Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Tigre compra fábrica no Equador

29 de julho de 2010 0

A multinacional catarinense Tigre acaba de anunciar a compra da indústria equatoriana Israriego, o que permitirá duplicar a sua participação no mercado daquele país. A exemplo de outras aquisições, a companhia não divulgou o valor do negócio.

Leia a notícia divulgada pela empresa:

A Tigre, líder no mercado brasileiro de tubos e conexões e em diversos países da América Latina, adquire a planta e os ativos de produção de tubos de PVC da equatoriana Israriego. Com esta compra, a Tigre soma 8% ao seu market share, principalmente no segmento de irrigação. Desta forma, a empresa fortalece sua atuação no Equador, agregando uma área de 15 mil m², e aumenta sua capacidade produtiva em tubos de PVC. A Israriego é controlada pela Plastro, recentemente comprada pela Deere & Co.

Essa negociação está relacionada à estratégia da Tigre de expansão internacional acelerada e consolidação da liderança em todos os mercados onde o Grupo atua. A Tigre está presente em Quito com uma unidade fabril e um Centro de Distribuição desde 2007, e tem registrado um crescimento expressivo. Comparando janeiro a junho de 2010 com o mesmo o período do ano passado, a Tigre Equador apresenta um crescimento de 61%.

 “Com esse investimento teremos um posicionamento mais fortalecido naquele país e nos demais mercados da América do Sul”, declara Maria Aparecida Hallack, vice-presidente da Tigre de Negócios Internacionais. Vale ressaltar que a Tigre Equador agregará também uma eficiente rede de distribuição, fazendo com que consumidores (final e revenda) tenham uma gama mais completa de produtos e serviços.

 Tigre e sua atuação no exterior

 A Tigre está entre as 10 empresas brasileiras mais internacionalizadas segundo o estudo da Fundação Dom Cabral, “Transacionais Brasileiras 2010”, pelo segundo ano consecutivo. Hoje, possui 12 fábricas no exterior, concentradas no continente Americano, e mantém negócios com mais de 40 países, que representam 25% de seu faturamento anual (em 2009, a Tigre registrou receita de R$ 2,3 bilhões). No primeiro semestre de 2010, o Grupo Tigre teve crescimento de 34% e duplicou o seu resultado operacional, em relação ao mesmo período de 2009, em todas suas unidades no exterior.

 A TIGRE NO EXTERIOR

Número de fábricas: 12 (Argentina, 2 na Bolívia, 3 no Chile – incluindo as plantas da joint-venture TigreADS, Colômbia, Equador, Peru, Estados Unidos, Paraguai, Uruguai)

Funcionários no exterior: 1.500

Contratações no exterior em 2009: 200 colaboradores

 SOBRE A TIGRE

A Tigre é a multinacional brasileira líder absoluta na fabricação de tubos, conexões e acessórios em PVC no Brasil, na maioria dos países da América Latina e uma das maiores do mundo. Referência nos mercados Predial, de Infraestrutura, Irrigação e Indústria, é reconhecida também pela sua cultura de valorização das pessoas. Fundada em 1941, tem 8 plantas no Brasil, incluindo fábrica de Pincéis (pincéis Tigre), perfis de PVC (Claris) e acessórios (Plena), e 12 no exterior (Argentina, Bolívia (2), Chile(3), Colômbia, Equador, Peru, Estados Unidos, Paraguai, Uruguai). Conta com 6.250 funcionários e mais de 300 mil toneladas de produtos são fabricados anualmente. O faturamento em 2009 foi de R$ 2,3 bilhões.

 

Comentários

comments

Envie seu Comentário