Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A moderna CDL que faz 50 anos hoje

28 de julho de 2010 0

Com o desafio de atender a Capital catarinense, a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Florianópolis (CDL) chega, hoje, aos 50 anos com tecnologia de ponta aos serviços e atenção maior para o associativismo. São 2,5 mil lojas onde trabalham cerca de 80 mil pessoas entre empresários, sócios e empregados, observa o presidente da entidade, Osmar Silveira, que há 20 anos atua no movimento lojista. Desse total, em torno de 30 mil são empregados com carteira assinada.

Foi a câmara de Florianópolis, fundada pelo empresário Moacyr Pereira Oliveira, que originou as demais 174 CDLs e a federação do setor. Para se ter idéia de como o setor está digital, apenas 3% das lojas associadas fazem consulta ao SPC por telefone. As demais usam o computador. Atualmente, de 30% a 40% das lojas usam cartão de crédito como meio de pagamento.  

Atenção ao futuro

Uma das principais características do varejo da Capital é o grande contingente de pequenas e microempresas. Conforme o presidente da CDL, Osmar Silveira, 95% das lojas são médias, pequenas e microempresas. Por isso, há uma disposição da entidade em garantir a continuidade desse perfil diversificado, que gera a renda de milhares de famílias, sem o avanço de grandes varejistas na região central, observa o empresário, que é sócio da Casa do Papel. Um dos fatos que preocupam a entidade é a ausência de grandes grupos locais de varejo. Há apenas um, e os demais são de fora.

Satisfação

A união dos lojistas garante avanços que seriam mais difíceis para as empresas obterem individualmente. Forte na defesa dos interesses do setor nas esferas políticas, a CDL também ajuda a melhorar a formação e qualidade de vida dos trabalhadores. Oferece cursos de capacitação, assessoria jurídica, plano de saúde e outros serviços.

Comentários

comments

Envie seu Comentário