Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ex-donos da Perdigão são denunciados por sonegação

25 de agosto de 2010 0

Os empresários Flávio Brandalise e Saul Brandalise Jr., mais Ivan Orestes Bonato, ex-sócios do Grupo Perdigão, foram denunciados pelo Ministério Público Federal por sonegação fiscal de R$ 693,798 milhões. As fraudes foram praticadas com esquema envolvendo diversas empresas controladoras do Grupo Perdigão até 1994, quando foi vendido para fundos de pensão e a Weg.

A maior sonegação, no valor de R$ 543 milhões, ocorreu com a simulação de um empréstimo obtido no exterior pela empresa Perbon para ocultar rendimentos no Brasil. O procurador da República em Caçador, autor das denúncias, Anderson Lodetti Cunha de Oliveira, diz que o empréstimo foi para mascarar rendimentos ocultos do fisco federal. Segundo o Ministério Público, bens em nome dos filhos desses empresários, fruto da atividade ilegal, poderão ser confiscados.

Atualização

Segundo o Ministério Público, as dúvidas fiscais, em valores atualizados, somam mais de R$ 750 milhões.

Comentários

comments

Envie seu Comentário