Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mudança da moeda chinesa pode ajudar exportador

19 de junho de 2010 1

Enfim, depois de muita pressão, especialmente dos Estados Unidos, o Banco Central da China anunciou hoje o início de uma flexibilização gradativa da moeda do país, o iuan. A medida foi bem recebida pelo resto do mundo apesar de ser aquém do desejado. Mesmo assim, pode ajudar a melhorar um pouco o desempenho das exportações catarinenses e brasileiras.

O gigante asiático estava mantendo câmbio fixo há 23 meses, sob o pretexto de defender sua economia da crise financeira global. Apesar de muito criticada por provocar desequilíbrio na economia mundial, a política cambial chinesa não é vista como problema por todos economistas. Edward Prescott, americano que é prêmio Nobel de economia, me disse em Joinville, durante a Expogestão, que a China colabora com o equilíbrio da economia mundial pelo fato de manter grandes reservas em dólar.

A decisão chinesa também vai provocar variação nos preços das importações, mas como é gradativa, não deve causar expressivas mudanças de preços por aqui.

Obs. Neste mesmo post, até há pouco, tratei a mudança cambial chinesa como desvalorização. Na verdade, é valorização, como alertou um atento leitor do blog.

Comentários

comments

Comentários (1)

  • Joelcio diz: 20 de junho de 2010

    Afinal é uma desvalorização ou valorização do Iuan, como assim?? desvalorização vai ajudar o exportador catarinense…. beneficiaria se fosse uma valorização do Iuan, ou não???

Envie seu Comentário