Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Migração de rádios AM para FM será gradativa, diz secretária

08 de agosto de 2013 0

A secretária substituta de Serviços de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Patrícia Ávila, que foi painelista na manhã de hoje no Congresso da Associação Catarinense de Rádio e Televisão (Acaert), no Costão do Santinho, disse que a migração das rádios AM para FM ainda não está definida, mas será gradativa. Sobre o tipo de tecnologia digital a ser adotado pelas rádios, o ministério fez testes para avaliar qual é o melhor, mas o estudo não foi conclusivo. Serão necessários mais testes, que poderão ser feitos até o final deste ano ou no ano que vem. Esses dois temas são de grande interesse das emissoras de rádio do Estado, que atendem a todos os municípios catarinenses. Atualmente, a Acaert conta com 235 emissoras associadas, das quais 16 são televisões; 105 são rádios AM; 123 são rádios FMs e uma é OC. Conforme levantamento do Instituto Mapa, em 2011 o mercado de comunicação e propaganda movimentou mais de R$ 1 bilhão e empregava cerca de 8 mil pessoas diretamente. Quase a metade dessas vagas eram em emissoras de Rádio e Televisão.

Comentários

comments

Envie seu Comentário