Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Desafio é melhorar a gestão

08 de julho de 2009 0

Do Informe Econômico:

A mudança no comando da Celesc, com a saída do ex-governador Eduardo Moreira da presidência da Celesc Holding e a condução do empresário e ex-secretário de Estado da Fazenda Sérgio Alves para o posto, abre espaço para uma gestão mais profissional na estatal catarinense de energia.

O troca-troca colocou, também, o diretor de Planejamento da empresa, Ricardo Rabello, um técnico, na presidência da Celesc Distribuição; e o político criciumense Paulo Meller, do grupo de Moreira, na presidência da Celesc Geração.

Com esta composição, tudo indica que não será atendido o interesse de 80% dos acionistas da empresa, de mudar a governança corporativa de Nível 2 para o Novo Mercado da Bovespa. O Novo Mercado significaria uma privatização da gestão na prática, com o fim de nomeações políticas. Tanto esta mudança quanto uma privatização via leilão necessitam de aprovação da Assembleia Legislativa.

Contudo, a expectativa é de que haverá um esforço para melhorar a gestão para atingir as metas com base na empresa de referência estipulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Como o próprio Sérgio Alves alertou nesta coluna, se a empresa não atingir redução de custo anual de R$ 300 milhões até 2012, em 2015 poderá perder a concessão para atender SC e, assim, ser privatizada.

Postado por Estela Benetti

Comentários

comments

Envie seu Comentário