. Cel. Frederico Linck – km 236,3
• Rua Guaicurus / Colégio Liberato – km 236,8
• Rua Jornal NH – km 237

São Leopoldo
• Rua Limoeiro – km 239
• Rua São Leopoldo – km 240
• Rua DNER / UL São Leopoldo / Scharlau – km 240,4
• Posto Polícia Rodoviária Federal – km 241
• Rua São Simão / Rua Maceió – km 241,9
• Rua Demétrio Ribeiro / Rua Jacob Blauth Netto – km 242
• Rua Cristo Rei / Loja Leroy Merlin – km 246
• Rua Pe. Luiz Gonzaga Jaeger – Bairro São João Batista – km 248
• Seminário Concórdia – km 248,3
• Reforma Passarela da Av. Caxias do Sul – km 242,85

Sapucaia do Sul
• Av. Industrial / Mercado Atacadão – km 249

Esteio
• Rua Cristovão Colombo / Indústria Solae – km 253
• Frente a Votoran – km 253,5
• Passarela Estação Esteio Trensurb – km 254

Canoas
• Rua Major Sezefredo / Concessionária Sbardecar – km 261,6
• Rua Regente Feijó / Mercado Bourbon – km 261,8

Porto Alegre
• Reforma Passarela Estação Aeroporto Trensurb – km 270,3

Saiba mais:

- Assinado contrato para construção e reforma de 22 passarelas na BR-116

- Divulgadas empresas que vão realizar obras na BR-116 entre Porto Alegre e Novo Hamburgo

- Propostas para obras de melhorias na BR-116 serão recebidas em outubro

- Adiada publicação de licitação sobre melhorias no trecho metropolitano da BR-116

- Melhorias no trecho metropolitano da BR-116 vão sair do papel

- Presidente Dilma anuncia melhorias na BR 116 e extensão da Rodovia do Parque e da BR 392

- BR-116 receberá melhorias entre Porto Alegre e Novo Hamburgo

Trensurb cobra empresa por atraso em obra das novas escadas rolantes da estação São Leopoldo

16 de abril de 2015 0
Estação irá receber duas novas escadas rolantes - Foto: Divulgação / Trensurb (Arquivo)

Estação irá receber duas novas escadas rolantes – Foto: Divulgação / Trensurb (Arquivo)

A demora na entrega das obras das duas novas escadas rolantes da estação São Leopoldo fez com que a Trensurb cobrasse providências. Segundo a empresa, faltam apenas acabamentos nos equipamentos e o fechamento da cobertura metálica. A Interativa Construções é a responsável pela obra e subcontratou outra para fazer a instalação deste telhado.

Como está havendo atraso na entrega do serviço, a Trensurb informa que está tomando as medidas necessárias para que se cumpra o contrato. Se for o caso, serão aplicadas sanções à empresa contratada.

As obras começaram em abril de 2014 e deveriam ter sido concluídas em novembro do mesmo ano. Desde então, os prazos de término do serviço vêm sendo adiados. O último prazo era final de março de 2015.

De acordo com a Trensurb, também houve atraso por causa a dificuldade em liberar uma área do Museu do Trem necessária para os serviços e necessidade de algumas adequações de projeto. Além disso, foi descoberta uma rede de esgoto pluvial não catalogada que teve que ser remanejada.

Como a estação deixou de ser terminal, a partir da expansão da linha até Novo Hamburgo, ela passou a ser uma estação intermediária. Desse modo, os embarques e desembarques acontecem nas plataformas de ambos os lados. Por isso, a Trensurb entende que era necessária a instalação de mais duas escadas.

Já sobre a troca de três escadas rolantes da estação Unisinos, a da estação São Leopoldo e a colocação do sistema na estação Aeroporto depende de liberação de verba do Governo Federal. A Trensurb realizou licitação. A empresa ThyssenKrupp foi a vencedora. Quando os recursos chegarem, a assinatura do contrato será realizada. As obras devem ocorrer em seis meses ao custo de R$ 1,2 milhão.

