Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Faltam as propostas econômicas

25 de outubro de 2010 0

A uma semana do segundo turno da eleição, os candidatos à Presidência da República, Dilma Rousseff e José Serra, ainda não revelaram claramente as suas propostas para a área econômica. Não é por falta do que fazer. Há uma guerra cambial no mundo e o risco de o Brasil ser inundado por moedas de fora, os gastos públicos federais estão crescendo de forma acelerada e o país precisa de reformas com urgência para se tornar mais competitivo e evitar riscos futuros.

Com a reforma fiscal, o país teria um melhor controle dos gastos do dinheiro dos impostos e a reforma tributária deveria reduzir a burocracia, distorções, e iniciar uma redução da carga de impostos. A reforma trabalhista é importante para reduzir custos sobre a mão de obra e incluir os quase 50% dos trabalhadores brasileiros que estão na informalidade, enquanto a da Previdência precisa ser feita para evitar que, no futuro, o país tenha problemas como os da Grécia e da França, com uma conta quase impagável. Como os candidatos não abrem o jogo, o eleitor terá que votar deduzindo o que farão com base nas suas trajetórias até aqui.

Comentários

comments

Envie seu Comentário