Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Como a redução da nota do Brasil afeta SC

26 de março de 2014 0

O impacto para a economia catarinense em função da redução da nota de risco da dívida brasileira de BBB para BBB- pela agência de rating Standard & Poors está ligado mais às perdas causadas ao Brasil. A decisão da agência, além de encarecer linhas de crédito do exterior para empresas brasileiras, afeta a imagem do país. As razões do corte da nota, já esperado pelo mercado, incluem a falta de transparência nas contas públicas, baixo crescimento econômico, aumento do déficit das contas externas, que pode chegar a US$ 80 bilhões e alta da inflação, podendo superar o teto da meta de 6,5% ao ano. A agência citou ainda os riscos na área de energia e o possível julgamento da correção da poupança em função dos planos econômicos. Em SC, são poucas as empresas que tomam recursos emprestados no exterior, conforme apurou a coluna. A maioria prefere linhas do BNDES via BRDE.
Segundo o analista de investimentos Thiago Otuki, que é economista e atua na Somma Investimentos, de Florianópolis, a decisão da S&P de anunciar o rebaixamento antes da eleição surpreendeu o governo que esperava que a decisão fosse tomada depois. Ele diz que a manutenção do grau de investimento apesar da decisão é positiva, mas empresas catarinenses que precisarem tomar recursos no exterior vão pagar mais caro. Para Otuki, as outras duas agências de risco, a Moody’s e a Fitch também devem rebaixar a nota do Brasil em breve.

Comentários

comments

Envie seu Comentário