Saiba mais:

- Novas escadas rolantes da estação São Leopoldo devem ser inauguradas até o fim do mês

- Lançada licitação para instalar novas escadas rolantes nas estações da Trensurb

- Adiada conclusão da obra das novas escadas rolantes da Trensurb em São Leopoldo

- Começa manutenção nas escadas rolantes da Trensurb

- Trensurb lança licitação para manutenção das escadas rolantes das estações

- Escolhida empresa que irá instalar escadas rolantes na Estação São Leopoldo da Trensurb

- Trensurb vai substituir escadas rolantes mais defeituosas

Polícia Rodoviária Federal instala contadores de fluxo na BR-116

31 de março de 2015 10
Contador de fluxo foi instalado em frente ao posto da Polícia Rodoviária Federal em São Leopoldo - Foto: Eduardo Cardozo / Rádio Gaúcha

Contador de fluxo foi instalado em frente ao posto da Polícia Rodoviária Federal em São Leopoldo – Foto: Eduardo Cardozo / Rádio Gaúcha

A Polícia Rodoviária Federal conta com mais um auxílio no monitoramento do trânsito na BR-116, entre São Leopoldo e Porto Alegre. Além das câmeras que estão funcionando na rodovia desde setembro de 2011, agora os policiais também têm contadores de fluxo instalados na rodovia. Eles vão auxiliar os policiais rodoviários nas ações a serem adotadas. Eles ainda dependem de ajustes para entrar em operação.

- Servirá para saber a quantidade de veículos que circulam na rodovia. Irá qualificar a nossa fiscalização – informa o chefe da comunicação da Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Sul, inspetor Alessandro Castro.

Os equipamentos têm chamado a atenção dos usuários da rodovia e chegam a causar congestionamento, pois os motoristas pensam que se trata de controladores de velocidade. A Polícia Rodoviária Federal, porém, descarta que eles estão sendo usados para este fim. Já o contador que foi instalado na lateral da BR-116, antes da ponte do Rio dos Sinos, no sentido interior-capital,  está estragado.

Um deles está localizado em frente do posto da Polícia Rodoviária Federal, em São Leopoldo e é produto de doação da Receita Federal, como informa o superintendente da Receita Federal no Rio Grande do Sul, Paulo Renato Silva da Paz. O outro foi colocado em frente a estação Anchieta do Trensurb, em Porto Alegre, e foi adquirido pela Polícia Rodoviária Federal. Outros trechos de rodovias vão ganhar os equipamentos nos próximos dias.

Novas escadas rolantes da estação São Leopoldo devem ser inauguradas até o fim do mês

17 de março de 2015 0
Problema nas escadas rolantes das estações Unisinos e São Leopoldo é antigo – Foto: Vinícius Roratto / Especial (Arquivo)

Problema nas escadas rolantes das estações Unisinos e São Leopoldo é antigo – Foto: Vinícius Roratto / Especial (Arquivo)

As duas novas escadas rolantes da estação São Leopoldo devem ser liberadas ao público em até duas semanas. A inauguração resolve um grande problema dos usuários, já que as antigas escadas rolantes do local estão desativadas.

As obras começaram em abril de 2014 e deveriam ter sido concluídas em novembro do mesmo ano. De acordo com a Trensurb, o atraso ocorreu porque houve dificuldade para liberar uma área do Museu do Trem necessária para os serviços. Também houve necessidade de algumas adequações de projeto. Além disso, foi descoberta uma rede de esgoto pluvial não catalogada que teve que ser remanejada. A empresa Interativa Construções Ltda. é a responsável pela obra. O valor do investimento previsto na licitação foi de R$ 413,7 mil (R$ 413.727,47).

Como a estação deixou de ser terminal, a partir da expansão da linha até Novo Hamburgo, ela passou a ser uma estação intermediária. Desse modo, os embarques e desembarques acontecem nas plataformas de ambos os lados. Por isso, a Trensurb entende que era necessária a instalação de mais duas escadas.

