Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Qual é o seguro mais importante para sua família?

22 de junho de 2010 0

O gerenciamento de risco não deve ser feito apenas por empresas, mas também pelas famílias. É isto que recomenda o empresário Hans Dieter Didjurgeit (foto), de Blumenau, que é engenheiro especialista na área e preside a Herco, consultoria internacional de risco empresarial.
Segundo ele, quase 100% das famílias que têm carro faz seguro. Destas, só um décimo faz seguro da casa, e das que fazem seguro da casa, apenas um décimo faz seguro de vida para o chefe da família, a pessoa que traz a maior parte do dinheiro para dentro de casa.
Hans Dieter alerta que é preciso olhar onde há o maior risco, e não a maior probabilidade porque não se faz seguro pela possibilidade de acontecer algo, mas pela possibilidade do dano que se pode ter.

Não é o mais caro

O presidente da Herco, Hans Dieter Didjurgeit, diz que o seguro de vida é mais barato, proporcionalmente, ao do veículo e da casa. Segundo ele, o seguro da casa custa um décimo do seguro do carro e o seguro de vida sai um décimo do seguro da casa.
No ano passado, Hans Dieter vendeu suas empresas, a corretora de seguros empresariais ADDMakler, a Herco, mais a ADD Avaliações para a MDS, uma corretora que é controlada pelo grupo Sonae, de Portugal, e a brasileira Suzano. Além de presidir o comitê de fusões da empresa, foi convidado para presidir a Herco, que atua no Brasil, Portugal, Angola e Espanha.
Entre os clientes da Herco estão as brasileiras CSN, Weg e a BRF Brasil Foods.

Comentários

comments

Envie seu Comentário