Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Um superávit sem surpresas

01 de abril de 2008 0

A balança comercial brasileira encerrou março com superávit de US$ 1,012 bilhão, 69,4% inferior ao do mesmo mês do ano passado, quando registrou US$ 3,306 bilhões. As exportações do mês atingiram US$ 12,613 bilhões e importações, US$ 11,601 bilhões.

O crescimento das importações é motivado principalmente pelo dólar baixo mas, mesmo assim, não está conseguindo conter certas pressões inflacionárias.

Um ponto positivo é que a maior parte das importações é de bens de capital, o que aumenta e moderniza a capacidade produtiva das empresas brasileiras. Contudo, de um modo geral, essa excessiva importação começa a preocupar mais setores da economia, que temem uma concorrência acirrada aqui dentro e conseqüente perda de mercado e faturamento. Além disso, há os obstáculos da perda de competitividade lá fora e a piora do balanço de pagamentos.

Postado por Estela Benetti, Florianópolis

Comentários

comments

Envie seu Comentário