Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Tabaí"

Duplicação da BR-386 será retomada em janeiro

21 de dezembro de 2016 1
Divulgação / Dnit

Divulgação / Dnit

Um ano depois, as obras de duplicação da BR-386 serão retomadas. A ordem de reinício será dada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no dia 02 de janeiro, quando está previsto o começo dos trabalhos de topografia. Até o dia 15, os usuários da rodovia voltarão a ver máquinas na pista entre o acesso de Bom Retiro do Sul e Estrela.

Serão investidos R$ 36 milhões, sendo R$ 25 milhões diretamente nas obras e outros R$ 11 milhões para atender as condicionantes ambientais, como a compra de mais terras para as comunidades indígenas. A verba virá do orçamento da União para 2017.

As obras pararam no fim de janeiro de 2016 quando os recursos para a duplicação em 2016 acabaram. Já foram investidos R$ 187 milhões desde novembro de 2010. Até agora, 92% das obras já foram realizadas. Dos quase 34 quilômetros que estão sendo duplicados, 23 já foram entregues entre Fazenda Vilanova e Tabaí.

Falta ainda concluir a pavimentação em pouco mais de oito quilômetros entre Bom Retiro do Sul e Estrela. Há ainda quase três quilômetros que precisam ser duplicados. Essa é a região onde está a aldeia indígena.

A conclusão total da duplicação está prevista para o segundo semestre de 2017. O consórcio Consórcio Conpasul – Cotrel – Iccila – Momento é o responsável pelos trabalhos. A previsão inicial era terminar a duplicação em dezembro de 2013, mas as dificuldades de reassentamento indígena, a falta de dinheiro e as espera pelas licenças ambientais atrasaram o cronograma.

Saiba mais:

- Duplicação da BR-386 para a partir da próxima semana

Funai autoriza duplicação de dois quilômetros da BR-386

26 de agosto de 2015 5
Famílias indígenas foram transferidas em julho - Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

Famílias indígenas foram transferidas em julho – Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) recebeu nesta quarta-feira (26) a autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai) para retomar as obras de duplicação da BR-386, em Estrela. Essa garantia veio depois que as 29 famílias kaigangs foram transferidas em julho para novas moradias.

Porém, para que o serviço seja retomado, é precisa ainda aguardar a liberação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama). Quando a obra entre os quilômetros 358,5 ao 360,3 for retomada, a expectativa do Dnit é que o trabalho seja finalizado em seis meses. Atualmente, oito quilômetros estão em obras entre Fazenda Vilanova e Estrela, que também devem ser concluídos no mesmo tempo. Contratualmente, as construtoras responsáveis pela obra têm até maio de 2016 para concluir os trabalhos.

Dos quase 34 quilômetros que estão sendo duplicados, 23 já foram entregues entre Fazenda Vilanova e Tabaí. A duplicação da BR-386 começou em novembro de 2010. O consórcio Conpasul / Iccila é o responsável pela obra. A previsão inicial era terminar os trabalhos em dezembro de 2013, mas as dificuldades de reassentamento indígena e as licenças ambientais atrasaram o cronograma.

Saiba mais:

Término da duplicação da BR-386 volta a ser adiado

- Término da duplicação da BR-386 deve ocorrer dois anos depois do prazo

- Estudo de viabilidade recomenda duplicação de novo trecho da BR-386

- Ibama autoriza e duplicação na BR-386 começa na segunda-feira

Conclusão de mais um trecho duplicado da BR-386 atrasa em mais três meses

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

Término da duplicação da BR-386 volta a ser adiado

04 de junho de 2015 1
Ao todo, 23 quilômetros duplicados já foram liberados – Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

Ao todo, 23 quilômetros duplicados já foram liberados – Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

A duplicação dos últimos dez quilômetros da BR-386 deve ser concluída em março de 2016. O prazo foi revisto pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Contratualmente, as construtoras responsáveis pela obra têm até maio do mesmo ano para concluir os trabalhos.

A ideia anterior era finalizar a duplicação até o fim de 2015. A previsão inicial era terminar os trabalhos em dezembro de 2013. Atualmente, oito quilômetros estão em obras entre Fazenda Vilanova e Estrela.

Outros dois quilômetros da duplicação, em Estrela, seguem parados à espera de autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama). O Dnit aguarda vistoria da Funai em 27 novas casas que foram construídas para famílias Kaigangs. Quando houver a ocupação das moradias, as obras no trecho devem começar neste trecho.

Dos quase 34 quilômetros que estão sendo duplicados, 23 já foram entregues entre Fazenda Vilanova e Tabaí. A duplicação da BR-386 começou em novembro de 2010. O consórcio Conpasul / Iccila é o responsável pela obra.

