Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Crise derruba a indústria

03 de fevereiro de 2009 0

Dezembro fechou queda de 12,4% na produção industrial do país, o pior resultado desde que a série do IBGE foi iniciada, em 1991. O recuo acentuado da produção ocorreu, principalmente, porque as empresas deram férias coletivas para ajustar os estoques diante da redução da demanda causada pela crise global.

Com a queda da produção de 19,8% no acumulado de setembro a dezembro, o crescimento anual ficou em 3,1%. Segundo o IBGE, o resultado refletiu o comportamento negativo dos 27 ramos pesquisados, à exceção de celulose e papel (0,4%) e outros equipamentos de transporte (6,7%).

O desempenho da indústria de veículos automotores, com queda de 39,7%, foi o principal impacto negativo no índice global, seguido por máquinas e equipamentos (-19,2%), material eletrônico e equipamentos de comunicações (-48,8%), metalurgia básica (-18,3%), borracha e plástico (-20,1%), indústria extrativa (-11,8%) e outros produtos químicos (-9,0%).

A queda generalizada foi especialmente marcado pelo movimento de setores mais sensíveis à restrição de crédito e a queda das exportações de commodities.

Postado por Estela Benetti

Comentários

comments

Envie seu Comentário