Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Dilma defende a busca do primeiro lugar mundial em olimpíada de ensino técnico

15 de novembro de 2012 0

Apesar de não aparecer bem nas avaliações mundiais do ensino tradicional, o Brasil está quase no topo do ensino técnico industrial. Prova disso foi a conquista do segundo lugar na concorrida disputa internacional World Skills, realizada na Inglaterra em 2011. A próxima será este ano e a presidente Dilma, ontem, na abertura da fase nacional da competição, colocou o desafio para os representantes do país, depois dessa etapa, buscarem o primeiro lugar lá fora.

A presidente participou do evento com lideranças da indústria brasileira, entre as quais Glauco José Côrte (foto), do Sistema Fiesc. Segundo ele, a presidente falou da importância da indústria para a economia e mostrou otimismo com os centros de inovação que estão sendo implantados em parceria pelo Senai e o governo federal, com recursos do BNDES. Dilma também agradeceu a parceria do setor com o novo programa Pronatec, que oferece ensino técnico gratuito no país. Segundo ela, o governo buscou a competencia do sistema para ampliar a educação técnica. Das 2,2 milhões de vagas oferecidas pelo Pronatec, no ano que vem, no país, 1,6 milhões são pelo Sistema “S”, especialmente o Senai e o Senac.

Comentários

comments

Envie seu Comentário