Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Nota eletrônica começa hoje

01 de abril de 2008 0

 Leia as notas de abertura da minha coluna no DC, hoje, o Informe Econômico:

Nota eletrônica tem alta adesão

O Brasil entrou hoje na era da nota fiscal eletrônica (NF-e) obrigatória, começando pelos setores de combustíveis e cigarros. Em SC, a adesão das empresas que devem se enquadrar agora é considerada alta, supera 70% apesar de nem todas terem concluído a adaptação nestes dias. O trabalho tem exigido da equipe da Secretaria de Estado da Fazenda plantões nas últimas noites, diz o coordenador da NF-e, Marcelino Figueiredo.

Ao todo, os dois setores têm 193 empresas registradas no Estado. Dessas, 90 já estavam operando ontem a NF-e e 50 estavam finalizando as fases de testes. As outras 53 empresas não solicitaram o serviço e a Fazenda vai investigar as razões.

Sem a NF-e, elas não poderão fazer operações de compra e venda de mercadorias no Estado. O Estado conta com mais 38 empresas de outros setores que já aderiram à NF-e, entre as quais a Sadia. Em setembro, também terão que aderir à nota eletrônica os setores automotivo, de cimento, medicamentos, carnes e bebidas.

No Estado, os combustíveis respondem, hoje, por 19,9% do total da arrecadação de ICMS e os cigarros, 1,44%.

Tecnologia para NF-e

A Datasul e a NeoGrid, empresas catarinenses de tecnologia, estão oferecendo soluções para empresas, facilitando a adoção da nota fiscal eletrônica (NF-e), tanto para quem usa ERP Datasul quanto para as que adotam outros.

Juntas com a Mercador, elas atendem a Cisa Trading, primeira empresa do Espírito Santo a emitir notas fiscais eletrônicas. Elas automatizaram os processos da Cisa para geração das NF-e, conversão, armazenamento e envio à Secretaria da Fazenda.

Postado por Estela Benetti, Florianópolis

Comentários

comments

Envie seu Comentário