Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Angeloni e Giassi entre os supermercados bilionários do país

31 de março de 2014 2

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) informou o resultado preliminar do ranking dos maiores supermercados brasileiros com base nos dados de 2013. A rede Angeloni, de Santa Catarina, mantém a posição de décima maior do país, com faturamento de R$ 2,36 bilhões. Outra que ficará entre as 25 maiores é a rede Giassi, que faturou mais de R$ 1 bilhão no ano passado. O Estado tem outra empresa supermercadista forte, que não aparece na lista porque está dividido em várias empresas. É o grupo Pereira, dono das marcas Comper e Fort Atacadista, que tem lojas em SC, Mato Grosso e Goiás, com projeção de faturar cerca de R$ 4 bilhões este ano.
Segundo o levantamento feito pelo Departamento de Economia e Pesquisa da Abras em parceria com a Nielsen, o faturamento das 20 maiores empresas do setor evoluiu 10,7%, passando de R$ 155,6 bilhões em 2012 para R$ 172,2 bilhões em 2013. A liderança nacional pertence à Companhia Brasileira de Distribuição (Pão de Açúcar). Considerando todas as empresas do setor, o faturamento de 2013 alcançou R$ 272,2 bilhões em 2013, um crescimento real de 5,5% na comparação com 2012. Esse montante represena que o setor responde por 5,6% do Produto Interno Bruto (PIB) com base nos dados da 37º edição da Pesquisa Ranking Abras/SuperHiper 2014, elaborada pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).
A pesquisa completa com todos os dados de faturamento, número de lojas, funcionários, check-outs, entre outras informações, será publicada na edição de abril de 2014 da revista SuperHiper, publicação da Abras. Com base no ranking de 2012, Santa Catarina deverá manter duas redes entre as 25 maiores do Brasil, o Angeloni já confirmado em 10º lugar e a rede Giassi, provavelmente na posição 21, a qual ocupa atualmente.

Comentários

comments

Comentários (2)

  • rogério cardozo diz: 31 de março de 2014

    Tem muito jornalista que fala mal do PT só para não perder o costume, você listou semana passada umas 15 empresas acima de um bilhão de faturamento , a na região sudeste deve ter mais e no Brasil todo muitas mais, é assim que se governa progresso e riquezas para todos .

  • Carlos Henrique diz: 1 de abril de 2014

    Pois é Rogério, e aí ficam procurando pelo em ovo, como nessa caso da Petrobrás, em que divulgam um valor bilionário para a tal refinaria mas OMITEM que na conta também estão incluídos os ESTOQUES de petróleo da refinaria, sem falar que após a compra ocorreu a crise de 2008, simplesmente a maior crise do capitalismo desde 1929.

Envie seu Comentário