Já sobre a troca de três escadas rolantes da estação Unisinos, a da estação São Leopoldo e a colocação do sistema na estação Aeroporto depende de liberação de verba do Governo Federal. A Trensurb realizou licitação. A empresa ThyssenKrupp foi a vencedora. Quando os recursos chegarem, a assinatura do contrato será realizada. As obras devem ocorrer em seis meses ao custo de R$ 1,2 milhão.

Saiba mais:

- Lançada licitação para instalar novas escadas rolantes nas estações da Trensurb

- Adiada conclusão da obra das novas escadas rolantes da Trensurb em São Leopoldo

- Começa manutenção nas escadas rolantes da Trensurb

- Trensurb lança licitação para manutenção das escadas rolantes das estações

- Escolhida empresa que irá instalar escadas rolantes na Estação São Leopoldo da Trensurb

- Trensurb vai substituir escadas rolantes mais defeituosas

Assinado contrato para construção e reforma de 22 passarelas na BR-116

25 de dezembro de 2014 2
Trecho de Esteio ganhará novas passarelas – Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS (Arquivo)

Trecho de Esteio ganhará novas passarelas – Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS (Arquivo)

O contrato para construção e reforma de 22 passarelas na BR-116 foi assinado na última semana e publicado no Diário Oficial da União. Os trabalhos serão executados pelo Consórcio Cidade – Geottec.

Ela terá quatro meses para realizar os projetos. Contratualmente, o Dnit terá 60 dias para analisar o trabalho. Depois disso, as empresas terão dois anos e meio para realizar as melhorias. O investimento será de R$ 72,95 milhões (R$72.950.000,00).

O contrato do lote um ainda não foi assinado. A licitação foi vencida pelo Consórcio Brasília/Guaíba, Sultepa, BGOP e ATP Engenharia. O serviço será executado por R$ 392,2 milhões (R$392.200.000,00).

Neste lote estão previstas as maiores intervenções na rodovia: construção de ruas laterias; implantação de terceira faixa, inclusive nos viadutos; construção de novos viadutos, passagens de nível e passarelas. O trecho de Esteio deverá receber a maior quantidade de novas obras, principalmente na região do Parque de Exposições Assis Brasil. Canoas terá um cruzamento por baixo da BR-116, próximo do Conjunto Comercial. São Leopoldo ganhará a duplicação da ponte do Rio dos Sinos. Já Novo Hamburgo não foi contemplada com a construção do viaduto do Bairro Roselândia. Também não haverá, nesta licitação, a duplicação da BR-116 até Dois Irmãos.

Passarelas que serão construídas ou reformadas:

Novo Hamburgo
• Rua José Quadros – Km 233
• A 230m ao Norte do viaduto Airton Senna / Rua Porto Lucena – km 235
• A 80m ao Sul da Av. Cel. Frederico Linck – km 236,3
• Rua Guaicurus / Colégio Liberato – km 236,8
• Rua Jornal NH – km 237

São Leopoldo
• Rua Limoeiro – km 239
• Rua São Leopoldo – km 240
• Rua DNER / UL São Leopoldo / Scharlau – km 240,4
• Posto Polícia Rodoviária Federal – km 241
• Rua São Simão / Rua Maceió – km 241,9
• Rua Demétrio Ribeiro / Rua Jacob Blauth Netto – km 242
• Rua Cristo Rei / Loja Leroy Merlin – km 246
• Rua Pe. Luiz Gonzaga Jaeger – Bairro São João Batista – km 248
• Seminário Concórdia – km 248,3
• Reforma Passarela da Av. Caxias do Sul – km 242,85

Sapucaia do Sul
• Av. Industrial / Mercado Atacadão – km 249

Esteio
• Rua Cristovão Colombo / Indústria Solae – km 253
• Frente a Votoran – km 253,5
• Passarela Estação Esteio Trensurb – km 254

Canoas
• Rua Major Sezefredo / Concessionária Sbardecar – km 261,6
• Rua Regente Feijó / Mercado Bourbon – km 261,8

