Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Governo oficializa parceria com Japão para abertura do mercado à carne suína

28 de junho de 2013 4

Para selar a parceria com o Japão, o governador Raimundo Colombo assinou e entregou documento no qual do Estado promete cumprir todas as exigências das autoridades sanitárias do país. O governador foi recebido pelo vice-ministro sênior do Ministério da Agricultura, Yoshito Kajiya. Segundo o vice-ministro, a parceria resultou do trabalho das duas partes e o objetivo é manter diálogo permanente. (Foto: Antonio Carlos Mafalda, Divulgação, Secom)

Comentários

comments

Comentários (4)

  • emir peron diz: 28 de junho de 2013

    Finalmente foi reconhecido o produto de Santa Catarina que sempre feito com muito capricho e dedicação pelos nossos agricultores que tratam melhor seus suínos que muitos pais de seus filhos. Cumpridas todas as exigências de sanidade e manejo, o resultado seria mesmo o reconhecimento e a aceitação pelos outros países do mundo. Esperamos que o Japão seja penas o começo e que outros países sigam o exemplo

  • Luis diz: 28 de junho de 2013

    Podia começar regularizando a carreira de fiscal para os veterinários da Cidasc e contratar mais uns 150 veterinários, pois com a Cidasc sucateada como está esse mercado não vai ficara aberto muito tempo.

  • Veronica diz: 29 de junho de 2013

    A abertura do mercado japonês significa que o preço da carne no mercado interno irá aumentar, pois a demanda japonesa será maior e o produtor, ou melhor, o exportador, receberá em dólares. Não creio que os produtos destinados ao Japão virão de aumento de produção, e sim do ‘desvio do destino da produção’. Isso implica, maior preço para os consumidores internos. Ou não?

  • VScheidt diz: 29 de junho de 2013

    Uma das mais importantes parceria que Santa Catarina devia fazer com o Japão é a construção de estradas. Assim o povo catarinense iria conhecer a qualidade e rapidez na construção. Não essa obras de meia boca que duram 2 a 3 anos e com muita manutenção.

Envie seu Comentário