Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Médico e construtor de hospitais

18 de julho de 2010 2

O exercício da medicina com paixão levou um grupo de médicos de Florianópolis a se tornar empreendedor de clínica e hospitais privados. Primeiro foi a Clínica Imagem. Depois, o Baía Sul Medical Center e o Baía Sul Hospital Dia. Agora, é o Baía Sul Hospital, que atenderá pacientes de convênios e particulares e fará procedimentos de alta complexidade. Terá 90 leitos e deve ser inaugurado em outubro. Quem lidera esses investimentos, que somam mais de R$ 70 milhões, é o médico neurocirurgião Irineu May Brodbeck, que preside as duas empresas dos hospitais, que são sociedades anônimas com mais de duas dezenas de sócios cada entre médicos e empresários.
Além da oferta de serviços médicos de qualidade, os hospitais, no futuro, darão retorno superior a 1% ao mês aos investidores. Confiante na qualidade, Irineu não procurou hospitais de São Paulo quando descobriu que estava com câncer em glândulas sudoríparas. Foi operado por colegas da Capital no Baía Sul Hospital Dia, e também fez os tratamentos complementares na cidade.

Perfil

O neurocirurgião Irineu May Brodbeck, 56 anos, é presidente do Baía Sul Hospital Dia e do Baía Sul Hospital, na Capital; diretor-geral da Clínica Imagem e diretor financeiro da Unicred, a cooperativa dos médicos de Santa Catarina. Nascido em Tubarão e graduado em Medicina pela UFSC em 1977, fez residência em neurocirurgia em Montevidéu, no Uruguai (a melhor na época) e pós-graduação nos EUA. Se tornou empresário do setor de saúde em 1994, como um dos sócios da Clínica Imagem. Em 2000, foi um dos líderes do projeto do complexo Baía Sul Medical Center, conjunto de consultórios, e do Baía Sul Hospital Dia, aberto em 2004. Ano passado, assumiu a coordenação da construção do Baía Sul Hospital, que será inaugurado em outubro. É casado e tem dois filhos.

Como os negócios da área de saúde entraram na sua vida?
Irineu May Brodbeck – Nós éramos um grupo de neurocirurgiões que atendíamos em hospitais de Florianópolis. Com o avanço dos equipamentos para medicina diagnóstica, começamos a sentir necessidade de mais investimentos na área, mas os hospitais não podiam fazer essas aquisições. Então, em parceria com o Dr. João Nilson Zunino, do Laboratório Santa Luzia, e o Hospital de Caridade, abrimos, em 1994, a Clínica Imagem, anexa ao Hospital de Caridade, para fazer exames de alta complexidade, como ressonância magnética e tomografia computadorizada pelo SUS. Quatro anos depois, tínhamos uma fila de espera de um ano e meio. Então, abrimos unidade da clínica, em 1998, aqui na Rua Menino Deus, onde temos o complexo hospitalar.

Por que vocês investiram em um complexo hospitalar?
Irineu – Identificamos que havia alta demanda. Então, adotamos modelo americano, semelhante a shopping centers, já adotado na Bahia, que inclúi uma clínica de diagnóstico, consultórios médicos e um hospital-dia para facilitar o atendimento. Lançamos o projeto em 2000, inauguramos os consultórios em 2003 e, em 2004, o hospital. O investimento, só no prédio, ficou perto de R$ 30 milhões. O Baía Sul Medical Center tem cem consultórios e clínicas médicas, e o Baía Sul Hospital Dia, que é uma sociedade anônima, tem mais de duas dezenas de acionistas. Além da área física, tivemos que investir R$ 12 milhões em equipamentos e móveis no hospital.