Porto Alegre
• Reforma Passarela Estação Aeroporto Trensurb – km 270,3

Saiba mais:

- Divulgadas empresas que vão realizar obras na BR-116 entre Porto Alegre e Novo Hamburgo

- Propostas para obras de melhorias na BR-116 serão recebidas em outubro

- Adiada publicação de licitação sobre melhorias no trecho metropolitano da BR-116

- Melhorias no trecho metropolitano da BR-116 vão sair do papel

- Presidente Dilma anuncia melhorias na BR 116 e extensão da Rodovia do Parque e da BR 392

- BR-116 receberá melhorias entre Porto Alegre e Novo Hamburgo

Divulgadas empresas que vão realizar obras na BR-116 entre Porto Alegre e Novo Hamburgo

21 de novembro de 2014 4
Trecho de Esteio ganhará novos viadutos – Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS (Arquivo)

Trecho de Esteio ganhará novos viadutos – Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS (Arquivo)

Foram divulgados os nomes das empresas que realizarão as obras de melhoria na BR-116, entre Porto Alegre e Novo Hamburgo. O resultado foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (21).

O Consórcio Brasília/Guaíba, Sultepa, BGOP e ATP Engenharia ficará responsável pelo lote um, onde estão previstas as maiores intervenções na rodovia. O serviço será executado por R$ 392,2 milhões (R$392.200.000,00).

O lote dois foi vencido pelo Consórcio Cidade – Geottec, com proposta de preço de R$ 72,95 milhões (R$72.950.000,00). Ele irá construir e reformar 22 passarelas. Os contratos deverão ser assinado no dia primeiro de dezembro. O Palácio do Planalto está avaliando a possibilidade da presidente Dilma Roussef participar da solenidade.

Os vencedores da disputa terão quatro meses para realizar os projetos. Contratualmente, o Dnit terá 60 dias para analisar o trabalho. Depois disso, as empresas terão dois anos e meio para realizar as melhorias.

Para que as obras sejam realizadas, as empresas vencedoras precisarão providenciar revitalização de sete quilômetros das Avenidas Guilherme Schell, em Canoas e Ernesto Neugebauer em Porto Alegre.

Estão previstas construções de ruas laterias; implantação de terceira faixa, inclusive nos viadutos; construção de novos viadutos, passagens de nível e passarelas. O trecho de Esteio deverá receber a maior quantidade de novas obras, principalmente na região do Parque de Exposições Assis Brasil. Canoas terá um cruzamento por baixo da BR-116, próximo do Conjunto Comercial. São Leopoldo ganhará a duplicação da ponte do Rio dos Sinos. Já Novo Hamburgo não foi contemplada com a construção do viaduto do Bairro Roselândia. Também não haverá, nesta licitação, a duplicação da BR-116 até Dois Irmãos.

Obras previstas em cada um dos municípios:

Novo Hamburgo

• Ruas laterais: implantação de trechos inexistentes, regularização em trechos existentes sem condições de receber maior volume de tráfego;
• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os atuais acessos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Pontilhão sobre o Arroio Luis Rau: será necessária sua ampliação nos dois sentidos da rodovia, para permitir a continuidade do tráfego nas ruas laterais;
• Passagem inferior da Rua Pedro Álvares Cabral: obra nova a ser implantada transversalmente ao eixo da BR – 116;
• Alteração no viaduto Ayrton Sena: será implantada uma alça de acesso no viaduto, permitindo ao tráfego originário do Bairro Boa Saúde acessar a rua lateral da BR-116, com destino à RS-239, eliminando o conflito existente sobre o viaduto.;
• Passagem inferior do Bairro Primavera: trata-se de obra nova a ser implantada transversalmente ao eixo da BR – 116.

