Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O promissor negócio das microalgas

29 de junho de 2012 3

A Séston Biotecnologia, de Florianópolis, investe em microalgas para diferentes mercados porque podem ser usadas para produzir biodiesel de aviação, purificação do ar e em segmentos de indústrias químicas, nutracêuticas, alimentação humana e animal, fármacos e cosméticos. Fábio Neves, um dos empreendedores e diretor de tecnologia e inovação da empresa, diz que o foco atual é uma microalga nativa de Santa Catarina, que se profilera mais rápido e produz uma quantidade maior de óleo se comparada com outras. A microalga seca e triturada se transforma em biomassa que pode ser combustível. A produção é em tanque (foto) e, atualmente, a liderança nesse segmento de microalgas está com os EUA. Segundo Neves, a empresa conta com apoio da UFSC e já tem dois parceiros privados, a catarinense Phytomare e a Algae Tech International, da Malásia.

Comentários

comments

Comentários (3)

  • Bernardo Cardoso diz: 30 de junho de 2012

    Mesmo que o famoso efeito estufa não seja criado pelo homem, a busca de petróleo em si em novas fronteiras, como em águas oceânicas profundas, poderá gerar desgraças ambientais catastróficas.

    Muito interessante a ideia dos empreendedores uma vez que pode substituir o petróleo como conhecemos.

    Parabéns!

  • Fabiana Hargreaves diz: 30 de junho de 2012

    Muito interessante este trabalho. O cultivo de microalgas é um mercado bastante promissor. O produto final pode ser usado como matéria prima para diversas indústrias, além das citadas no artigo, como por exemplo a têxtil na produção de corantes naturais.
    Em todas, se apresenta como uma alternativa mais sustentável e consequentemente com ótimo potencial em tempos de mudanças e de Rio+20.
    Parabéns pela iniciativa e fico na torcida para o sucesso do empreendimento.

  • Vera Lucia Bellin Mariano diz: 22 de agosto de 2012

    Não tenho dúvidas de que microalgas farão parte do nosso futuro. A biomassa úmida resultante de seu cultivo nos leva a acreditar que tudo será possível. Estamos realizando um projeto a nível escolar e é muito gratificante. abs

Envie seu Comentário