Qual é a proposta para o novo Baía Sul Hospital?
Irineu – Estamos construindo novos pavimentos na parte superior do Hospital Dia (foto), que já tem 20 leitos. O novo hospital será de alta complexidade, terá mais 70 leitos, somando 90 no complexo, pronto- atendimento, nove salas de cirurgia e 15 leitos de UTI. O investimento total será de R$ 30 milhões e a maior parte dos acionistas é a mesma doBaía Sul Hospital Dia. Do total de recursos, R$ 25 milhões são capital próprio dos sócios e R$ 5 milhões de terceiros. Falta vender R$ 2 milhões.

O senhor também foi paciente do Hospital Dia?
Irineu – Fiquei doente. Tive um problema sério, carcinoma de glândula sudorípara, fiz cirurgia, radioterapia e quimioterapia. A cirurgia foi aqui no hospital, e o tratamento, na cidade. Agora opero menos. Divido o tempo com a gestão do complexo hospitalar.

Investir em hospital privado é um bom negócio?
Irineu – É um investimento com amadurecimento mais longo do que a maioria, mas é mais seguro. Eu sempre digo: se você abrir uma loja de pão de queijo, pode quebrar se, por acaso, abrirem mais três na mesma região. Mas um hospital tem que ser muito ruim para não dar certo. Um acionista de hospital fica, em média, três anos sem rentabilidade. A partir do quarto ano começa a ter retorno. Eu investi pensando no futuro da minha filha, para ela ter renda durante uns 40 anos. A remuneração de um hospital é estimada em mais de 1% ao mês para o capital investido.

Notas

Acionistas

Os médicos-sócios do complexo Baía Sul, em Florianópolis, tiveram que fazer esforço especial para obter os recursos para investimentos. Muitos contrataram empréstimos, outros venderam imóveis. Segundo o presidente dos dois hospitais – Baía Sul Hospital Dia e Baía Sul Hospital – Irineu Brodbeck, esse esforço é necessário porque o empreendimento está sendo feito agora. Daqui a quatro anos não haverá mais cotas à venda.

Gestão

Responsável pela neurocirurgia do Hospital Infantil Joana de Gusmão e atuando em outras instituições, Irineu não fez cursos de gestão para dirigir os negócios. A opção dos sócios foi contratar executivos profissionais. O coordenador- geral é um engenheiro mecânico. Incluindo o novo hospital, serão 500 empregos diretos. Há serviços terceirizados, mas a esterilização de roupas e materiais é própria e a cozinha também será.

Qualidade

O novo hospital vai colaborar para elevar o padrão dos serviços hospitalares da região, prevê Irineu Brodbeck.

– Vamos oferecer uma qualidade diferenciada. Teremos aqui, ao lado, no Baía Sul Medical Center, o suporte de mais de 200 médicos de diferentes especialidades. A cidade está crescendo e a gente deposita esperança na história do Eike (Batista). Achamos que vai ser importante para a cultura e o progresso – diz Irineu.

Comentários

comments

Comentários (2)

