Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A novela dos aditivos para aumentar a produção de carnes

19 de junho de 2014 0

A suspensão das compras de carne suína de unidade da BRF em Minas Gerais pela Rússia, ontem, por ter detectado vestígios do aditivo ractopamina é mais um exemplo de que o uso dessas substâncias precisa ser abolido da produção de proteína animal em todo o Brasil. A vigilância sanitária brasileira, que segue a dos EUA, argumenta que não há problema para a saúde humana, mas a metade do mundo não aceita esse e outros produtos que aumentam em até 5% o ganho de massa muscular de animais. Algumas mortes de bovinos que receberam esses melhoradores de peso dias antes nos EUA chamaram a atenção para o problema. Além disso, no Brasil, acontece sempre essa confusão de uma carga ter ractopamina e outra não porque enquanto os produtores usam a substância para vendas ao mercado interno, devem suspender para parte do mercado externo. Às vezes, alguém erra o lote e vai um com o produto para o exterior. Se o uso for proibido, isso não vai acontecer mais.

Comentários

comments

Envie seu Comentário