Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Investimentos em Lages superam R$ 600 milhões

25 de junho de 2014 4

Maior município catarinense em extensão, com 2.631.504 quilômetros quadrados, Lages registra uma das fases mais prósperas da sua economia, destacam lideranças locais. A soma dos investimentos em execução pelos setores privado e público supera R$ 600 milhões, informa o prefeito Elizeu Mattos. O dado é endossado pelo presidente da Associação Empresarial de Lages (Acil), Luiz Spuldaro, que destaca o primeiro shopping center da cidade, um projeto de
R$ 150 milhões, a expansão da unidade da Seara com investimento de R$ 50 milhões, mais os projetos de um frigorírico de peixes, indústria de LED, a Sinotruk (montadora de caminhões) e a Novaer (de aviões). Lages também recebe obras da prefeitura, Estado e União. Conforme Mattos, a prefeitura investe R$ 40 milhões, o governo federal está duplicando a BR-282 na área urbana com R$ 70 milhões e o governo catarinense tem vários projetos. Um deles é a ampliação do Hospital Tereza Ramos com R$ 45 milhões.
– Um dos problemas é a falta de mão de obra. Sobram vagas hoje – afirma o prefeito ao lembrar que o comum era faltar vagas.
A produção de grãos também avança. Uma das áreas em expansão é a Coxilha Rica, com 40 mil hectares disponíveis.

 

Errata

A primeira versão deste texto estava com a área territorial errada. A informação foi corrigida.

Comentários

comments

Comentários (4)

  • Ricardo diz: 25 de junho de 2014

    Uma correção: a área do município de Lages é de 2644 quilômetros quadrados e não dois milhões como publicado.

  • Henrique de Pelegrini diz: 25 de junho de 2014

    E o resto do estado fica a ver navios.Em Tubarão,a única coisa que o Colombo fez foi dar 350mil para um posto de saúde que ainda nem está pronto.E agora,a poucos meses da eleição,veio entregar algumas viaturas.Com certeza,até outubro ele estará de novo por aqui entregando alguma esmola.

  • Carlos Henrique diz: 26 de junho de 2014

    Não pode ser.
    Eu li na Veja que o país está na beira do abismo.
    A inflação está descontrolada, a corrupção grassa.
    Deve haver algum engano.

  • Ricardo diz: 26 de junho de 2014

    Estela, a área correta é 2.644 (dois mil seiscentos e quarenta e quatro quilômetros quadrados).

Envie seu Comentário