Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 17 dezembro 2011

BMW diz que decisão sobre fábrica no Brasil está próxima

17 de dezembro de 2011 0

O presidente (CEO) da BMW, Norbert Reithofer, disse que a empresa está perto de tomar a decisão final sobre a localização da unidade que fará no Brasil. A informação é do jornalista Álvaro Campos, da Agência Estado. Com essa sinalização, pode ser que a montadora não vai esperar decisões do governo brasileiro, no ano que vem, sobre a nova política automotiva que será adotada a partir de 2013. Dá para concluir que a BMW já tem as informações necessárias. A torcida, aqui no Estado, é grande para que a escolha seja pelo Norte catarinense.

Confira a matéria da Agência Estado 

MUNIQUE – O executivo-chefe da montadora alemã BMW, Norbert Reithofer, disse que a companhia está perto de uma decisão final sobre a localização da nova fábrica que pretende construir no Brasil. Anteriormente, havia sido anunciado que uma decisão seria divulgada ainda este ano. 

Falando sobre as operações globais da montadora, Reithofer disse que o ímpeto de crescimento observado este ano deve continuar em 2012. “Nós ainda estamos otimistas sobre o segmento de carros de luxo nos EUA, e também esperamos um crescimento na China nos seis primeiros meses de 2012″.

Ele também afirmou que o mercado europeu provavelmente crescerá levemente no ano que vem, uma análise mais otimista do que a expressada por outras montadoras. Mas Reithofer reconheceu que essa previsão é baseada na suposição de que a crise econômica não piore ainda mais. As informações são da Dow Jones.

SC lidera a redução da pobreza no país

17 de dezembro de 2011 0

O índice de pobreza de Santa Catarina caiu de 19% da população em 1990 para 11% em 2009, quase 20 anos depois, o que confirma que o Estado foi o que mais reduziu, proporcionalmente a pobreza. Esses números são mostrados no estudo sobre Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio – Santa Catarina, lançado este mês pelo Movimento Nós Podemos Santa Catarina (MNPSC), que reúne entidades públicas, empresas, organizações da sociedade civil, universidades e prefeituras. Apesar dos avanços, o movimento alerta que o Estado ainda tem cerca de 800 mil pessoas nessa condição e, destas, 102 mil têm renda inferior a R$ 70 por mês, o que significa que há muito por fazer.

A intenção do movimento é conseguir mais apoio da sociedade para que Santa Catarina possa atingir as Metas do Milênio, também conhecidas como Oito Jeitos de Mudar o Mundo, cuja meta da Organização das Nações Unidas (ONU) é erradicar a pobreza do mundo até 2015. AS oito metas são acabar com a fome, melhorar a educação, promover a igualdade entre os sexos, reduzir a mortalidade infantil, melhorar a saúde materna, combater a Aids, a malária e outras doenças, garantir a sustentabilidade ambiental e estabelecer uma parceria mundial para garantir as condições de desenvolvimento.

Atrás da OCDE

Apesar de ter a melhor distribuição de renda do país, Santa Catarina está longe do desenvolvimento registrado pelos países da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que reúne 34 países com economias de alta renda. Segundo o estudo do movimento, o Estado não está bem em termos de empregos para mulheres, saneamento e acesso à internet. O estudo está sendo encaminhado para prefeituras, governo e instituições para que tomem medidas visando ao maior desenvolvimento. A versão digital do estudo pode ser obtida no sec.mnpsc@gmail.com.