Saiba mais:

- Término da duplicação da BR-386 deve ocorrer dois anos depois do prazo

- Estudo de viabilidade recomenda duplicação de novo trecho da BR-386

- Ibama autoriza e duplicação na BR-386 começa na segunda-feira

Conclusão de mais um trecho duplicado da BR-386 atrasa em mais três meses

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

Término da duplicação da BR-386 deve ocorrer dois anos depois do prazo

13 de março de 2015 1
Ao todo, 23 quilômetros duplicados já foram liberados – Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

Ao todo, 23 quilômetros duplicados já foram liberados – Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

As obras de duplicação da BR-386 devem ser concluídas apenas em dezembro de 2015. A previsão inicial era finalizar os trabalhos no fim de 2013.

Atualmente, sete quilômetros estão em obras entre Fazenda Vilanova e Estrela. Até agora, aproximadamente 60% dos trabalhos foram concluídos. O ritmo dos serviços reduziu no fim do ano, depois que o repasse de recursos do Governo Federal diminuiu.

Outros dois quilômetros da duplicação, em Estrela, estão parados. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) recebeu autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) para que fossem feitos apenas os trabalhos de supressão de vegetação, drenagem e construção de bueiros, que já foram realizados.

A autorização para retomada das obras só será dada depois que as famílias indígenas, que moram na região da duplicação, forem transferidas para novas residências. As obras das 29 casas da aldeia Kaigang serão concluídas neste mês de março. Porém, ainda falta iniciar a construção de uma escola.

Para evitar que as famílias sejam transferidas e tenham que conviver em meio às máquinas, um novo acesso será construído para a aldeia, em abril. Com isso, a duplicação dos últimos dois quilômetros poderia retomar em maio, se houver autorização da Funai e do Ibama. A ideia é concluir a obra da escola em novembro.

Dos quase 34 quilômetros que estão sendo duplicados, 23 já foram entregues entre Fazenda Vilanova e Tabaí. A duplicação da BR-386 começou em novembro de 2010. As obras deveriam ter sido concluídas até dezembro de 2013. O consórcio Conpasul / Iccila é o responsável pela obra.

Saiba mais:

- Estudo de viabilidade recomenda duplicação de novo trecho da BR-386

- Ibama autoriza e duplicação na BR-386 começa na segunda-feira

Conclusão de mais um trecho duplicado da BR-386 atrasa em mais três meses

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

 

Funai autoriza começo da duplicação da BR-386 em Estrela

19 de setembro de 2014 8
Ao todo, 23 quilômetros duplicados já foram liberados - Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

Ao todo, 23 quilômetros duplicados já foram liberados – Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

Depois de quase quatro anos de espera, as obras de duplicação da BR-386, num trecho de dois quilômetros, enfim, vão começar em Estrela, no Vale do Taquari. A Fundação Nacional do Índio (Funai) concedeu autorização ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para que comecem os trabalhos de supressão de vegetação, drenagem e construção de bueiros.

O Dnit agora aguarda que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) autorize o começo dos trabalhos. A expectativa é que as obras possam começar já em outubro. Se isso ocorrer, a duplicação deve ser concluída até abril de 2015.

A autorização era aguardada pela comunidade do Vale do Taquari e foi concedida pela Funai por causa dos avanços das obras da nova aldeia Kaigang e o atendimento das condicionantes ambientais do componente indígena. As primeiras seis casas devem ser entregues no mês que vem. As últimas das 29 novas moradias serão concluídas em dezembro de 2014.

Atualmente, as obras estão ocorrendo num trecho de sete quilômetros, entre Fazenda Vilanova e Estrela. Os trabalhos devem ser finalizados até janeiro de 2015.

Dos quase 34 quilômetros que estão sendo duplicados, 23 já foram entregues entre Fazenda Vilanova e Tabaí. A duplicação da BR-386 começou em novembro de 2010. As obras deveriam ter sido concluídas até dezembro de 2013.

Saiba mais:

- Viaduto de Tabaí, na BR-386, será liberado ao tráfego na segunda-feira

- Conclusão de mais um trecho duplicado da BR-386 atrasa em mais três meses

- Viaduto de Tabaí será liberado ao tráfego no final de agosto na BR-386

- Adiada entrega de mais um trecho duplicado da BR-386

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

- Conclusão de estudo para duplicação da BR-386 até o Noroeste gaúcho é adiada

Viaduto de Tabaí, na BR-386, será liberado ao tráfego na segunda-feira

22 de agosto de 2014 1
Liberação vai ocorrer no dia 25 – Foto: Divulgação / Dnit

Liberação vai ocorrer no dia 25 – Foto: Divulgação / Dnit

O viaduto de Tabaí, localizado no quilômetro 383 da BR-386, será liberado ao tráfego na segunda-feira (25), a partir das 14h. A Polícia Rodoviária Federal irá orientar os motoristas.

