Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Medalhista de ouro do World Skills tem rotina de estrela

22 de outubro de 2011 0

Natã Barbosa (E), de Joinville, estudante do Senai/SC e programador da multinacional joinvilense NeoGrid, primeiro catarinense a conquistar medalha de ouro no torneio de ensino técnico mundial  World Skills, está com uma rotina de estrela desde que chegou da competição em Londres, no último dia 10. Ganhou festa na empresa, ao lado do seu presidente, Miguel Abuhab (E), e, ontem, foi homenageado pelo presidente da Fiesc, Glauco José Côrte (na foto abaixo, à esquerda), e pelo diretor do Senai, Sérgio Arruda (D), com direito a presença surpresa dos seus familiares. 

Além disso, o Senai ofereceu a ele curso de graduação em qualquer universidade do Brasil, à sua escolha. O jovem, que foi o número um do mundo em web design, também está atendendo alta demanda por entrevistas, como esta que concedeu ao blog. A atuação de Natã e dos outros dois medalhistas do evento, são exemplos ao país de que é possível estar entre os primeiros do mundo em educação. O Brasil ficou em segundo lugar na competição, atrás, apenas, da campeã Coreia do Sul.

Quantas horas você praticava por dia para essa competição e como era esse treino?

Natã Barbosa – Eu me preparei para esse torneio por mais de dois anos e, no último ano, intensifiquei o treinamento, quando comecei a praticar por cerca de quatro horas por dia, inclusive aos sábados. O meu treinamento era composto de simulados e estudos técnicos que poderiam ser questionados durante a competição.Como essa era uma competição de prova prática, além da parte técnica, eu treinei muito a repetição de tarefas para conseguir executar tudo com velocidade e ainda sobrar tempo para a revisão que é a parte mais importante do processo.

O que você vai fazer agora? Vai continuar na mesma empresa, no mesmo cargo? Foi promovido?

Natã Barbosa - Pretendo, no próximo ano, começar a minha graduação. O SENAI me ofereceu uma bolsa de estudos em qualquer universidade que eu queira no Brasil. Tenho planos também de futuramente estudar fora do país por um tempo. Em 2008, eu fui classificado para a etapa estadual da competição, em 2009 para a etapa nacional e recebi uma promoção da NeoGrid nesta fase. Fui promovido dois meses antes da competição mundial, o que significa bastante para mim. Eu gosto muito de trabalhar na NeoGrid, em especial pelo apoio e pelo reconhecimento com o meu trabalho, pretendo continuar trabalhando aqui por mais um bom tempo.

O que mudou na sua vida depois da premiação?

Natã Barbosa – Mudou muita coisa, desde que cheguei de Londres eu não parei. Mas é gostoso receber o reconhecimento das pessoas, dar entrevistas à imprensa para contar como foi participar da competição.

Você estudou no Senai? Qual curso fez e quando?

Natã Barbosa – Estudei no SENAI entre 2008 e 2009, fiz o curso de técnico em informática.

Como se deu o apoio da NeoGrid? Você era liberado para praticar, recebeu algum benefício?

Natã Barbosa – Da NeoGrid eu sempre recebi todo o apoio para me preparar para a competição. Tiveram total flexibilidade quando eu precisava me ausentar para treinar, às vezes, para fazer simulados que demandavam cerca de uma semana do meu tempo. Nunca encontrei impedimentos, pelo contrário.

Sobre a NeoGrid

A NeoGrid é uma empresa global com presença em 34 países e em cinco continentes, especializada em prover soluções para gestão da cadeia de suprimentos e demanda. Desde 2006, a companhia assumiu a liderança do mercado brasileiro de Supply & Demand Chain, acumulando um crescimento de 160% nos últimos 4 anos. Uma empresa que não para de crescer, integrando mais de 200 mil empresas em todo o mundo em uma malha de clientes que abriga 7 das 10 maiores redes varejistas do mundo, dentre elas (Carrefour, Casino, Marks & Spencer, Walgreens).

Sobre o Senai/SC

Braço de ensino técnico e profissionalizante do Sistema Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), o Senai/SC é um dos que se destacam no Brasil pela excelência do ensino que ministra, inovação em gestão e equipamentos para o ensino. Iniciou este mês, de forma pioneira, a oferta de cursos técnicos gratuitos de curta duração para estudantes da rede pública do segundo grau, se antecipando ao programa Pronatec, de ensino técnico gratuito, que será desenvolvido pelo governo federal. Segundo o diretor do Senai, Sérgio Arruda, 90% dos estudantes que saem da institução conseguem colocação no mercado de trabalho em curto período.

Comentários

comments

Envie seu Comentário