Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Complexo Portuário de Itajaí continua sem operar devido às últimas chuvas

27 de setembro de 2013 0

A diretoria do Complexo Portuário de Itajaí acaba de informar que, em função das elevadas conrrentezas nos rios Itajaí-Açú e Itajaí-Mirim ainda não é possível fazer manobras de navios nos portos de Itajaí e Navegantes. Saiba mais na nota a seguir divulgada pela diretoria:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Com relação às fortes chuvas ocorridas entre os dias 17 e 19 de setembro, a Autoridade Portuária de Itajaí vem a público esclarecer que:

1. De acordo com os monitoramentos que vem sendo realizados desde o dia 19 de setembro, foi verificada significativa elevação no nível dos rios Itajaí-Açu e Itajaí-Mirim e consequente aumento nas correntezas, que provocaram a impraticabilidade da barra e a consequente interrupção das manobras de entrada e saída de navios no Complexo Portuário do Itajaí.

2. Os picos máximos verificados no rio Itajaí-Açu entre os dias 19 e 23 de setembro foram:

Blumenau: 23/09 = 10,51 m

Rio do Sul: 23/09 = 10,47 m

Gaspar: 23/09= 8,03 m

Indaial: 22/09= 6,52 m

Ituporanga 22/09= 5,82 m

Apiuna: 22/09= 7,23 m

3. Os picos máximos verificados no rio Itajaí-Mirim entre os dias 19 e 23 de setembro foram:

Brusque: 22/09 = 7,61 m

Vidal Ramos:22/09= 4,32 m.

4. No período de 23 a 27 de setembro o nível dos rios começaram a baixar e estabilizar, sendo que nesta sexta-feira, 27 de setembro de 2013, encontram-se da seguinte forma:

Rio Itajaí-Açu:

Blumenau: 5,28 m

Rio do Sul: 7,18 m

Gaspar: 2,89 m

Indaial: 4,10 m

Ituporanga: 2,95 m

Rio Itajaí-Mirim

Brusque: 1,88 m – normal

Vidal Ramos: 1,78 m – normal.

5. Levando em consideração o cenário do dia 27 de setembro, o Complexo Portuário do Itajaí ainda encontra-se com a barra impraticável, uma vez que a velocidade das correntezas não permite ao Serviço de Praticagem executar manobras de entrada e saída de navios com segurança.

6. Outro fator importante a ser registrado é que em função dos elevados índices pluviométricos ocorridos no período de 18 a 22 de setembro, ocorreu sobrecarga das barragens a montante, o que acabou impactando na correnteza registrada na Foz do Rio Itajaí-Açu.

7. De acordo com os últimos monitoramentos, os níveis dos rios na região do Vale do Rio Itajaí estão diminuindo, dependendo da região, a uma taxa de 2 a 4 cm/h.

8. Devido a abertura das comportas na operação das Barragens de Taió e José Boiteux, os níveis dos Rios Itajaí do Oeste, Itajaí do Norte ou Hercílio e Itajaí Açú estão estáveis e diminuindo lentamente. Tal operação nas barragens está sendo realizada de maneira lenta e gradual para não agravar as inundações nas cidades atingidas por este evento hidrológico extremo.

9. Também foram registradas fortes alterações de mar nos dias 26 e 27 de setembro, que elevaram a altura das ondas na entrada da barra.

10. O serviço de Praticagem está efetuando avaliações diárias das condições de corrente, a fim de definir o momento de abertura da barra e retomada das manobras de entrada e saída de navios.

11. Na tarde desta sexta-feira haverá nova avaliação, para verificar as condições de manobras e que a expectativa é de que isso ocorra a partir do sábado, 28.

Antonio Ayres dos Santos Júnior

Superintendente do Porto de Itajaí

Comentários

comments

Envie seu Comentário