Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Um Google de negócios

24 de setembro de 2012 0

O ClicBusiness, rede para compras eletrônicas empresariais que funciona como um Google para negócios, criada na Paradigma, de Florianópolis, agora virou empresa. Denominada ClicBusiness Software SA, recebeu aporte de R$ 1,8 milhão do Fundo SC. O idealizador do novo negócio, Gérson Schmitt, projeta faturamento bilionário para o futuro. A estreia será em outubro.

Como o ClicBusiness começou?

Gérson Schmitt – Em 2008, nós anunciamos a alguns clientes que tínhamos a intenção de criar uma rede de negócios para conectar portais de compras eletrônicas. Eles gostaram, criamos um grupo de usuários e, em 2009, nós começamos, junto com esses clientes, a fazer o desenvolvimento do projeto até 2011, quando colocamos no ar a primeira versão. E, 18 meses depois, chegamos a 17 portais, mais de 200 unidades comprando eletronicamente e mais de 60 mil fornecedores no banco de dados. Além disso, temos uma lista de serviços para executar.

Por que criar uma nova empresa?

Schmitt – O projeto deu muito certo. Por isso decidimos abrir a nova empresa, a ClicBusiness Software SA. Outra razão é que ela tem uma natureza diferente da Paradigma, que é uma empresa de tecnologia de plataforma de software. A ClicBusiness é de relacionamento de portal. Os portais conectados a ela já movimentaram R$ 20 bilhões.

Vocês terão aporte de capital?

Schmitt – A ClicBusiness fez spin off (se tornou empresa) em julho e, este mês está recebendo aporte do Fundo SC, composto por recursos da Finep, Celos, SCPar, Intelbras, WEG e outros. Também há a administradora mineira FIR e a BZPlan, de SC. O fundo vai entrar com R$ 1,8 milhão, o que dá uma participação de 18%. Avaliaram o nosso negócio em R$ 10 milhões.

É um projeto pioneiro?

Schmitt – Acreditamos que é um projeto pioneiro. Estivemos na Europa, EUA e pesquisamos pela internet. Até agora, não encontramos nenhuma rede de colaboração de negócios na área de portal de compras. No início do ano que vem, estaremos com a primeira versão comercial robusta do sistema. Com sede no Corporate Park, a empresa será inaugurada em outubro. O modelo é uma espécie de Google para negócios. Quem busca fornecedor na internet sabe o sofrimento que é. Num processo de compra é lento e improdutivo. E nós estamos colocando os fornecedores à disposição. Começamos o trabalho com a Totvs este ano. Ela já fez cinco vendas.

Quanto vai custar aos usuários?

Schmitt – Só vamos começar a cobrar no mês de outubro ou novembro. Os clientes vão receber usuário e senha para acesso e pagarão mensalidade de R$ 90, menos de R$ 1 mil por ano. No início haverá uma promoção. A Totvs, nossa parceira, tem 26 mil ERPs. Se 40% desses clientes aderirem ao ClicBusiness 40%, teremos receita superior de R$ 1 bilhão em alguns anos.

Como está a Paradigma?

Schmitt – Muito bem. Vai crescer 40% este ano e faturar R$ 12 milhões. Estamos bem no mercado e temos clientes que estão nos levando para o exterior. Já estamos no México e na Colômbia.

Empreendedor

O empresário Gérson Schmitt, 51 anos, nasceu na Ilha de SC. É administrador pela Esag, tem mestrado em Administração pela FGV/SP e curso na Escola de Economia de Estocolmo, na Suécia. Além de fundador da Paradigma e da ClicBusiness, presidiu a Battistella e foi diretor do grupo Dass. Hoje, também preside a Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes).

Aventureiro

Adepto de passeios junto à natureza, com frequência Gérson convida os filhos para acompanhá-lo em caminhadas. É casado com Judith Schmitt, pai de Camila e Pedro Henrique. Com 18 anos e estudando Medicina, Camila é mais urbana. Mas Pedro Henrique, 14 anos, é companheiro para percorrer trilhas na Ilha ou fazer passeios junto à neve na Patagônia. O empresário já fez viagem ao Canadá, com amigos, para andar de snowmobil (moto na neve).

Darwinista

A natureza também dá aulas de gestão, na avaliação de Gérson Schmitt, que é atento ao darwinismo. – Eu acredito nas coisas que a gente aprende com a natureza. Eu adoto a política do tubarão para as decisões do dia a dia. O tubarão é o animal mais bem-sucedido da história.Tem sensores bons para olfato, visão e percebe uma presa a quilômetros. Para chegar até ela, ele faz uma somatória de pequenos erros, mas atinge seu objetivo. A gestão eficaz também é assim – compara. Schmitt recusou convites para presidir empresas para focar o projeto pessoal.

Comentários

comments

Envie seu Comentário