Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Seminário sobre carne de SC registra alto interesse no Japão

22 de junho de 2013 0

A histórica reabertura do mercado japonês à carne suína catarinense não anima somente a agroindústria do Estado. O seminário promovido pela Federação das Indústrias de SC (Fiesc), em Tóquio, na próxima sexta-feira, seguido de uma rodada de negócios, já registra 70 inscrições de empresários e executivos japoneses, informa o diretor de Relações Industriais da federação, Henry Quaresma. A missão catarinense ao país asiático será mista, dos setores público e privado, com as participações do governador Raimundo Colombo e do presidente do Sistema Fiesc, Glauco José Côrte. Na avaliação de Quaresma, a conquista do Japão será um divisor para o avanço do agronegócio do Estado, especialmente para o Oeste, que enfrenta uma série de dificuldades. Por isso a importância de o governador participar da assinatura do acordo de exportações com os japoneses. Para Colombo, essa abertura vai gerar uma revolução ao setor. É, talvez, a melhor notícia dos últimos 20 anos para os produtores de carne suína. O evento da CNI e governo federal, que seria quinta, foi cancelado. Mas, pela importância das exportações de carnes ao Japão, SC manteve o seu. Ucrânia reabre O Ministério da Agricultura confirmou ontem a reabertura do mercado da Ucrânia à carne suína brasileira. Um dos maiores compradores do produto, o país havia suspendido os negócios em março alegando ter encontrado bactérias em produtos exportados por SC e RS. A decisão reduziu em 18% as exportações do produto em maio.

Comentários

comments

Envie seu Comentário