Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 22 maio 2010

Nobel prega menos Estado

22 de maio de 2010 0

A crise financeira acabou nos EUA, mas a crescente intervenção do governo na economia e o aumento de impostos vão inibir o crescimento do país nos próximos 10 anos. Esta análise é do prêmio Nobel de Economia de 2004, o professor da Universidade do Arizona Edward Prescott, que falou sobre cenários econômicos, ontem, na Expogestão.

Sobre a economia brasileira, ele disse que o futuro é de crescimento se o país conseguir manter os fundamentos econômicos. Também deve investir mais em infraestrutura, porque ela gera desenvolvimento sustentado.

Prescott reforçou críticas a subsídios à produção e recomendou às empresas foco na inovação. Citou o caso da Embraco, multinacional americana em Joinville, que está ganhando mercado porque desenvolveu um compressor com eficiência energética.

Descentralização
Ao falar para empresários em almoço no V12, em Joinville, o prêmio Nobel de Economia, Edward Prescott, defendeu a descentralização. Disse que, nos EUA, a independência dos estados, os bancos centrais regionais e as universidades locais são fundamentais para o maior desenvolvimento.

O ex-governador Luiz Henrique aproveitou para falar sobre o programa de descentralização da gestão estadual que promoveu em Santa Catarina e Prescott disse que vai incluir o exemplo nas suas apresentações. Sobre a crise europeia, o Nobel disse que a pior situação é a da Grécia, e que ela precisa parar de gastar mais do que tem.

“Seu alvo não é fixo”

Um dos cuidados que o empreendedor deve ter é que o seu alvo não é fixo, alertou o empresário Laércio Cosentino, presidente da Totvs, que falou na Expogestão sobre cultura empreendedora. A companhia, que obteve receita líquida de R$ 260 milhões no primeiro trimestre, comprou, nos últimos anos, as duas maiores empresas de software de gestão de Joinville, a Datasul e a Logocenter. Cosentino disse que não é empreendedor, está empreendedor. Segundo ele, compreender o mercado, superar-se constantemente e inovar são características necessárias para empreendedores.

Feirão de imóveis em Florianópolis e Chapecó

22 de maio de 2010 0

Quem pretende comprar um imóvel pode conferir milhares de ofertas nos feirões que a Caixa Econômica Federal realiza neste final de semana em Florianópolis, no CentroSul, e em Chapecó, no Pavilhão da Catedral Santo Antônio.

Em Florianópolis estão disponíveis 19 mil imóveis de vários padrões, desde os de preço mais acessível dentro do programa Minha Casa, Minha Vida, até unidades mais sofisticadas. Participam 61 construtoras, 26 imobiliárias, corretoras de imóveis e a Caixa, que libera os financiamentos. O estacionamento é gratuito. Hoje, o atendimento será das 10h às 21h e amanhã, das 10h às 18h.  

Joinville ganha churrascaria inspirada no tropeirismo

22 de maio de 2010 1

O empresário Zeca Caputo, da Bragança Gastronomia, acaba de abrir, em Joinville, a churrascaria Poial Tropeiro – Rota da carne, que tem como proposta servir carne a la carte em ambiente confortável e amigável.
_ Queremos resgatar a comida simples e saborosa, sem sofisticação, mas com conforto. Buscamos inspiração no tropeirismo, um tempo de hábitos simples e lembranças familiares na Região Sul _ explica o empresário. 

 A nova casa fica na esquina das ruas Aquidaban e XV de Novembro, recebeu investimento de R$ 2 milhões, gera 40 empregos diretos e oferece 220 lugares. O nome Poial significa um assento de pedra na frente das casas, utilizado pelos tropeiros para descansar.

Zeca Caputo é nome tradicional na gastronomia de alta qualidade em Santa Catarina. Entre os negócios da Bragança estão os restaurantes do Centrosul e Jurerê Beach Village, em Florianópolis. Também faz grandes eventos empresariais, como as inaugurações da Vega do Sul e a Tedesco Marina, em Balneário Camboriú.