Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Por que o marketing do vinho brasileiro no Carnaval

30 de setembro de 2012 0

Santa Catarina foi o Estado escolhido pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) para lançar a campanha 2013 de projeção dos vinhos do país por meio do tema-enredo da escola de samba paulista Vai-Vai. O lançamento, quinta  à noite, na Fiesc, reuniu os produtores catarinenses e integrantes da escola. Entre os presentes, Acari Amorin, da vinícola Quinta da Neve (E), Walter Kranz, da vinícola Kranz (segundo à esquerda) e Wandér Weege, da vinícola Pericó (D).

Segundo o empresário Walter Kranz, presidente da Coopervitis, a cooperativa criada pela Associação Catarinense dos Vinhos Finos de Altitude (Acavitis), o objetivo, com o projeto Vinhos do Brasil, é mostrar aos brasileiros e estrangeiros que o país tem vinhos de qualidade, produzidos em várias regiões. E a maior festa para fazer essa projeção, tanto no Brasil quanto no exterior, é o Carnaval. SC, com os vinhos de altitude, é o segundo maior produtor do país, atrás do RS. Atualmente, elabora cerca de 1 milhão de garrafas por ano e investe para avançar no enoturismo, que apresenta grande potencial em função, também, das belezas naturais da Serra Catarinense.

O Instituto Brasileiro do Vinho, que tem sede no Rio Grande do Sul, decidiu fazer uma promoção conjunta no país porque hoje a produção conta com a participação de novas regiões. Entre elas, além de SC, estão o Vale do São Francisco, no Nordeste, Minas e São Paulo. O foco é chamar a atenção dos consumidores para os vinhos de qualidade feitos no país. Isto porque a concorrência com importados é acirrada. Atualmente, segundo o instituto, 80% do vinho consumido no país é impotado.

O marketing do Carnaval começou em fevereiro deste ano, quando o produto foi o tema-enredo de uma ecola de samba de Porto Alegre. Em 2013, será o tema da maior escola de samba de São Paulo, a Vai-Vai, que abre a folia brasileira, alcançando projeção no mundo inteiro já que é uma festa diferente, por isso é notícia internacional. E em 2014, o vinho brasileiro será o tema da tradicional escola de samba Beija Flor, do Rio de Janeiro, cidade que faz o maior Carnaval do Planeta.

Walter Kranz vê um grande potencial no mercado brasileiro. Observa que enquanto na Europa o consumo per capita de vinho fica em torno de 30 a 40 litros por ano, no Brasil é de apenas dois litros por ano.

Comentários

comments

Envie seu Comentário