Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Crise afeta venda de lingerie masculina

03 de setembro de 2009 0

Os americanos têm índice para quase tudo. Na lista de mais de 100 índices econômicos que eram acompanhados pelo ex-presidente do Fed, o BC do país, Alan Greenspan, está até o de venda de roupas íntimas de homens, especialmente cuecas, feito pela Mintel.

O levantamento anual deste índice revelou que ele reflete, claramente, as oscilações das crises econômicas. Segundo artigo do jornal Washington Post, o “men`s underwear index” reflete que, quando há crise, os homens prolongam mais o intervalo entre uma compra e outra de roupas íntimas.

A Mintel apurou expansão de 0,8% no segmento ano passado, projetou queda de 2,3% para este ano e um recuo de aproximadamente 0,5% no ano que vem. A venda de roupas íntimas de homens começaram a cair no ano passado, com a recessão mas, lojas de departamento dos EUA, já sinalizam que há uma retomada do crescimento no segmento.

As pesquisas apontaram que os homens desempregados passaram a comprar menos roupas íntimas e não têm motivação para ampliar este consumo enquanto não conseguem nova colocação no mercado.

Postado por Estela Benetti

Comentários

comments

Envie seu Comentário