Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Celesc pode questionar perdas na Justiça

28 de novembro de 2012 0

A informação do governo federal, ontem, de que poderá rever alguns detalhes sobre as exigências da MP 579 para a renovação de concessões de usinas, não mudou a posição da Celesc, que tem sete PCHs incluídas na medida. Segundo o diretor financeiro da estatal, André Rezende, o departamento jurídico está estudando medida judicial para questionar o valor oferecido à PCH Peri, que recebeu investimento superior a R$ 100 milhões.

A assembleia geral de acionistas da Celesc será realizada sexta, às 14h. A expectativa é de que eles decidam o mesmo da diretoria e do conselho de administração, ou seja, rejeitem a renovação das concessões nos valores de remuneração oferecidos pela PM 579. Não haverá desemprego porque os servidores das unidades pertencem à Celesc Distribuição.

Comentários

comments

Envie seu Comentário