Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Senado vai elaborar lei para exploração de riquezas minerais

24 de maio de 2012 0

A exploração intelingente do subsolo, com geração de altos valores em riquezas minerais que o mercado denomina terras-raras, vai ganhar novo impulso no país. O Senado acatou sugestão do senador Luiz Henrique e aprovou a criação de uma subcomissão temporária na Comissão de Ciência e Tecnologia para elaborar projeto de lei do Marco regulatório da mineração e exploração de terras-raras no Brasil. Elas consistem em 17 elementos químicos vitais para a tecnologia de alta complexidade e de ímãs indispensáveis na fabricação de novos produtos, desde um simples secador de cabelos até as sofisticadas ressonâncias magnéticas e tomografias computadoreizadas. 

Na avaliação do parlamentar, o Brasil já perdeu grandes oportunidades de estar entre as nações detentoras da energia atômica e de integrar o Conselho de Segurança da ONU, justamente por não dominar a produção científica e tecnológica na área nuclear. Segundo ele, o país não pode perde também a tecnologia de exploração desses elementos para entrar em um novo ciclo de produção industrial. O ex-governador catarinene ressalta que esse mercado de terras-raras é bilionário e vai gerar um faturamento anual da ordem de US$ 9 bilhões em 2013. Conforme especialistas, jazidas desses minerais estão de norte a sul do país, o suficiente para o mercado interno e para exportar.

Luiz Henrique explica que as terras-raras são excelentes condutores de eletricidade e de calor altamente magnetizáveis. São usadas na moderna indústria de tecnologia para itens como iPhones, iPods, Led`s, Laptops, lasers, tablets, TVs digitais, ressonância magnéticas, tomógrafos, superímãs, carros híbridos e painéis solares.

Comentários

comments

Envie seu Comentário