São Leopoldo

• Ruas laterais: implantação de trechos inexistentes, regularização em trechos existentes sem condições de receber maior volume de tráfego;
• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os acessos antigos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Prolongamento de aproximadamente 17 metros do lado direito da Galeria do Arroio Gauchinho, permitindo a implantação da rua lateral;
• Reforma do Viaduto da Scharlau;
• Construção de um novo viaduto no entroncamento com a RS-240, sobre o Viaduto da Scharlau, permitindo o ingresso direto do tráfego sentido capital-interior,
àquela rodovia estadual, eliminando o cruzamento sob o viaduto existente;
• Ponte sobre a Várzea do Rio dos Sinos: reforma de duas pontes paralelas já existentes. É necessário aumentar a largura das faixas para que sejam implantadas 3 faixas de tráfego, faixas de segurança e passeios, em cada sentido;
• Ponte sobre o Rio dos Sinos: Construção de duas pontes novas.

Sapucaia do Sul

• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os atuais acessos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego.

Esteio

• Ruas laterais: implantação de trechos inexistentes, regularização em trechos existentes sem condições de receber maior volume de tráfego;
• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os atuais acessos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Viaduto na BR-116: construção de viaduto novo junto ao Parque de Exposições Assis Brasil;
• Viaduto em rua lateral: construção de viaduto novo cruzando sobre a Avenida Celina Chaves Kroeff;

Esquema de circulação no local:

• Sentido interior-capital:
® A Av. Independência, no trecho entre a Av. Celina Kroeff e a Rua Arroio Esteio terá mão única nesse sentido;
® Direção Porto Alegre, seguir pela BR-116 passando pelo viaduto existente;
® Para BR-448, tomar a rua lateral e entrar na Av. Celina Kroeff, sob o viaduto da rua lateral;
® Para Canoas via Av. Independência, tomar a rua lateral, cruzar a Av. Celina Kroeff ao lado do viaduto da rua lateral seguindo pela Av. Independência.

• Entrada e saída de Esteio:
® Direção Esteio, o tráfego segue pela rua lateral acessando a alça do viaduto de acesso a Esteio, passando sobre a BR-116;
® Direção BR-448, tomar a faixa à esquerda do viaduto da rua lateral e ingressar na Av. Celina Kroeff;
® Direção Canoas/Porto Alegre, pegar o viaduto da rua lateral desembocando na Av. Independência;
® Direção Esteio vindo da BR-448, seguir pela Av. Independência até o viaduto de retorno a diante.

• Sentido capital-interior:
® Direção Novo Hamburgo, seguir pela BR-116 passando pelo viaduto novo paralelo ao existente;
® Para BR-448, tomar a faixa da esquerda, na primeira saída, cruzar sob os viadutos da BR-116 e entrar na Av. Celina Kroeff;
® Para Canoas via Av. Independência, tomar a faixa da esquerda, na primeira saída, cruzar sob os viadutos da BR-116 fazendo retorno na rotatória existente e seguindo pela Av. Independência;
® Para destino a Esteio, tomar a faixa da esquerda, na segunda saída, cruzar sob os viadutos da BR-116 e pegar o viaduto em direção a Esteio.

• Viaduto de retorno ao Parque de Exposições Assis Brasil: construção de viaduto novo, Esta obra possibilitará o retorno do tráfego da Av. Independência, que terá sentido único, bem como possibilitará o fluxo da Avenida Guilherme Schell, procedente de Canoas, com destino norte, acesse a rua lateral a ser implantada no lado esquerdo da rodovia.

Esquema de circulação no local:

® O tráfego com destino a Porto Alegre seguirá pela Av. Independência, tomando o acesso à BR-116;
® O tráfego com destino a Canoas segue direto pela Av. Independência;
® O tráfego com destino a Novo Hamburgo acessa a alça do viaduto novo, cruzando sobre a BR-116 e seguindo pela rua lateral até à próxima saída;
® O tráfego procedente de Canoas com destino a Novo Hamburgo, acessa a alça do viaduto novo, cruzando sobre a BR-116 e seguindo pela rua lateral até a próxima saída.

• Ponte sobre o Arroio Sapucaia: alargamento das duas pontes paralelas existentes, sobre o arroio Sapucaia.