Em março, seis quilômetros duplicados foram liberados na rodovia. Porém, o viaduto não tinha sido. Houve atraso na execução das juntas de dilatação da elevada. Com a liberação, a BR-386 não haverá mais pista simples entre Tabaí e o acesso ao município de Bom Retiro do Sul.

Atualmente, sete quilômetros da duplicação estão em obras, entre Fazenda Vilanova e Estrela. O trecho deve ser liberado até janeiro de 2015. Já as obras em outros dois quilômetros ainda não começaram. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ainda não recebeu autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai). As obras das 29 moradias da nova aldeia Kaigang devem ser concluídas até o fim do ano. A duplicação da BR-386 começou em novembro de 2010. As obras deveriam ter sido concluídas até o final de 2013.

Saiba mais:

- Conclusão de mais um trecho duplicado da BR-386 atrasa em mais três meses

- Viaduto de Tabaí será liberado ao tráfego no final de agosto na BR-386

- Adiada entrega de mais um trecho duplicado da BR-386

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

- Conclusão de estudo para duplicação da BR-386 até o Noroeste gaúcho é adiada

Viaduto de Tabaí será liberado ao tráfego no final de agosto na BR-386

17 de julho de 2014 2
Viaduto de Tabaí - Foto: Marcos Hoffmann / Rádio Gaúcha

Viaduto de Tabaí – Foto: Marcos Hoffmann / Rádio Gaúcha

O viaduto de Tabaí, localizado no quilômetro 383 da BR-386, deverá ser liberado ao tráfego no fim do mês de agosto. Em março, seis quilômetros duplicados foram liberados na rodovia. Porém, o viaduto não. Houve atraso na execução das juntas de dilatação da elevada. Enquanto o trânsito não é liberado os motoristas usam vias laterais para passar pela rodovia.

Atualmente, sete quilômetros da duplicação estão em obras, entre Fazenda Vilanova e Estrela. O trecho deve ser liberado em outubro. Já as obras em outros dois quilômetros ainda não começaram. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ainda não recebeu autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai). As obras das 29 moradias da nova aldeia Kaigang devem ser concluídas até o fim do ano. A duplicação da BR-386 começou em novembro de 2010. As obras deveriam ter sido concluídas até o final de 2013.

Saiba mais:

- Adiada entrega de mais um trecho duplicado da BR-386

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

Publicada prorrogação de contrato que viabiliza prosseguimento da duplicação da BR-386

23 de junho de 2014 0
Em março, comunidade cobrou obras em trecho de dois quilômetros – Foto: Rodrigo Martini / Especial (Arquivo)

Em março, comunidade cobrou obras em trecho de dois quilômetros – Foto: Rodrigo Martini / Especial (Arquivo)

Foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (23) a prorrogação do contrato de supervisão ambiental da duplicação da BR-386, entre Tabaí e Estrela. A fiscalização foi prorrogada até março de 2016 ao custo de R$ 11,5 milhões (R$ 11.562.280,68). A assinatura com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ocorreu no dia 13 de junho.

O contrato havia se encerrado em setembro de 2013. Em maio, a Fundação de Amparo a Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu) ameaçou parar o serviço, o que iria inviabilizar a continuidade das obra, já que o trabalho é uma exigência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

Outra obra segue ameaçada: a duplicação da BR-116, entre Guaíba e Pelotas. O contrato da Fapeu com o Dnit encerra-se no dia 22 de outubro e até agora não houve definição sobre a prorrogação. Dessa forma, as obras dos lotes um e dois, em Guaíba, poderiam parar, já que a fundação cuida do reassentamento da área indígena e a Fundação Nacional do Índio (Funai) poderá requerer a paralisação dos trabalhos.

Em abril, o Dnit já havia anunciado que a entrega de mais sete quilômetros duplicados da BR-386, entre Fazenda Vilanova e Estrela não ocorreria em maio, conforme o previsto. A previsão atual é que o novo trecho deve ser liberado em outubro, se a obra não parar.