  • julia da silva wiggers diz: 23 de outubro de 2010

    Olá DR, Irineu.
    aDMIRO MUITO SUA CARREIRA NA MEDICINA .
    FIQUEI MUITO MAIS CONFIANTE E SEGURA COM AS INFORMAÇÕES QUE TIVE A RESPEITO DO SENHOR.
    MAS POR FAVOR ,QUEM LHE EMPLORA É UMA MENINA QUE COMPLETOU 10 ANO E ESTA NA ESPERA POR MINHA CIRURGIA.
    NÃO AGUENTO MAIS DR. OLHE POR MIM COMO SE FOSSE A ULTIMAS DE SUA PACIENTE, E QUE ATRAVÉS DA MINHA DIFICULTOSA CIRURGIA SEUS DADOS SERÃO 100PORCENTO MAIORES.
    O SNHOR SABE , NÃO É FACIL A MINHA CIRURGIA E SÓ UMA PESSOA COM SUAS QUALIFICAÇÕES PODE FAZER.
    POR FAVOR LHE EMPLORO ,LIGA E ME CHAMA PARA EU IR CORRENDO A SEU ENCONTRO BUSCAR A MINHA CURA JUNTAMENTE COM O MEU DEUS ISTO É O NOSSO DEUS QUE IMPLORO ATÉ OS DIAS DE HOJE A CADA MINUTO, POIS COM ESSA MINHA DIFERENÇA NÃO CONSIGO ME DESLIGAR QUE ESTOU NESTA ESPERA HÁ 10 ANOS.
    QUERO QUE DEUS CONTINUE NOS ABENÇOANDO E QUE LHE DÊ MUITA SAÚDE PARA SALVAR AINDA MUITAS VIDAS E QUE TODOS TENHÃO A SORTE QUE EU TIVE DO SENHOR ENTRAR EM MINHA VIDA .
    NADA É POR ACASO, BOTEI SEU NOME NO GOOGLE E LÁ APARECEU TODA SUA HISTÓRIA DE VIDA ONDE ME COMOVI COM SEU DESEMPENHO E FIQUEI AINDA MAIS CONFIANTE.ESTOU ESPERANDO COM MUITA ESPERANÇA E CERTEZA DE QUE O SENHOR VAI OLHAR POR MIM COM CARINHO.
    CARINHOSAMENTE A JULINHA QUE UM DIA QUASE MORREU DE MEDO ,POIS EM UMA DAS MINHAS CONSULTAS O SENHOR FALOU PARA OS MEUS PAIS QUE FUGIA DE MIM COMO O DIABO FUGIA DA CRUZ….KAKAKAKAKAKAKAK
    HOJE EU SEI QUE É MENOS COMPLICADA POIS AS TECNOLOGIAS VEM CRESCENDO E QUE O SENHOR É MAIS PODEROSO QUE ESTE BICHO FEIO E QUE DEUS ESTA PERTINHO DE NÓS DOIS ORIENTANDO NOSSOS PASSOS.
    NÃO É POR ACASO QUE ELE O DEUS TODO PODEROSO BOTOU O SENHOR NA MINHA VIDA.
    SAUDADES
    SE O SENHOR QUIZER CONVERSAR COMIGO MANDA UM E-MAIL FICARREI MUITO FELIZ

    ESTOU ESPERANDO O CHAMADO DA CIRURGIA COM MUITA FÉ, POIS AINDA VAMOS DRA MUITAS RISADAS NOS CORREDORES DO HOSPITAL INFANTIL.
    O SENHOR SABE NÉ NAÃO É SÓ 1 MAS VÁRIS CIRURGIAS.
    QUE DEUS ABENÇOE NÓS DOIS E MEUS PAIS PARA QUE ELES SEJAM FORTES COMO NÓS
    BEIJOS
    JULIA

  • lauri juvenal raulino diz: 18 de agosto de 2012

    Meu amigo estou lhe implorando uma ajuda para uma pessoa que esta sofrendo muito esta com travamento na coluna e não consegue um atendimento pois já esta mais deitada do que de pé, uma frase que o (falecido Bauru) me disse não saio do hospital não por dinheiro, mais por vidas e sofro também quando uma pessoa carente pede ajuda, mais não deixo transparecer, por favor atenda esta pessoa pois o seu convenio é o SUS e a sua situação é Grave
    Poderei já lhe mandar o laudo do exame que comprova o caso
    se poder ajudar entre em contato, comigo ou com ela diretamente
    temos amigos em comum
    aguardo seu retorno com urgência
    lauri juvenal raulino
    fone 4899181194
    voluntario sem fronteiras
    nome da pessoa
    ( Marli ), fone desta pessoa 48 99353380
    fale com ela ajude, por favor!
    o senhor é um excelente Professional e uma pessoa humana
    o caso é muito urgente
    está mensagem tem que chegar a você meu amigo
    lembrança a família em geral
    volta e meia falo com o Marcos Modesto seu amigo também

    mais uma vez lhe peço ligue para essa pessoa é muito Importante, um apelo a vida !

Envie seu Comentário