Canoas

• Implantação de faixas de transposição no sentido de eliminar os acessos antigos da BR-116;
• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Construção de novo viaduto sobre a linha férrea da Trensurb e substituição dos viadutos existentes, os quais apresentam sérios problemas estruturais, permitindo a implantação da 3ª faixa de rolamento, em cada sentido;
• Alargamento do Viaduto de acesso à REFAP, para o lado direito, permitindo a implantação da 3ª faixa de rolamento, nos dois sentido da rodovia;
• Viaduto Boqueirão: trata-se da reforma do viaduto já existente sobre a Rua Boqueirão de modo a permitir a implantação de 3ª faixa de tráfego, nos dois sentidos;
• Rua Domingos Martins: Ligação da Rua Domingos Martins com a Rua Pinto Bandeira, através da implantação de uma Passagem Inferior;
• Viaduto da Praça do Avião: trata-se da reforma do viaduto já existente sobre a Avenida Inconfidência para permitir a implantação de 3ª faixa de tráfego;

Porto Alegre

• Implantação de divisor central, com supressão do canteiro central, de modo a permitir a implantação da 3ª faixa de tráfego;
• Passagem inferior para pedestres sobre a BR-290;
• Passagem inferior de acesso a Avenida Ernesto Neugebauer: vai propiciar ao tráfego procedente do litoral norte o acesso à Av. Ernesto Neugebauer, sem necessidade de trafegar na BR-116 até o Viaduto do bairro Rio Branco em Canoas. Esse tráfego tomará o segundo retorno existente na BR-290, passando sob o viaduto existente e pela passagem inferior a ser construída sobre o primeiro retorno e acessando a Rua Ernesto Neugebauer;
• Passagem inferior de acesso à Fronteira Oeste: obra nova a ser implantada em ramo novo da BR-116, o qual cruzará transversalmente o ramo de acesso ao norte do Estado da BR-290, separando os fluxos de tráfego no local e eliminando os conflitos existentes;
• Implantação de Rótula na interseção da Av. Ernesto Neugebauer com os ramos de acesso da BR-290.

Revitalização das Avenidas Guilherme Schell e Ernesto Neugebauer:

• Serão revitalizadas as avenidas Guilherme Schell e Ernesto Neugebauer, com a restauração do pavimento existente e implantação de sinalização horizontal e vertical;
• Na avenida Guilherme Schell deverá ser implantado divisor físico em concreto, separando os sentidos de tráfego, com implantação de duas faixas por sentido e restauração do pavimento existente;
• Na Avenida Ernesto Neugebauer deverá ser substituído o pavimento existente;
• Em ambas as avenidas deverá ser adequada ou implantada a rede de drenagem pluvial.

Passarelas:

Novo Hamburgo
• Rua José Quadros – Km 233
• A 230m ao Norte do viaduto Airton Senna / Rua Porto Lucena – km 235
• A 80m ao Sul da Av. Cel. Frederico Linck – km 236,3
• Rua Guaicurus / Colégio Liberato – km 236,8
• Rua Jornal NH – km 237

São Leopoldo
• Rua Limoeiro – km 239
• Rua São Leopoldo – km 240
• Rua DNER / UL São Leopoldo / Scharlau – km 240,4
• Posto Polícia Rodoviária Federal – km 241
• Rua São Simão / Rua Maceió – km 241,9
• Rua Demétrio Ribeiro / Rua Jacob Blauth Netto – km 242
• Rua Cristo Rei / Loja Leroy Merlin – km 246
• Rua Pe. Luiz Gonzaga Jaeger – Bairro São João Batista – km 248
• Seminário Concórdia – km 248,3
• Reforma Passarela da Av. Caxias do Sul – km 242,85

Sapucaia do Sul
• Av. Industrial / Mercado Atacadão – km 249

Esteio
• Rua Cristovão Colombo / Indústria Solae – km 253
• Frente a Votoran – km 253,5
• Passarela Estação Esteio Trensurb – km 254

Canoas
• Rua Major Sezefredo / Concessionária Sbardecar – km 261,6
• Rua Regente Feijó / Mercado Bourbon – km 261,8