Saiba mais:

- Burocracia deve fazer com que duplicação da BR-386 pare a partir do dia 1º

- Conclusão de estudo para duplicação da BR-386 até o Noroeste gaúcho é adiada

- Adiada entrega de mais um trecho duplicado da BR-386

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

- Duplicação da BR-386: Proposta R$ 1,3 milhão menor se habilita a construir aldeia indígena

- Começam as obras em mais três quilômetros da duplicação da BR-386

- Entregue primeira obra da duplicação da BR-386 entre Tabaí e Estrela

Burocracia deve fazer com que duplicação da BR-386 pare a partir do dia 1º

23 de maio de 2014 6
Em março, comunidade realizou protesto por demora no começo das obras em um trecho de dois quilômetros da duplicação - Foto: Rodrigo Martini / Especial (Arquivo)

Em março, comunidade realizou protesto por demora no começo das obras em um trecho de dois quilômetros da duplicação – Foto: Rodrigo Martini / Especial (Arquivo)

As obras de duplicação da BR-386, entre Tabaí e Estrela devem parar a partir do dia 1º de junho. O motivo é a burocracia.

Em setembro de 2013, o contrato encerrou-se com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), da Universidade Federal de Santa Catarina. Ela é responsável pela gestão ambiental da duplicação. O trabalho é uma exigência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) para que a obra seja feita.

Desde então, tratativas são feitas com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para que o contrato seja prorrogado. Porém, oito meses depois, o departamento jurídico da autarquia, em Brasília, ainda não se manifestou. A Fundação informa que não tem mais condições de realizar o serviço sem receber os pagamentos devidos.

A fundação informa que, se o departamento jurídico do Dnit der parecer favorável e a Diretoria da autarquia sinalizar favoravelmete com a prorrogação, os trabalhos não serão paralisados.

E outra obra pode parar pelo mesmo motivo. A duplicação da BR-116, entre Guaíba e Pelotas. O contrato da fundação com o Dnit encerra-se no dia 22 de outubro e até agora nenhum reunião ocorreu para tratar da prorrogação do contrato. Dessa forma, as obras dos lotes um e dois, em Guaíba, poderiam parar, já que a fundação cuida do reassentamento da área indígena e a Fundação Nacional do Índio (Funai) poderá requerer a paralisação dos trabalhos.

Em abril, o Dnit já havia anunciado que a entrega de mais sete quilômetros duplicados da BR-386, entre Fazenda Vilanova e Estrela não ocorreria em maio, conforme o previsto. A previsão atual é que o novo trecho deve ser liberado em outubro, se a obra não parar.

Saiba mais:

- Adiada entrega de mais um trecho duplicado da BR-386

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

- Duplicação da BR-386: Proposta R$ 1,3 milhão menor se habilita a construir aldeia indígena

- Começam as obras em mais três quilômetros da duplicação da BR-386

- Entregue primeira obra da duplicação da BR-386 entre Tabaí e Estrela

Adiada entrega de mais um trecho duplicado da BR-386

29 de abril de 2014 8
Trechos duplicados foram entregues em fevereiro e março – Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

Trechos duplicados foram entregues em fevereiro e março – Foto: Divulgação / Dnit (Arquivo)

A entrega de mais sete quilômetros duplicados da BR-386, entre Fazenda Vilanova e Estrela não ocorrerá em maio, conforme a última informação. A previsão atual é que o novo trecho deve ser liberado em outubro.

Já as obras em outros dois quilômetros que precisam ser duplicados sequer começaram. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ainda não recebeu autorização da Fundação Nacional do Índio (Funai).

De acordo com o Dnit, houve uma reprogramação do andamento dos trabalhos para que seja possível compatibilizar o máximo possível com a liberação do início das obras dos outros dois quilômetros.

As obras das 29 moradias da nova aldeia Kaigang já começaram e devem ser concluídas até o fim do ano. O Dnit esperava que, com o início dos trabalhos, a Funai liberasse a duplicação no trecho, já que os índios não estariam mais às margens da rodovia. Em dezembro, a Funai informou que a liberação só ocorreria com o término das moradias.

Dos quase 34 quilômetros que estão sendo duplicados, 14 já foram entregues entre Fazenda Vilanova e Tabaí. A duplicação da BR-386 começou em novembro de 2010. As obras deveriam ter sido concluídas até o final de 2013.

Veja fotos do trecho duplicado já entregue:

Saiba mais:

- Liberado novo trecho duplicado da BR-386

Liberação de mais um trecho duplicado da BR-386 é novamente adiada

- Primeiros quilômetros da duplicação da BR-386 serão liberados em fevereiro

- Duplicação da BR-386: Proposta R$ 1,3 milhão menor se habilita a construir aldeia indígena

- Primeiro trecho de pista duplicada da BR-386 será liberado em janeiro

- Começam as obras em mais três quilômetros da duplicação da BR-386

- Entregue primeira obra da duplicação da BR-386 entre Tabaí e Estrela

- Disputa judicial de pedágios adia entrega do primeiro trecho duplicado da BR-386