Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Clube das bilionárias ganha mais uma empresa

27 de março de 2014 0

A Portobello, maior indústria de revestimentos cerâmicos da América Latina, entrou no seleto clube das empresas catarinenses bilionárias. A companhia comandada por Cesar Gomes Junior atingiu receita bruta de vendas de R$ 1,05 bilhão no ano passado, 19% mais do que em 2012. O lucro líquido do período alcançou R$ 90 milhões, 38% superior ao do ano anterior. A empresa está investindo R$ 210 milhões em fábrica no Estado de Alagoas vai lançar a marca Pointer,de preço mais acessível para o mercado nordestino.

As bilionárias de SC
O clube citado pela coluna considera a receita bruta de vendas (faturamento). No ranking elaborado pela revista Amanhã e a consultoria PwC no ano passado, com base nas receitas de 2012, as bilionárias do Estado são: BRF, Bunge, Tractebel, WEG, Celesc, Eletrosul, Aurora, Tigre, Tupy, Hering, Angeloni, Casan, Cooperalfa, Chapecoense Geração, Ciser, Tuper, Enercan, Schulz e Dass. No ano de 2013, a Portobello entrou no clube. Mas há grupos catarinenses com diversas empresas que, pela forma de organização societária, não aparecem como bilionários, mas sua receita bruta ultrapassa R$ 1 bilhão. Nessa lista dá para citar a Havan, grupo Pereira (Comper e Fort Atacadista), Giassi Supermercados, empresas da família Weege (Malwee) e outras.

Atualização em 28 de março, às 2h

Em números

Empresas       Receita RLV ou RBV/ano  (em R$ bilhões)

Bunge                  38,4 (RLV-2012)

BRF                      30,5 (RLV-2013)

WEG                       6,8 (RLV-2013)

Aurora                  5,7 (RBV-2013)

Tractebel               5,6 (RLV-2013)

Celesc                      4,5 (RLV-2012)

Tupy                         3,1 (RBV-2013)

Tigre                       2,9 (RBV-2013)

Angeloni              2,2 (RBV-2012)

Eletrosul             1,9 (RBV-2012)

Cooperalfa           1,8 (RBV-2013)

Hering                 1,7 (RLV-2013)

Portobello           1,0 (RBV-2013)

Giassi                      1,0 (RBV-2012)

Havan*                  1,0 (RBV-2012)

Malwee*              1,0 (RBV-2012)

Tuper*                1,0 (RBV-2012)

Dass*                   1,0 (RBV-2012)

G. Pereira          4,0 (RBV-2014 – estimativa)

* Mais de R$ 1 bilhão

RBB=Receita Bruta de Vendas ou faturamento

RLV=Receita Líquida de Vendas

Comentários

comments

Envie seu Comentário