Porto Alegre
• Reforma Passarela Estação Aeroporto Trensurb – km 270,3

Saiba mais:

- Propostas para obras de melhorias na BR-116 serão recebidas em outubro

- Adiada publicação de licitação sobre melhorias no trecho metropolitano da BR-116

- Melhorias no trecho metropolitano da BR-116 vão sair do papel

- Presidente Dilma anuncia melhorias na BR 116 e extensão da Rodovia do Parque e da BR 392

- BR-116 receberá melhorias entre Porto Alegre e Novo Hamburgo

Adiada publicação de licitação sobre melhorias no trecho metropolitano da BR-116

12 de agosto de 2014 6
Melhorias na BR-116 são prometidas desde a década passada - Foto: Lauro Alves  / Agencia RBS (Arquivo)

Melhorias na BR-116 são prometidas desde a década passada – Foto: Lauro Alves / Agencia RBS (Arquivo)

O edital da concorrência para melhorias na BR-116, entre Porto Alegre e Novo Hamburgo, está sendo refeito. Dessa forma, ele deve ser publicado apenas no fim do mês.

A pedido da direção de Brasília, a superintendência no Rio Grande do Sul está ampliando a concorrência pública da disputa. A licitação ocorrerá no sistema do Regime Diferenciado de Contratação (RDC). Há um mês, o governador Tarso Genro esteve em Brasília e anunciou que a licitação seria divulgada em dez dias, após se reunir com o ministro dos Transportes, Paulo Passos.

Desde a década passada, a Magna Engenharia desenvolve um projeto de melhorias operacionais para a BR-116. Entre as obras previstas, estão a construção de viadutos, a redução de canteiros a criação de mais uma faixa para os veículos transitarem em cada um dos lados da rodovia.

Saiba mais:

- Melhorias no trecho metropolitano da BR-116 vão sair do papel

- Presidente Dilma anuncia melhorias na BR 116 e extensão da Rodovia do Parque e da BR 392

 

- BR-116 receberá melhorias entre Porto Alegre e Novo Hamburgo

Trensurb realiza instalação de duas novas escadas rolantes na estação São Leopoldo

08 de agosto de 2014 2
Problema nas escadas rolantes das estações Unisinos e São Leopoldo é antigo – Foto: Vinícius Roratto / Especial (Arquivo)

Problema nas escadas rolantes das estações Unisinos e São Leopoldo é antigo – Foto: Vinícius Roratto / Especial (Arquivo)

A partir da próxima semana, a Trensurb irá interditar o acesso leste da estação São Leopoldo, junto ao terminal de integração da Avenida Mauá. No local, irá ocorrer a execução das fundações da nova escada rolante que será instalada. A interdição do terminal de integração e do acesso à estação deve durar de 20 a 25 dias a partir de segunda-feira. Os trabalhos estão acontecendo no local desde abril. As fundações do lado oeste já estão sendo finalizadas. O serviço deverá ser concluído em novembro.

A empresa Interativa Construções Ltda. foi a vencedora da licitação que garantiu a colocação de duas novas escadas rolantes na estação. Elas serão colocadas no acesso as plataformas de embarque. Caberá à empresa fornecer os materiais e realizar a instalação das escadas, que já foram adquiridas pela Trensurb. O valor do investimento previsto na contratação da obra é de R$ 413.727,47.

Como a estação deixou de ser terminal, a partir da expansão da linha até Novo Hamburgo, ela passou a ser uma estação intermediária. Desse modo, os embarques e desembarques acontecem nas plataformas de ambos os lados. Por isso, a Trensurb entende que era necessária a instalação de mais duas escadas.

A Trensurb também vai substituir as escadas rolantes mais defeituosas. Está em elaboração um edital para a aquisição de três novos equipamentos para a estação Unisinos. O valor estimado é de R$ 1,2 milhão. Ainda não é possível saber quando a concorrência será lançada. Posteriormente, outras três escadas rolantes serão substituídas; duas na estação São Leopoldo e outra na estação Unisinos.

