Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Inovação transforma efluentes industriais

17 de agosto de 2013 0

CoteminasApós quatro anos de pesquisas e investimentos de R$ 4 milhões, um projeto em parceria entre a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Coteminas, financiado pelo BNDES, resultou na criação do produto adsorvente EcoRemove, feito com o lodo têxtil gerado no processo produtivo de indústrias do setor. A novidade foi um dos cases vencedores da 20ª edição do Prêmio Expressão de Ecologia, promovido pela Editora Expressão e entregue ontem no Fórum de Gestão Sustentável, na Fiesc. O novo produto pode ser usado em indústrias de diversos setores para tornar o sistema de tratamento de efluentes mais eficiente e eliminar a cor nos efluentes líquidos, disse o diretor da Coteminas em Blumenau, Eliezer Matos. Os estudos são liderados pelo professor Antônio Augusto Ulson de Souza, coordenador do Grupo de Pesquisas em Desenvolvimento Tecnológico Têxtil da UFSC. Ulson disse desconhecer biografia sobre solução semelhante no mundo, que retira a água do efluente e permite criar um adsorvente. Ulson (E) e Eliezer (C) receberam o prêmio das mãos do escritor e jornalista Vladmir Brandão (D). Foto de Edson Junkes.  

UFSC registra a patente

A patente foi registrada pela UFSC. Inicialmente, a inovação será adotada pela Coteminas e, depois, será oferecida oa mercado até a indústrias de outros setores. Só o Estado gera cerca de 2 mil toneladas mensais de lodo têxtil

 

Comentários

comments

Envie seu Comentário