Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Déficit têxtil é de 62%

25 de julho de 2010 0

O déficit da balança comercial do setor têxtil brasileiro no primeiro trimestre deste ano alcançou Us$ 1,578 bilhão, 62,4% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. Segundo a Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), as importações totalizaram US$ 2,225 bilhões, com crescimento de 46,89% frente ao primeiro trimestre de 2009, e as exportações alcançaram US$ 674,7 milhões, com crescimento de 20% na comparação anual. A expectativa da Abit é de um déficit comercial de US$ 3 bilhões este ano, conforme informações divulgadas pelo O Estado de S. Paulo.

Este déficit ocorre em função da crescente importação de produtos asiáticos, especialmente da China, país que foi reconhecido pelo Brasil como economia de mercado e não enfrenta mais restrições para vendas aqui.

Empregos

O presidente da Abit, Aguinaldo Diniz Filho, diz que há crescimento das importações predatórias, especialmente em vestuário. Se não houvesse essa invasão asiática, o setor poderia oferecer bem mais empregos formais no Brasil. Apesar das dificuldades, o setor têxtil e de confecções abriu este ano 51.477 novas vagas. É o segundo maior empregador do Brasil, atrás, apenas, do setor de alimentos.

Comentários

comments

Envie seu Comentário