Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Diário da China

19 de agosto de 2011 0

Gargalos no atacadão

Apesar dos investimentos acelerados na China, há muito o que fazer por aqui também em infraestrutura. A cidade de Yiwu, maior atacado do mundo,  visitado ontem pela comitiva da Fecomércio/SC, têm um trânsito caótico, engarrafado, onde poucos respeitam semáforos. O Heitor Fiorotto, supervisor da UCB Turismo, de São Paulo, que atende a Fecomércio pelo China Trade Center, aponta a falta de bons restaurantes e locais para lazer à noite na cidade, que fica na província de Zhejiang.

 Infância

O chinês faz tudo para economizar. Um dos costumes que surpreendem aqui é que boa parte das mulheres trabalha acompanhada do filho (a) ou filhos(as), em centros comerciais. É comum ver criança de 1 ano ou pouco mais brincando com pilhas de teclados de computadores, dormindo sobre cadeiras ou no chão de estandes. Acabam ficando sem uma infância ideal nos conceitos ocidentais, mas isso explica um pouco o foco dos chineses nos negócios. Na foto, menino dorme ao lado de computadores no estande onde sua mãe trabalha.

Compras

O diretor de Economia da Secretaria de Articulação Internacional, Amil Hamad, 26 anos, acompanhou o grupo que buscou eletrônicos ontem, em Yiwu. Engenheiro mecânico pela UFSC e atento à tecnologia, ajudou a identificar produtos de qualidade.

Comentários

comments

Envie seu Comentário