Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Solda naval para a OSX

28 de dezembro de 2011 0

O Sapiens Parque vai abrigar o braço catarinense do Instituto Tecnológico Naval (ITN), da empresa OSX, de Eike Batista. O ITN firmou parceria com a empresa Welle Laser, dos gêmeos Rafael e Gabriel Bottós, e com a UFSC, para pesquisa de solda a laser para plataformas de petróleo. O projeto terá investimento de quase R$ 3 milhóes. A Welle é uma empresa da Incubadora Celta, baseada no Parque Tecnológico Alfa, em Florianópolis.

 Empresa da EBX avança

 A companhia OSX, do grupo EBX, de Eike Batista, que concentrou atuação no Rio após abandonar o projeto do estaleiro em Santa Catarina no final de 2010, encerra 2011 com avanços. Em julho, começou as obras da unidade de construção nava no Açu, o maior estaleiro das Américas, em parceria com a Hyundai Heavy Industries e, além disso, obteve financiamento da Marinha Mercante de R$ 2,7 bilhões para a unidade fabril. Também constituiu o Instituto Tecnológico Naval e inaugurou, em outubro, a sua primeira unidade de produção, a FPSO OSX-1, que vai extrair o primeiro petróleo da OGX, empresa do mesmo grupo, em breve.

A companhia avançou também nos outros projetos para extração de petróleo. O FPSO OSX-2, obteve financiamento de US$ 850 milhões junto a um sindicato de bancos nacionais e internacionais. A empresa ainda assinou o contrato para a construção do FPSO OSX-3 e divulgou seu plano de execução 2011-2015.  

A carteira de encomendas da cliente OGX para a OSX foi ampliada, com a confirmação de cinco FPSOs (Unidade Flutuante de Produção, Armazenamento e Transferência de Óleo e Gás) e duas WHPS (plataformas fixas), o que garante contratos de US$ 5 bilhões.

Apesar dos investimentos elevados em outras alternativas energéticas, o petróleo vai continuar como uma das fontes principais do mundo, especialmente para veículos, por isso o setor segue com amplos projetos como este e o pré-sal brasileiro.

Comentários

comments

Envie seu Comentário