A empresa informa que possui, ao todo, 42 escadas rolantes ativas nas estações, além das seis que serão substituídas. pois tinham índice de disponibilidade inferior a 98% – valor adotado como meta, pois, segundo a Trensurb, qualquer equipamento mecânico dificilmente opera 100% do tempo sem apresentar falhas.

Saiba mais:

- Escolhida empresa que irá instalar escadas rolantes na Estação São Leopoldo da Trensurb

- Trensurb vai substituir escadas rolantes mais defeituosas

- Adiado prazo de conclusão de estudo sobre ampliação da Trensurb até Sapiranga

- Trensurb começa a reformar o elevador da estação Mathias Velho em Canoas

- Trensurb lança licitação para manutenção das escadas rolantes das estações

Trensurb começa hoje a reformar o elevador da estação Mathias Velho em Canoas

07 de agosto de 2014 2
Nove elevadores da Trensurb estão sendo reformados - Foto: Luiz Soares / Trensurb

Nove elevadores estão sendo reformados – Foto: Luiz Soares / Trensurb

O elevador da estação Mathias Velho do Trensurb vai ficar inativo pelos próximos 40 dias. Neste período, a empresa Nalc Comércio e Indústria Ltda. realizará a reforma do equipamento.

Este é um dos nove elevadores que estão passando por melhorias. Na estação São Pedro o processo de modernização já foi concluído. Ainda receberão reparos os equipamentos das estações Canoas, Unisinos, São Leopoldo (dois) e no pátio da empresa (três).

Segundo a Trensurb, as melhorias vão propiciar mais suavidade de partidas e paradas, reduzirá o consumo de energia elétrica e trará ganho de confiabilidade e acessibilidade.

O contrato foi assinado com a empresa, em fevereiro deste ano, ao custo de R$ 1 milhão (R$ 1.003.999,95) e prevê, além da atualização desses equipamentos, serviços de manutenção preventiva e corretiva em 25 elevadores de 11 estações, de São Pedro a Novo Hamburgo, e no pátio da Trensurb. A contratação tem vigência de um ano. Neste período, a modernização dos nove equipamentos deve ser concluída.

Não estão incluídas as plataformas elevatórias da Estação Mercado, que já têm contrato de manutenção. Os futuros elevadores das estações Farrapos, Rodoviária e Esteio ainda não estão contemplados nesse contrato.

Saiba mais:

- Trensurb lança licitação para manutenção das escadas rolantes das estações

Conservação da BR-116 será retomada entre Porto Alegre e a Serra gaúcha

04 de junho de 2014 1
Trecho da BR-116 tem muretas quebradas, mato na pista e rachaduras do asfalto  - Foto: Mateus Ferraz / Rádio Gaúcha

Trecho da BR-116 tem muretas quebradas, mato na pista e rachaduras do asfalto – Foto: Mateus Ferraz / Rádio Gaúcha

A construtora Sultepa deve começar na próxima segunda-feira (09) a execução do contrato de recuperação, conservação e manutenção da BR-116, entre Porto Alegre e Nova Petrópolis. Pelos próximos dois anos, serão investidos R$ 38,8 milhões (R$38.874.000,00) em 184,490 quilômetros da rodovia. O contrato com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) foi assinado no dia 30 de maio.

Também serão executados pela empresa vencedora os serviços de limpeza da faixa de domínio e controle da vegetação, limpeza e conservação da drenagem, limpeza e conservação da sinalização vertical, limpeza e conservação das defensas e guarda-corpos.

A manutenção deste trecho da rodovia estava sob responsabilidade da CC Pavimentadora. Porém, o contrato encerrou-se no final de janeiro. Desde fevereiro, a BR-116 estava sem conservação na região.

Saiba mais:

- BR-116 está sem conservação desde fevereiro entre Porto Alegre e a Serra gaúcha

- Liberação da parte de cima do viaduto de Sapucaia do Sul é transferida para o fim do mês