Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Queixas contra foco do BNDES

01 de fevereiro de 2010 1

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), mesmo no governo petista, apoia gigantes e deixa de lado organizações com grande função social, como as cooperativas. O presidente da Organização das Cooperativas de SC (Ocesc), Marcos Antônio Zordan, aproveitou a Itaipu Rural Show, feira promovida pela Cooperitaipu, que se encerrou sábado, em Pinhalzinho, para criticar o banco. Segundo ele, enquanto o BNDES destina bilhões para grandes empresas privadas adquirirem outras grandes empresas e se tornarem megaconglomerados, executivos da Coopercentral Aurora, de Chapecó, tiveram que fazer muitas viagens ao Rio e esperar meses para conseguir míseros R$ 40 milhões, que representam apenas quatro dias de faturamento da Aurora.
A Coopercentral é essencial para o Estado: reúne 15 cooperativas que têm 72 mil famílias rurais associadas.

A propósito…

O governo federal promete uma onda de capitalização das estatais para estimular investimentos este ano, que deve alcançar a gigantesca cifra de R$ 226 bilhões. Desse montante, R$ 180 bilhões serão via BNDES, relativos a 2009 e 2010. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Postado por Estela Benetti

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Jonas diz: 3 de fevereiro de 2010

    Concordo, mas deve-se frisar que outras empresas que não cooperativas as vezes fazem um papel social maior que as cooperativas, ou não?

Envie seu Comentário