Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 2 julho 2008

Lei do Bem faz bem

02 de julho de 2008 1

Ricardo Prado, advogado tributarista da Fiat/Divulgação

Grandes companhias que estão utilizando os incentivos da Lei do Bem para realizar inovação estão satisfeitas. Isso foi evidenciado em depoimentos de executivos da Fiat, Whirlpool, Natura e Zen, ontem, durante evento de inovação, na Fiesc, promovido pelo IEL.

A Fiat está conseguindo obter, de retorno direto e indireto, mais de 100% do que investe em inovação. Em 2005, a companhia tinha 167 engenheiros na área de pesquisa, agora tem 344.

O incentivo da Lei do Bem só está disponível para empresas que faturam mais de R$ 48 milhões/ano.

Postado por Estela Benetti, Florianópolis

Entusiasmo ministerial

02 de julho de 2008 0

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, entusiasmado com o lançamento do Plano Safra no seu Estado adotivo, o Paraná (ele nasceu em SC), disse que esta é a primeira vez que, em mais de 40 anos da sua vida pública, a agricultura é uma prioridade de governo.

Segundo ele, antes sempre havia conflitos entre a área econômica e a agricultura. Hoje, há uma unidade de governo em relação ao setor. O ministro tem razão porque até há poucos dias existia esse conflito, que ficou mais evidente na renegociação das dívidas dos agricultores.

O governo está disponibilizando R$ 78 bilhões, sendo R$ 13 bilhões para a agricultura familiar.

Postado por Estela Benetti, Florianópolis

Energia daqui e trigo de lá

02 de julho de 2008 0

Os presidentes do Brasil e Argentina, a princípio, atingiram os objetivos específicos na reunião de Cúpula. A presidente Cristina Kirchner prometeu normalizar as exportações de trigo ao Brasil e o presidente Lula disse que o país vai continuar exportando energia para a Argentina.

Isso pode significar mais produção da Térmica Jorge Lacerda, da Tractebel, e mais extração de carvão em SC. Além disso, há a promessa do Brasil de construção de uma hidrelétrica no rio Uruguai.  

Postado por Estela Benetti, Florianópolis

Governo libera R$ 78 bilhões para a agricultura

02 de julho de 2008 0

A alta da inflação motivou o governo a liberar mais dinheiro para a agricultura para a próxima safra. Serão R$ 65 bilhões para a agricultura comercial, contra R$ 58 bilhões no ano passado. O anúncio será feito hoje, em Curitiba.

Já os R$ 13 bilhões para a agricultura familiar, que na semana passada o ministro Reinhold Stephanes informou que seriam anunciados hoje, em Chapecó, serão comunicados por Lula amanhã, em Brasília.

A propósito, apesar de não ser o maior produtor mundial de grãos, o Brasil pode ajudar um pouco a reduzir os preços porque tem grandes extensões para plantar. Mas os preços não deverão cair muito em função disso porque a demanda mundial está maior que a oferta.

A queda de custos ao consumidor brasileiro pode vir justamente da agricultura familiar, que produz itens que não estão cotados na Bolsa de Chicago como batata, mandioca, legumes, verduras e frutas.

 

 

Postado por Estela Benetti, Florianópolis

Fundo Soberano

02 de julho de 2008 0

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, fala, nesta manhã, sobre o modelo do Fundo Soberano do Brasil para a Comissão de Tributação e Finanças da Câmara dos Deputados. A intenção do governo é enviar o projeto de lei do Fundo ao Congresso após a votação da Contribuição Social da Saúde (CSS), que deverá ocorrer somente depois das eleições.

Pelas informações já divulgadas, o Fundo seria formado pela economia adicional de 0,5% do PIB, o que somaria cerca de R$ 14,2 bilhões. Os recursos seriam utilizados para financiar fusões e aquisições realizadas por empresas brasileiras no exterior e, indiretamente, auxiliar no combate à inflação porque  esses recursos não seriam gastos no país.  

Postado por Estela Benetti, Florianópolis

Impostos do país chegarão a R$ 1 trilhão

02 de julho de 2008 1

Do Informe Econômico de hoje:

O Impostômetro, simulador da carga tributária brasileira, instalado pela Associação Comercial de São Paulo, que inclui a arrecadação da União, estados e municípios, vai marcar, na manhã de hoje, R$ 500 bilhões de arrecadação, cifra atingida 20 dias mais cedo do que em 2007. E as projeções do simulador para o ano são de arrecadação de R$ 1 trilhão.

Na avaliação do primeiro vice-presidente da Federação das Indústrias (Fiesc), Glauco José Côrte, o Impostômetro reflete a arrecadação, que está crescendo muito no país por três razões básicas: aprimoramento dos mecanismos de fiscalização; crescimento da economia do país associado ao aumento da formalidade dos negócios; e o terceiro motivo é que o Brasil, de fato, tem uma carga tributária elevada.
- O mais preocupante é que a própria proposta de reforma tributária não garante redução ou estabilidade da carga nos níveis atuais. Há dispositivos que permitem aumento do Imposto de Renda de pessoa jurídica de acordo com o setor econômico, que os governos estaduais possam ajustar alíquotas de ICMS numa fase de transição e até a possibilidade de criação ou majoração de tributos por medidas provisórias. Isso tudo sinaliza que pode haver aumento da carga tributária – alerta Côrte.

Postado por Estela Benetti, Florianópolis

Um pouco de música

02 de julho de 2008 0

Lulu Santos foi o grande homenageado de ontem à noite no Prêmio Multishow da música brasileria. Ouça um dos seus maiores sucessos, Como uma onda, interpretado por ele e Caetano Veloso, durante um show anterior. 

 

Postado por Estela Benetti, Florianópolis