Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Fecomércio faz sua primeira missão empresarial à China

15 de agosto de 2011 0

Com o propósito de facilitar o acesso a conhecimentos e identificação de oportunidades de negócios com o mercado chinês, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de SC (Fecomércio) iniciou sábado a sua primeira missão empresarial à China. Na agenda, as cidades de Xangai, Yiwu e Pequin. Em Yiwu, os empresários visitarão exposições permanentes de fornecedores para o mundo todo. O grupo, liderado pelo vice-presidente da Fecomércio, Célio Spagnoli,  é integrado por 17 pessoas, incluindo lideranças da entidade, empresários do comércio e turismo e executivos do setor público. Entre os participantes estão o presidente da Câmara de Turismo da entidade, João Eduardo do Amaral Moritz, o presidente da Associação Catarinense de Supermercados (Acats), Adriano Santos e os vice-presidentes da Fecomércio, Amarildo José da Silva e Atanázio dos Santos Netto.

Varejo importa

Diante do dólar baixo e da terceirização da produção na China por boa parte das indústrias, empresas do comércio também ampliam compras na Ásia. O presidente da Fecomércio/SC, Bruno Breithaupt, reconhece que é preciso garantir empregos na indústria brasileira, mas reconhece que os preços são muito competitivos lá fora. O Grupo Breithaupt, do qual é acionista, que atua com lojas de materiais de construção, supermercados e shopping, importa da China. Um dos itens é o porcelanato, comprado por meio de um grupo formado por nove empresas brasileiras que não concorrem entre si. Supermercados de SC também se uniram para fazer importações em conjunto.

Setor turístico

O presidente da Câmara de Turismo, João Moritz, diz que o mercado chinês pode ser importante para o turismo de SC em dois focos, o de investimentos em equipamentos  turísticos e o de atração de visitantes. Por isso leva as alternativas de investimentos apresentadas no evento do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), realizado em Florianópolis em 2009 para mostrar aos chineses. Há interesse, também, de fazer parceria com operadora de turismo.

Comentários

comments

Envie seu Comentário